Crise ganha a cara do Queiroz

A prisão de Fabrício Queiroz, amigo e ex-assessor da família Bolsonaro e peão do caso das “rachadinhas” do Filho 01, Flávio, muda a cara da crise política.

O fato de que ele estava escondido numa casa de Frederico Wassef, advogado e amigo de Jair Bolsonaro – ainda ontem estava numa cerimônia no Palácio do Planalto – mostra que jamais houve a “quebra de confiança” que os Bolsonaro alegaram para distanciar-se das operações escusas realizadas pelo ex-policial militar.

Tanto que um dos alvos da ação policial hoje, em cumprimento de mandados judiciais, foi a busca e apreensão – ao que parece de um cofre – numa casa que pertence ao próprio presidente da República, no subúrbio carioca de Bento Ribeito (próximo à Vila Militar).

Não importa o que se faça agora, tudo terá o rosto de Fabrício Queiroz e dos pequenos negócios de extorsão do clã Bolsonaro.

Ao que parece, chutou-se o pau da barraca dos Bolsonaro, na figura de seu faz-tudo desde os tempos de militar, o companheiro de pescaria em Angra e dono dos segredos do clã.

Alguém ainda pode imaginar que as Forças Armadas queriam se mostrar as divisões que irão salvar Queiroz?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

19 respostas

  1. Como eu disse essa semana, tá melhor do que roteiro de filme. Chutaram o pau da barraca mesmo e, pelo jeito, estão querendo fazer alguma coisa com o mencionado, que poderá causar um certo desconforto (ou não) no Bozo. Kkk

  2. GRANDE DIA!
    QUEIROZ COLA EM BOLSONARO A IMAGEM DE CORRUPTO DESDE CRIANCINHA!
    Muitos de seus seguidores bovinos repetiam o mantra de que Bolsonaro não era corrupto, podia ser um imbecil fascista, mas não era corrupto… Essa mentira tosca foi por água abaixo hoje.
    Mesmo que suicidem Queiroz na prisão, o estrago já foi feito e agora os crimes mais mesquinhos da família serão revelados, esfregados na cara do público.
    CASSAÇÃO DA CHAPA BOZO-MOURÃO JÁ!

    1. Pressentindo o cheiro de queimado, já havia comentado ontem [1]: “Este é o momento em que Queiroz realiza o seu maior valor de mercado. Ou enfia agora uma p#$&@ do tamanho de um cometa no rabo do Cavalão, delatando-o com prêmio máximo, ou pode enfrentar, em breve, forte concorrência delatora dos criminosos da boiada do Genocida, posta em palpos de aranha nos últimos dias. Fala, Queiroz!”
      – – – – – –
      [1] https://tijolaco.net/um-presidente-nas-maos-da-bandidagem/#comment-4958014938

    2. Essa prisão tem cara de Acordo entre o Sistema que apoia o JegueNalro e o General Mourao forçamdo uma renuncia do Coiso, o ariano Mourão assume e mantem o Guedes no governo, volta o Moro pro ministério da justissa. tem muita coisa oculta em tudo isso!!!

  3. só mais um capítulo nessa interminável autofagia golpista, não falta gula, nem carne podre, desse defunto insepulto caprichosamente construído com o que há de pior em nossa realidade, nosso frankenstein.

    1. Concordo Policarpo e vão arrastando o calvário deste ex pais.

      O “sistema” quer o manter em rédeas muito curtas pois o que eles precisam eles tem, que é o guedes em perfeita sintonia com a gula economica desta elite viciada em desmandos e trambiques mil.

  4. “Creiam-me, o menos mal é recordar; ninguém se fie da felicidade presente; há nela uma gota da baba de Caim.”
    Acima, trecho do livro “Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis.

    O golpe continua e os golpistas se ajeitam. Os tucanos e tucanóides estão todos ouriçados e sentindo-se revigorados agora, confiantes com a perspectiva de derrota de Trump no próximo pleito dos EUA. Tudo, rapidamente pode mudar para continuar como está: Brasil colônia. O isolamento do PT e o “olvidamento” de Lula são peças chave para a direita, que encontra no que para eles representa a “esquerda” (como Ciro e Dino) a sua representação no mais recente conluio.

    1. Compartilho do teu pensamento.

      Muito cuidado nesta hora com os “progressistas” de plantão e de ocasião.

