Corrupção não diminuiu na Itália, diz juiz da “Mãos Limpas”

pimpao

A cara de “pimpões” de Sérgio Moro e Deltan Dallagnol expõe como a vaidade os diferencia dos juízes italianos da Operação Mãos Limpas italiana.

Mas não é só isso que os separa.

Enquanto os dois superheróis tupiniquins defenderam o “prende mais, prende mais, prende mais”, os magistrados italianos mostraram que o combate à corrupção depende menos de perseguição policial-judicial do que da mudança das estruturas sociais e políticas.

No insuspeito Estadão, patrocinador do evento que os reúne em São Paulo, registra-se que o  ex-promotor e  ex-magistrado italiano Gherardo Colombo, “que conduziu a Operação Mãos Limpas, afirmou, nesta terça-feira, 24, que a grande investigação – iniciada nos anos 80 – contra empresários e políticos, não resultou na redução da corrupção naquele país”.

 “Olhando retrospectivamente hoje, podemos entender que a corrupção na Itália não diminuiu absolutamente. Me demiti 14 anos antes da minha aposentadoria, pois acredito que seja absolutamente necessário olhar outra fonte que é importante, que é a frente da educação”

Como o Colombo do século XV, também este coloca o ovo em pé: diz o óbvio, mas que ninguém consegue pensar, de tão simples.

O grau de corrupção de um país é igual ao nível de educação, inclusive a política, de sua população.

Quando não se vende o voto, não adianta ter dinheiro para comprá-lo. Quando se tem partidos que funcionam e representem algo, os aventureiros endinheirados (como Sílvio Berlusconi) não se criam.

Quando, ao contrário, se destrói os valores do humanismo, da fraternidade, da solidariedade, da felicidade coletiva pela asquerosa ideologia do “agregar valor” e do “bem sucedido” que a classe dominante vende pelos meios de comunicação, tem-se um país de corruptos, públicos e privados, a começar dos grandes, que vendem o trabalho de seu povo e a riqueza de seu país.

O país que retrocedeu, na economia e no comportamento social, desde a Lava Jato é agora todo desta gente, porque vive a era do desemprego e da entrega de seu patrimônio.

E é a estes que a histeria judicial dos dois “pimpões” tem ajudado, ou não é?

contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

9 respostas

  1. “Quando não se vende o voto, não adianta ter dinheiro para comprá-lo. Quando se tem partidos que funcionam e representem algo, os aventureiros endinheirados (como Sílvio Berlusconi) não se criam.”
    os aventureiros endinheirados (como os de Curitiba) não se criam.

  2. Mas, no final, a canalhada togada de Curitiba lavará as mãos quanto aos grandes males que impuseram ao País para obter resultados tão medíocres, se não simplesmente nocivos!
    Com herois desse tipo, quem precisa de vilões?

  3. Na Itália teve a op Mãos Limpas! No Brasil, que copia mal, temos a “Mãos Sujas”! A serviço da CIA, para entregar de bandeja o patrimônio nacional (Amazônia, Alcântara, Pré-sal, etc.). E só persegue e prende quem não é do PSDB…

  4. Primeiras fissuras na sa(n)ta(n) aliança entre o partido da imprensa golpista e mais ainda governista e o partido da lava jato:

    Deu n’o estadão:

    “Aos poucos, a Lava Jato, que caminha para seu quarto ano, vai deixando de ser uma operação contra um esquema de corrupção em estatais e organismos de governo para se transformar em partido político.

    O nome disso é política partidária.

    A Lava Jato alcançou grande sucesso – e mudou a percepção de que tudo o que envolve gente poderosa acaba em pizza – quando se limitou a investigar a trama de relações promíscuas instalada na máquina do Estado desde que o PT chegou ao poder.

    Limitando-se a punir quem deve ser punido, a Lava Jato presta inestimável serviço ao País. Quando se comportam como candidatos em campanha, seus integrantes se ARRISCAM a perder credibilidade.”

    Credibilidade é o único com que não precisam se preocupar, nunca tiveram.
    Se eu fosse o deltantan e o morow colocaria as barbas de molho….

  5. Temer, sob as benções da Lava Jato, nesta sexta, 27, começa a entrega criminosa do pré-sal!
    Esses picaretas entreguistas não vão ficar impunes!
    Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=wovtlHeCLjY

    Manifestante agride um investidor na Praça XV, no leilão da Usiminas na Bolsa
    O pre-sal, nosso passaporte do futuro começa a ser entregue aos gringos, pelo governo golpista, com aval da Lava Jato. Leilão vai ser nesta sexta, 27, mas ANP (Agencia Nacional de Petroleo e gás) não divulga o local.

