Crônica de uma tragédia anunciada

laertecao

Há nove meses – mesmo quando gente experiente achava que Jair Bolsonaro era só um fait divers eleitoral e que, assim que encontrasse seu nome viável eleitoralmente a camada dirigente brasileira o desidrataria – este blog já duvidava de que isso seria algo tão fácil assim, sobretudo depois que Lula fosse descartado do processo eleitoral.

Os que têm ideias liberais, se é que ainda existem, se tivessem alguma lucidez a restar em suas mentes agora varridas de todo o humanismo que o  impregnou (verdade que faz  tempo) entenderiam que estão prestes a destruir a única muralha que nos separa da barbárie e do fascismo. Se impedirem que o povo brasileiro expresse no seu voto o desejo de voltar aos tempos de normalidade, de convívio, de algum grau de esperança no progresso e no bem-estar, só o que lhes aguarda é o abraço do mata-pau.

Para quem não é da roça, uma planta que, de um simples ramo que se enrosca sobre uma árvore, a envolve e estrangula. A torta democracia brasileira não é diferente, nestes dias, da árvore hospedeira de seu futuro algoz.

Os movimentos que se vêem para tirar dele o “Centrão” se traduzem no que ainda esperam ter como remédio para impedir sua ascensão: retirar seu tempo de televisão na campanha.

Nem ao menos se sabe se isso será “eficiente” nestes tempos de internet, nos quais o raciocínio recolhe-se a um canto do território do ódio, onde os “valores absolutos” representam o espelho, com sinal igual e contrário, da intolerância do “politicamente correto”.

Com a desvantagem de que aquele é mais fácil de ser aceito como “senso comum”, porque tem séculos de passado a nutri-lo.

A rigor, a grande vantagem de Bolsonaro é o que lhe falta: um adversário de centro-direita, papel que progressivamente, desde a primeira candidatura Serra, o PSDB foi abandonando, até chegar à mediocridade de Aécio Neves.

Como demonizou-se o PT e qualquer proximidade ou diálogo com o “lulopetismo” (expressão idiota criada neste processo) entraram num labirinto onde, virtualmente, desapareceram, ao ponto de que se cogitar o nome de João Dória Jr. como candidato possível em lugar do insosso Geraldo Alckmin.

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

46 respostas

  1. Ingenuidade achar que Bolsonaro vai se voltar contra a direita… BOLSONARO SERÁ COOPTADO PELA DIREITA!!!
    Bolsonaro é um simples oportunista que virou modinha e a direita vai usa-lo em benefício próprio… como sempre fez.

    Bolsonaro é aliado do que há de mais corrupto na política brasileira e a Globo adora isso. Em um governo Bolsonaro, a Globo vai ficar criando factoides todo mês instabilizando um ministro diferente e usando isso para pautar o país: SE NÃO TIVER REFORMA DA PREVIDÊNCIA ELA DERRUBA O MINISTRO… SE NÃO TIVER REFORMA TRABALHISTA ELA DERRUBA OUTRO MINISTRO… e por aí vai.

    Bolsonaro será outro Temer… essa porcaria de governo atual já é a cara do Bolsonaro. Uma casca de PMDB e o núcleo Tucano corrupto. Um governo desse idiota vai ser essa mesma piada… com a diferença de que teremos um presidente batendo boca com travestis, negros e índios enquanto os americanos roubam até nossas calças.

    1. Estou assistindo a entrevista de à Mariana Godoy… sim, será um Temer sequestrado pelo Congresso. Mas se seguir o roteiro que está propondo, um eventual governo Bolsonaro acabará em tragédia, talvez antes de dois anos.

      1. Talvez a intenção seja essa, provocar uma crise institucional para que as forças armadas, “apenas” para defender a democracia – e Bolsonaro chegaria ao poder pelo voto, democraticamente – , intervenham e ocupem todo o cenário, constitucionalmente, para permanecer por algumas gerações, o que não seria novidade em nossa história. A eventual eleição de Bolsonaro traz consigo tudo o que há de pior para nossa sociedade.

    2. Sem agressões ao candidato, vi alguns discursos, sabatinas, sei la. A mim, pareceu um idiota, no real sentido da palavra, extremamente limitado, incapaz de expressar uma ideia ou concluir um pensamento minimamente lógico. Isso da medo porque significa que ele seria capaz de acreditar nas idiotices que fala, ou pior, na imagem que tentam criar de lider autoritário.

      O que me tranquiliza é que essa é apenas minha visão, e eu, idiota que sou, provavelmente estou errado.

