Ciro pede votos de bolsonaristas para enfrentar Lula

Ciro Gomes, para usar a expressão cunhada pelo humorista Gregório Duvivier, é um homem devastado por sua ânsia de protagonismo.

Nada lhe é mais importante que a ribalta.

Até tentou, nos anos em que participou do governo Lula, mas isso é como a história do escorpião: dar-lhe carona é convidar-se à morte.

Agora, ele faz, no Twitter, um apelo para que os eleitores hoje com Jair Bolsonaro o sufraguem como alguém capaz de enfrentar Lula.

Depois de meses dizendo que, pela alegada rejeição a Lula, era ele quem teria melhores condições de enfrentar Bolsonaro, inverte o discurso e pede o apoio dos bolsonaristas como candidato antiLula.

Seu Twitter está cheio destes apelos, não é só o que coloquei na imagem do post:

“Eu sou o único adversário que é capaz de derrotar o Lula e o PT quando o povo brasileiro perceber.”

A arrogância de achar que povo é um tolo que “não percebeu”, enquanto tudo demonstra que o povo percebeu qual é seu instrumento para derrotar Bolsonaro é Lula é tão idiota quanto a do “serve qualquer um” para evitar que os brasileiros se desviem da realidade eleitoral.

Claro que não se estar a dizer que Ciro é bolsonarista, mas que inverte as bolas e coloca “derrotar Lula e o PT” como eixo central da campanha.

Isso vai lhe custar o eleitorado popular e progressista que, embora em pequena quantidade, está com ele.

O resto, vai entra na mira de Simone Tebet, que não vai cometer erros tão crassos assim.

Um final melancólico para quem poderia ser muito e escolheu, devorado pela vaidade, ser nada.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.