Covid: em um mês, casos aumentam 143%; mortes sobem 70,5%

Se alguém acha que há alarmismo nas afirmações de que a epidemia de Covid 19 está se agravando fortemente no Brasil, lá vão os número de comparação entre primeira semana de novembro e a primeira de dezembro, em todo o Brasil.

Os casos confirmados, segundo os dados oficiais das Secretaria de Saúde, passaram de 118.101, de 1° a 7 de novembro, para 286.905, na semana entre 29 de novembro a 5 de dezembro. Aumento de 143%, portanto.

As mortes subiram, nos mesmos períodos, de 2.386 para 4.067, alta de 70,5%.

Trata-se da segunda maior alta de casos desde o início da pandemia, atrás apenas da de maio, quando o registro de infecções cresceu 192%.

Pedir prudência as autoridades pública quanto a comércio, eventos e circulação de pessoas durante as festas de Natal não é, portanto, nenhum tipo de animosidade contra o espírito cristão, contra o comércio ou contra o legítimo desejo de viajar, rever parentes ou conhecer lugares.

É, literalmente, uma questão de vida ou morte.

E, ao que tudo indica, escolheu-se a morte.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.