      * Lula Livre

    3. Bolsonaro é a ultradireita. A nomeação de ministros generais deixa clara a proteção que terá. O general Villas-Boas disse esses dias que as forças armadas interviriam “apenas” para garantir a democracia, o que, a meu ver, significa garantir um governo eleito e do agrado deles. Globo e afins teriam boa vida se se comportarem bem, como nos tempos da ditadura. Enfim, a complementação do golpe pode estar ou derivar na ultradireita.
      É no que deram republicanismo e conciliação padrão Lula.
      Ciro será a opção capaz de manter as conquistas sem conflagrar o país.

      1. Tá fazendo acordo com o mais corrupto dos partidos…um tal de DEM. Acorda, Ciro é um traíra escroto!!

    4. Vale também lembrar os pilantras que se dizem evangélicos e que fazem parte da tigrada que o apóia. Outro prato cheio para Globo chantagear.

  2. Na minha opinião Bolsonaro é a prova de que não existe um processo de “aprendizado da democracia”, como tantos dizem. Os últimos sessenta anos não ensinaram NADA ao brasileiro. Lula só tem favoritismo porque fez um governo extraordinário, seus índices na verdade são pequenos, diante de tudo que ele fez pelo Brasil. A revolução que o país precisa é na informação, do jeito que está o brasileiro não aprende nem em mil anos.

    1. Na verdade, não conhecemos exatamente quais são os índices de Lula. Não boto nenhuma fé nos institutos de pesquisa. Precisam mostrar a tendência do eleitorado e o quadro atual para que a elite possa se organizar. Mas não acredito na exatidão dos números.

    2. A revolução que falta é da educação, não a da decoreba e nem a que querem nos impor hoje com a “reforma” imbecilizante. Educação é a única saída. A demonização das esquerdas, responsáveis por TUDO de ruim, só é aceita pq “esquecemos” nossa história, desprezamos nossa cultura, aceitamos nossa “vida de gado, povo marcado, povo feliz”, como canta Zé Ramalho. É assim, sem estudos, cultura, leitura, a vida no matadouro segue…

  3. David Coimbra é coxinha e anti PT. Ele, de certa forma, apoia toda essa desgraça que a elite brasileira faz ao país.

    1. Ele também é tão idiota quanto aqueles panacas que fazem arruaça e envergonham o país no exterior, pois no final acha que a LavaJato salvou o país, quanto na verdade o aniquilou a um ponto de não retorno. O Brasil está quebrado pelos coxinhas que dão vexame por onde passam e pelos coxinhas que escrevem na ZH, e demais subsidiárias do globo.

    2. perfeito. ñ sei do que ele está se apavorando… tão admirado que existissem “bem nascidos” na torcida … coxinha de maior grandeza e posando de bom moço, sem contar que é da rbs, afilhada da globo!

  4. David Coimbra, no ZH, descreve bem os bolsominions:

    “O brasileiro perfeito idiota

    O brasileiro sabe ser idiota. É uma especialidade nossa.

    Nesta quinta-feira (5), fomos jantar em um restaurante no centro de Kazan e oito brasileiros se instalaram em uma mesa ao lado da nossa. Eram, todos, rapazes entre 20 e 35 anos de idade, fortinhos, de bermudas, alguns com tatuagens desenhadas nos braços ou nas panturrilhas, muitos com a camisa da Seleção, um com a camisa do Palmeiras. Instalaram-se, pediram comida e refrigerantes e então um deles sacou de uma bolsa uma caixa de som parecida com um rocambole. Colocou aquilo sobre a mesa. E ligou a música em alto volume. Bem alto. A melodia de alguma composição sertaneja encheu o ambiente como uma nuvem de gafanhotos.

    Os brasileiros começaram a cantar. Por Deus, cantavam. Os clientes das outras mesas olhavam, perplexos. Havia mais brasileiros ali adiante. Esses estavam gostando da coisa. Mas os estrangeiros, perceptivelmente, não.

    O restaurante já tinha música ambiente. Alguém aumentou o volume da música do restaurante, decerto para constranger os brasileiros. Mas a maior qualidade do chato é ser inconstrangível — ele sempre acha que está agradando. Como reação, os brasileiros inconstrangíveis aumentaram ainda mais o volume da música sertaneja, e quem ficou constrangido foi o pessoal do restaurante, que desligou o som ambiente.

    Agora os brasileiros sentiam-se donos do lugar. Começaram a cantar as músicas da torcida, “ôôôô, cinquenta e oito foi Pelé…”. E aí… Subiram nas cadeiras! Um tirou a camisa e começou a pular. E algumas brasileiras que estavam em mesas próximas levantaram-se e cantaram e pularam também.

    As garçonetes não sabiam o que fazer. Pediam que os brasileiros descessem das cadeiras, mas eles não atendiam. Seguiam cantando aos gritos: “Noventa e quatro Romariô!”.

