Curitiba começa a colecionar ‘micos’: Dodge recusa suspeição de Gilmar

A  procuradora-geral da República, Raquel Dodge mandou para o arquivo  representação feita pela “Força Tarefa dao Lava Jato pedindo  a suspeição do ministro Gilmar Mendes, Supremo Tribunal Federal no caso que envolve os tucanos  Aloysio Nunes Ferreira e o coletor de recursos Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto.

Era “pedra cantada”, claro, e até os promotores da República de Curitiba sabiam disso.

Destinava-se a “marcar posição”, assinalando Dodge como “cúmplice” de Mendes, detestado pelo MP.

Mas não funcionou assim e o motivo é simples: a turma do Deltan está em baixa.

Perderam seu ícone, Sérgio Moro, rebaixado a dócil auxiliar de Jair Bolsonaro.

Perderam sua finalidade política, depois da dupla condenação de Lula.

E perderam sua aura de honestidade acima de suspeitas, com a jogada imoral da fundação de R$ 2,5 bilhões feita com o dinheiro da Petrobras, em acordo com o Departamento de Justiça do governo norte-americano.

Não é possível ter certeza, mas se eu tivesse de apostar, diria que os casos de caixa 2 serão remetidos para a Justiça Eleitoral no julgamento de quarta-feira do STF e retirados de sua alçada.

O Supremo dificilmente perderá a chance de dar “uma enquadrada” na megalomania da República de Curitiba, agoraque ela está órfã e lambuzada.

Creio que a “temporada de caça à Lava Jato”, prevista em ótimo artigo de Luís Nassif, já está aberta.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

    1. tucano é espécie em extinção. Pelo menos o partido. A alma udenista sobreviverá.

  1. A Lava Jato e seus executores já perderam a serventia. A gota d’água foi a tal “fundação”.
    Daqui para frente a situação do povo não vai melhorar, mas pelo menos o sonho dessa turma de ver Moro no Planalto e vários deles como deputados e senadores está cada vez mais longe…

  2. Não sabemos o que o juizeco/ministreco tem em seu “acervo” de gravações clandestinas e que tais. Vamos ver até onde vai essa caçada.

    1. concordo. mas ver essa turma sendo apedrejada, mesmo que em sentido figurado…. não tem preço.

        1. Pode ser pouco considerando o mal que fizeram ao país. Mas, se levarmos em conta que estavam donos da situação, é até bastante. Pq isso aconteceu, é outra história e podemos fazer muitas especulações

      1. Mas convém ter cautela. A tentativa de repassar dois bilhões para eles significa que eles ainda estão nos planos dos intervencionistas americanos, e ainda falta muita gente para tentar prender ou cassar direitos políticos, como Dilma e Haddad. Embora esta grana toda talvez tenha vindo mesmo com o fim de detoná-los, já que aparenta escandalosamente com uma espécie de comissão.

        1. embora tenha convicção que esse golpe não tem ponta solta e nada acontece por acaso, pode ter sido um acidente de percurso ou um açodamento dos lavajatenses. Pelo que vi, no acordo com os eua não tem nada que indique a obrigação do $ ir parara sob as asas do feudo das araucárias. Talvez os contratantes, já tendo conseguido quase tudo que queriam, ressalvando o que vc aponta, tenham deixado a turma mais solta. Motivos pra especular temos de sobra

    2. Realmente!! Papo furado esta história de que a lavajato será punida!!! Não preciso ser jornalista para saber disto!!!

    3. Disse tudo. Eu só vou acreditar qu a LJ está desmoralizada quando Lula for inocentado e libertado pelo STF.

  3. Se alguém, por falta de melhor a fazer, leu meus comentários aqui e no GGN, onde costumo dar meus pitacos, registrou -ou no vernáculo de Rio da Pedras rezixtrou – nos últimos 3 anos :
    – a lava-jato sempre teve prazo de validade
    – a missão era pegar Lula
    – missão cumprida, serve prá que?
    – prá nada e muito menos prá se meter com os verdadeiros donos do poder nesta república de bananas (um degrau abaixo da república de banana).
    E, finalmente, vai chegar o dia em que lavajateiros, se não baterem co’s costado na cadeia, não poderão sair à rua. Esperem.

  4. Parece ser assim mesmo mas vamos ver: até o último instante, esse supremo (sic) é, como alguém já disse, flor que não se cheira, com pontuais (e/ou eventuais) exceções, como o Lewandowski e o Teori e mais um ou outro…

  5. O grupo da farsa-jato teve comportamento coeso ,de grupo,ilegal ( contra um partido político e anti-nacional),criminoso (vazamentos, ,delações por pressão e/ou tortura,denuncias de compras de sentenças nunca investigadas, condena sem provas, eternas prisões preventivas sem fundamento jurídico) ,coroado pelo reparto do butim com seus parceiros do Departamento de Justiça do império.
    Portanto configura-se a figura legal de QUADRILHA ,e como tal devem ser tratados ,QUADRILHEIROS.
    Devemos dar o nome certo aos bois e parar de bancar os “republicanos”,isso nos está levando ao túmulo..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.