      Tem muitos atores por ai (inclusive em blogs e youtube) que ainda navegam numa onda em que estão procurando seu caminho e claramente não “sabem” exatamente o que é ser progressista nestes tempos e o que é ser tucano, cirista, redista,,,,

    2. Sim. A mídia econômica já voltou a falar animadamente nas “reformas” aguardadas, a começar pela administrativa e a miséria do funcionalismo público. Privatizações, etc. PT e Lula terão que começar do zero, ou quase, na luta contra o velho tucanato.

  5. “Creiam-me, o menos mal é recordar; ninguém se fie da felicidade presente; há nela uma gota da baba de Caim.”
    Acima, trecho do livro “Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis.

    O golpe continua e os golpistas se ajeitam. Os tucanos e tucanóides estão todos ouriçados e sentindo-se revigorados agora, confiantes com a perspectiva de derrota de Trump no próximo pleito dos EUA. Tudo, rapidamente pode mudar para continuar como está: Brasil colônia. O isolamento do PT e o “olvidamento” de Lula são peças chave para a direita, que encontra no que para eles representa a “esquerda” (como Ciro e Dino) a sua representação no mais recente conluio.

  6. Xiii? bozo dançou. Não tem mais pau da barraca para chutar. O STF já havia chutado 3 paus da barraca e o MPE-RJ chutou o último hoje pela manhã. E agora bozo? Não tem mais barraca. Agora é a vez de te chutar do planalto.

  7. Eu pagaria pra ver a cara do babão general Heleno, o Idiota. Vai ser divertido assistir ao espetáculo de debandada da tropa do Planalto…rsrs

  8. Queiroz, não esquente, conhecereis a verdade e a verdade vos libertará, Bozo, cap.17 versículo 171.

  9. É preciso muita cautela, antes de emitir opinião e ser pautado por esse telecatch, uma das armas da guerra híbrida de espectro total. Será que alguma das polícias (PMs de RJ e SP, PCs de RJ e SP, PF, as 3 FFAA et caterva) em algum momento não sabiam onde estava e esteve Fabrício Queiroz ao longo dos últimos 18 meses? Impossível. Há alguns dias, fazendo uso da PF (sempre polícia política, a favor de governos reacionários e contra governos populares), Bozo deu comando para que fossem feitas “batidas” e apreensões em endereços do AuschWitzel, o ex-fuzileiro naval e ex-juiz federal, que se enrabichou no bozo-miliciano para se eleger governador do RJ. O aprendiz de boçalidade e nazifascismo foi abatido ao tentar alçar o primeiro vôo, depois de fustigar e chantagear os bozo-milicianos com o “caso Marielle Franco”. Essa prisão midiática, cinematográfica, de Fabrício Queiroz pode ser o troco combinado entre AuschWitzel e Bolsodória, em quem o bozo-miliciano sapateou no início deste ano e também naquela reunião ministerial de 22 de abril próximo passado.

    Mas, além dos aspectos mais imediatos acima expostos, há também um teatro montado, com vistas a contrapor a juristocracia ao bozo-milicato-milicianato. Entretanto não podemos nos enganar com essa luta simulada (e dissimulada). O golpe foi “com o supremo, com tudo”, com “os generais e comandantes militares garantindo”, como disse o “profeta” Romero Jucá, que desapareceu do noticiário, mesmo depois de deixar o mandato parlamentar e perder o foro por prerrogativa de função.

    Enquanto isso o gângster Paulo Guedes e seus comparsas continuam saqueando o País, rapinando as riquezas e setores estratégicos e entregando-os aos gringos e capatazes desses em Pindorama, sempre favorecendo a banca, que não produz um alfinete e abocanha a quase totalidade da riqueza produzida no Brasil. Nos veículos do PIG as manchetes são 4 grandes privatizações neste ano, num momento em que os ativos estão super-desvalorizados. A Eletrobrás e os Correios estão nessa “xepa”. Portanto não podemos nos distrair com esse telecatch e deixar a turma da rapina dilapidar o que restou das estatais estratégicas brasileiras.

  10. E o Bozo está usando a demissão do estupido da educação para desviar o foco da prisão do Queiroz.

  11. Cadê o Heleno, o Villas Bôas, o Rêgo Barros, o Santos Cruz, o Pazzuelo, o Braga Neto, ah, devem ter marcado uma reunião no banheirão do quartel, para ficar tudo no maior sigilo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.