    Felizmente, minha conta veio. Saí do restaurante. Ganhei a rua, aliviado. Caminhei por um belo calçadão que leva ao meu hotel e, no trajeto, encontrei mais brasileiros. Eles gritavam e cantavam e faziam batucadas. Até aí, tudo bem, mas alguns, quando viam jovens russas, simplesmente as atacavam. Sério. Essa é a palavra: atacavam. Eles cercavam as meninas e investiam sobre elas.

    Primeiro, as russas riam, pensando que era só uma brincadeira boba. Mas, diante da insistência, elas acabavam percebendo que os brasileiros queriam mesmo agarrá-las ou beijá-las ou sabe-se lá o quê, e os afastavam com as mãos e diziam que não. Niet! Niet! Só que eles não desistiam, ficavam em volta delas, três, quatro, cinco homens em cima de uma ou duas meninas, até que guardas russos acudiam as moças e enxotavam os brasileiros como se fossem cachorros, e eles eram de fato cachorros.

    Esses rapazes, eles certamente foram educados em boas escolas. Não tem brasileiro pobre passeando na Rússia. Eles fazem parte da elite nacional. São a juventude dourada do país. Como é que podem se comportar desta maneira? Será que nunca tiveram um pai ou uma mãe para lhes dizer que ser espaçoso é ser inconveniente? Eles se acham alegres, eles se acham divertidos. Por favor! São apenas grosseiros e obscenos.

    Eis o que de melhor sai das universidades brasileiras. O crème de la crème da raça. Futuros líderes, futuros governantes. O futuro do país. Nada além de rematados idiotas. Se é desta juventude que dependemos, nem mil Lava-Jatos salvam o Brasil.”

      1. Cara, já perdi a esperança. Pensei nisto há 44 anos atrás quando nasceu meu primeiro filho. Depois desisti e pensei nos netos. Hoje tenho uma só, com 3 aninhos. Não mora aqui, está com os pais na Alemanha (Berlim).

    1. Bom dia, seu Gurgel acabei de ler o que vc escreveu. É uma lastima que isso aconteceu mas mostra porque o Brasil nunca vai para frente.

    2. E para piorar, quando um fato desses ganha mundo, sempre aparece um para dizer que “os coitadinhos dos meninos (barbados!) não sabiam o que estavam fazendo”…

    3. Prezado Gurgel, concordo com suas conclusões. Você expôs a boçalidade e grosseria da elite do atraso (essa cujos filhos têm dinheiro para ir à Rússia). Somente discordo de sua frase final. A Lava Jato foi articulada para destruir nossa economia, e democracia (por incompleta que nossa democracia fosse). E foi articulada pelo imperialismo americano, que usou esses capachos que desgraçaram nosso país, esses traidores, o empresariado que hoje se dispõe a apoiar esse fascismo grotesco que Bolsonaro representa. por políticos traidores como Serra, que prometeu à Chevron entregar o Pré-Sal, por essas pústulas morais como Temer, Parente e o judiciário (incluindo os tribunais “superiores” – “com o Supremo, com tudo”) e esses procuradores absurdamente ignorantes. perfeitos imbecis. E a mídia canalha a serviço dos interesses americanos.

    4. não adianta educar porque quando os hormônios chocam-se com o ambiente é como nitroglicerina de merda, só o que contém essa explosão é medo do inferno, programação religiosa pra castrar o homo sapiens em algo minimamente civilizado, ainda que tacanho, melhor do que a alternativa

    5. Esses boçais são criados sem qualquer limite. Tudo a eles é permitido pelos seus pais, e sob a “força da grana que ergue e destrói coisas belas”.

    6. Estava indo bem até “…nem mil Lava-Jatos salvam o Brasil”.
      Lava-Jato destruiu o Brasil – e não foi acidente, foi projeto.

    7. Só uma perguntinha: algum negro, mestiço, mulato ou afrodescendente entre eles? Todos coxinhas, né? Branquinhos, engomadinhos, tatuados, fortinhos e o pior ; ESTÚPIDOS E MAL EDUCADOS. Este é o Brazil. Com Z mesmo.