    A lava Jato ficou mais de três anos queimando a imagem da Petrobrás através dos criminosos vazamentos seletivos para a mídia principalmente para a Globo. Nos governos do PT, Moro e sua gangue cresceram aos olhos da sociedade.

    Estavam preparando o terreno para a chegada do tucanos a Petrobrás. Em seguida o golpista, Michel Temer indica o tucano, Pedro lalau Parente para presidir a Petrobrás. Chamo de Pedro lalau por que ele é réu desde 2001 pela venda criminosa de ativos da Petrobrás quando deu um prejuízo de R$ 5 BI a Petrobrás (2).

    Pedro lalau volta para liquidar a Petrobrás com aval da Lava Jato. Mesmo tratamento da Lava Jato recebeu o tucano, FHC que deve ser o “Comandante máximo da corrupção na Petrobrás”, titulo que a Lava Jato tenta imputar ao ex presidente Lula sem provas mas com convicção. Contra FHC um mar de denuncias e em muitas delas envolvendo seu próprio filho, e nada, nem investigação (7,8).

    O pré-sal é o filho mais prodigo de uma empresa que foi criada nos braços do povo na década de 40/50 na campanha, “O Petroleo é Nosso!”. O pré-sal, nosso “passaporte do futuro” foi descoberto a partir do desenvolvimento de tecnologia inédita no mundo pelos petroleiros brasileiros.
    No pré-sal o Brasil investiu muito dinheiro público, o primeiro furo no poço para comprovar a existência ou não de petróleo custou U$ 250 milhões.
    Esse tesouro chamado de pré-sal garante nosso abastecimento no mínimo nos próximos 50 anos.

    Os EUA por não ter petróleo para suas necessidades futuras vivem conspirando, fomentando guerras, derrubando governos. No Brasil compram governo, deputados, senadores, juízes e procuradores para se apossar do petróleo alheio. O senador Tucano, Jose Serra chegou a ser denunciado pelo Wikleaks. O juiz, Moro, chefe da Lava Jato até recebeu premio da maior revista do mundo a estadunidense, Time com certeza pelos serviços prestados (3,4).

    Enquanto isso o MPF ignora denuncia formalizada em novembro de 2016 contra a gestão criminosa dos tucanos FHC e de Pedro lalau Parente na Petrobrás.
    O MPF se alia aos criminosos e a pedido de Moro, em dezembro do mesmo ano, intima por possíveis ofensas ao funcionário publico o autor da denuncia da omissão criminosa da Lava Jato (5,6).

    Dois presidenciáveis Lula e Ciro Gomes, caso sejam eleitos já se comprometeram a rever a entrega do patrimônio publico realizada pelo golpista Michel Temer.
    Vale registrar que “Investidores estão cautelosos com o Brasil” (1).
    O Brasil esta sendo posto a venda por bandidos isto tem que ficar claro para o investidor estrangeiro.
    E quem compra roubo não tem segurança jurídica, isto vale para o trombadinha e para o trombadão.

    Esses picaretas, entreguistas não vão ficar impunes!

    Fonte: 1 – http://www.mercadoeeventos.com.br/feiras-e-eventos/%E2%80%8Bbhic-investidores-estao-cautelosos-com-o-brasil/
    2- http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2016/06/presidentes-da-petrobras-e-do-bndes-sao-reus-em-acao-por-rombo-bilionario-9872.html
    3 – http://www1.folha.uol.com.br/paywall/login.shtml?
    4 – https://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/wikileaks-as-conversas-de-serra-com-a-chevron-sobre-o-pre-sal
    5 -http://www.apn.org.br/w3/index.php/nacional/8685-petroleiro-protocola-denuncia-contra-operacao-lava-jato
    6 – http://www.viomundo.com.br/denuncias/moro-intima-petroleiro-por-possiveis-praticas-de-crime-contra-a-honra-de-servidor-publico-federal.html
    7 – https://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/09/delator-cita-filho-fhc-esquema-corrupcao-petrobras.html
    8 – https://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/10/cervero-filho-fhc-sabia-termeletrica-contratado-petrobras.html
    Rio de Janeiro, 24 de outubro de 2017.
    Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

    OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

    (Esse relato pode ser reproduzido livremente)

    Meus endereços eletrônicos:
    http://emanuelcancella.blogspot.com.

  6. Colombo e Davigo, dois grandes e serios profissionais italianos.
    Mouro e Dellagnol, dois grandes rola-bosta brasileiros.

  7. a primeira lição que os italianos aprenderam é que não vale a pena investigar se não tiver como provar que já se roubou mais de dez vezes o valor do PIB. Depois, Se o corrupto não tiver segurança para investir o que roubou , nada vai impedir que roube e ainda irá investir noutro país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.