    8. Gurgel, minha avó dizia: ” quem nasceu barata (cucaracha como dizem os americanos), pode até voar, mas nunca vai ser borboleta”. Não é de hoje que a classe média brasileira (e suas crias) dão vexame no exterior. Uma amiga, que mora ha anos em Tóquio e trabalha num daqueles restaurantes tradicionais japoneses, conta estórias hilárias dessa turma: reclamam de ter que tirar os sapatos, perguntam se tem brahma, muitos se queixam que a comida é pouca e não é raro acharem que a atendente é “gueixa” e pode rolar “outras coisas”…..Resumindo: só tem dinheiro, mas falta glamour……

  5. Entendo o que vc escreveu e lhe digo uma coisa, Bolsonaro será um marionetes na mão dos militares, pode ter certeza que com esse homem no poder com os militares por baixo do pano, vamos bater recordes de BARBÁRIE que ultrapassará o que foi feito no regime fascista na Alemanha, outros países europeus e países mundo afora que tiveram essa triste experiência.

    Entenda uma coisa com o Bolsonaro no poder com os militares o Brasil caminhará para se tornar um PROTETORADO DOS USA, isso ninguém está vendo, sendo assim, essa perspectiva é muito triste ocasionará homicídios, femicídios e infaticídios.

    Sinto muito mais não iremos fazer HISTÓRIA, porque temos “o melhor futebol”, mas porque seremos o país que tinha tudo para dar certo mas, por causa, de uma GLOBO da vida viramos o pior pais da face da TERRA.

  6. Pergunta do âncora Adrian Harewood, da rede canadense CBC:

    “Por décadas, a cada quatro anos, o Brasil envia um esquadrão talentoso à Copa, que reflete sua população racialmente diversificada, mas os torcedores nas arquibancadas jamais o são. Por que isso nunca muda?”

    https://mobile.twitter.com/cbcadrianh

    1. confesso que antipatizei com vários torcedores que apreciam na TV justamente porque imaginava que eram os mesmos que xingavam a presidenta Dilma no estádio da Copa brasileira… “Não vai ter copa” foi meu lema durante o jogo contra a Bélgica… PHA Conversa Afiada publicou um conto de sólido horror sobre torcedores bombadinhos-tatuados infernizando um restaurante russo com música agronojo em alto volume… esse país não consegue ser educado pelas vias seculares…

  7. Uma curiosidade em relação a 64: a 1º de março (1964), (Magalhães Pinto) fez um estudo detalhado do impasse político…mas continuou afirmando que também se preocupava pelo fato de que “áreas enormes, sobretudo da classe média brasileira, estão sendo submetidas a um processo de hipnose que arrasta camadas da população a um anticomunismo irracional e fanatizado” (Thomas Skidmore, De Getúlio a Castelo)

  8. A democracia americana elegeu Trump. Por isso e por outras já não duvido de nada. Lá como aqui a democracia (e o voto) tem preço. Muitos milionários serão eleitos neste ano, em parte, para a desgraça do povo.

  9. O Golem ? Da primeira vez tragédia das seguintes Farsa ? Marx quem diria veio morar no Ipiranga P.S. e se o monstro desabar sobre toda a sociedade ?

  10. “Esses rapazes, eles certamente foram educados em boas escolas. Não

    tem brasileiro pobre passeando na Rússia. Eles fazem parte da elite
    nacional. São a juventude dourada do país…Eis
    o que de melhor sai das universidades brasileiras. O crème de la crème
    da raça. Futuros líderes, futuros governantes…
    DE ONDE ESSE COXA DE MARCA MAIOR COPIOU O TEXTO ? TÁ ADMIRADO DOS FASCISTAS QUE AJUDOU A CRIAR, É ????

  11. “Torta democracia brasileira”?. Brito onde vc ainda enxerga algum resquício de democracia sob o regime golpista?

  12. A direita, Brito, já judicializou Lula e não vai permitir que participe da eleição. A não ser que seja para ‘melar’ o processo, de vez. Como justificar esses quase quatro anos de matérias diárias na mídia dizendo que Lula e os petistas são isso ou aquilo. A saída é pela política. Não podemos ficar eternamente nessa falsa polêmica de coxinhas e mortadelas. Cada vez mais me convenço que a única saída é a candidatura de Ciro – com o apoio do PT, que tem que parar com essa conversa de que Lula é candidato. Ele não é. A extrema direita e a direita não voltarão atrás. Ciro 2018! Não esqueça, Brito, que eles também tem com eles as urnas eletrônicas inauditáveis permanentemente denunciadas por Leonel Brizola. Elas são capazes de deseleger gente com voto e “eleger” gente sem votos.

  13. O capitão (do mato) representa, fidedignamente, a elite brasileira: os brancos da casa grande! Eles odeiam povo, querem que o povo se exploda. Lembram do personagem do Chico Anísio? Para evitar que o sapo barbudo ou o seu poste chegue, novamente, ao poder, eles farão pacto até com o diabo. Na realidade já o fizeram e abriram a caixa de Pandora. Temos que enfrentá-los, as chaves estão conosco.#grevegeraljá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *