Um presidente movido a ‘tretas”

Molecagem atrai molecagem, na razão direta da falta de ética e na razão inversa da responsabilidade.

Os compromissos presidenciais de hoje foram nada: além de um encontro com o “missionário” R.R. Soares, fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus e cunhado de Edir Macedo, teve uma rápida reunião com o “Posto Ipiranga” Paulo Guedes.

O resto do dia foi dedicado a “tretas” de Twitter e Facebook. E a mobilizar suas tropas para colocar a tag “#imprensamente” nos trending tops do Twitter.

Se fosse uma cibercelebridade, apenas, tudo bem, embora a gente saiba, desde o medíocre François de Malherbe, da fugacidade das rosas, que vivem apenas uma manhã.

Mas é o presidente de de uma república em angústia, em crise,  à qual positivamente não governa.

O circo tem limites e, alguma hora, enjoa.

Talvez Sua Excelência não consiga  indentificar, para usar o seu vernáculo, que isso – e uso agora o do povo, também – mas isso enche o saco.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

  1. Afora o fato de que o infeliz não contratou sequer um revisor gramatical para evitar passar vergonha, é interessante como as perseguições sempre recaem sobre mulheres. Explico: o autor da matéria sobre Flávio B. foi o pai da jornalista (Chico Otávio), mas a famiglia Bolso incita a perseguição à filha porque sabe quem é seu público: um bando de moleques que tem no capitão um modelo de “masculinidade” e, por isso, tal como seu líder, acha mais fácil perseguir e ameaçar mulheres.

  2. QUANDO ESSE VAGABUNDO VAI SAIR DO ZAP E TRABALHAR? ESSE MERDA FICA O DIA TODO NESSE ZAP FALANDO MENTIRAS,POSTANDO FOFOCA E DIZENDO PALAVRÃO. QUE MERDA VOCÊS FIZERAM CAMBADA DE JUMENTOS?

  3. Alguém assinalou nos comentários anteriores o fato dos comentários não estarem mostrando a linguagem monosilábica do miliciasno.
    Realmente não é o ignorante que escreve ,é um integrante da famíglia verme com um pouco mais de horas de aulas de redação (não muitas mais,também não)

    1. Mandaram ele parar de escrever de próprio punho, pois não havia como consertar tanta idiotice. Já mandam o texto pronto pro apedeuta que só devolve ticado pra caixinha de documentos a serem despachados, dos quais 98% ele não tem a menor ideia do que se tratam. Fica brincando no WhatsApp, Face, Twitter, e jogando game ,como um mano infanto-juvenil.

  4. E chega-se facilmente a conclusão,que esse POVINHO DE MEIA TIGELA,nem sei se tanto,nada faz.Assiste passivo,qualquer barbaridade.Venha de onde vier.

  5. Que homem inútil, preguiçoso, indolente, fofoqueiro, infantil, machista, babaca, falso moralista, reaça, burro e INSUPORTÁVEL.

  6. Eu mandei o meu cachorro escrever um texto. Não entendo que por mais que o mando ele não faz o que eu mando. Por que será?

  7. O tal R.R é o maior vigário da paróquia (com e sem trocadilho).
    É aquele que dá um tapa de mão aberta na cabeça dos velhos abostados de sua igrejinha safada e eles ficam bons na hora,de qualquer mal que os aflija, inclusive cegueira e paralisia , e de quebra ainda afasta o demônio que não existe, das suas carcaças, em troca de uma modica contribuição mensal de 10% de seus salários.
    A conversa entre trambiqueiro e cambalacheiro versou sobre como meter a mão mais fundo no bolso do brasileiro otário.

  8. O termo “facilmente identificadas” trai o espírito de araponguismo que nunca deixará quem sonha com um autoritarismo total. Mas hoje muitos se perguntaram se houve um bombardeio de Caracas na madrugada passada. Não houve, mas aconteceu que, depois do ataque cibernético aos núcleos regionais de geração de energia, aos sistemas de distribuição e finalmente ao cérebro central do sistema elétrico da Venezuela, quando os técnicos entraram em campo e já estava quase tudo recuperado, houve um atentado a uma grande subestação abaixadora, impedindo que todo o sistema fosse recuperado e fazendo tudo voltar à estaca zero. A explosão do atentado formou uma labareda gigante que tomou todo o céu de Caracas. A revista Forbes esclarece que é muito provável que o ataque cibernético que provocou o apagão tenha vindo dos Estados Unidos. Outros especialistas dizem que não há dúvidas sobre isso. A Venezuela teria sido, assim, o primeiro país do mundo a sofrer um ataque cibernético de uma superpotência militar. É bom que a Rússia ponha suas barbas de molho, sobre estas novidades de guerra. Mas as autoridades venezuelanas dizem que tudo já está sanado, sem que tenha havido maiores danos, apesar das inúmeras fakenews que falam de mortes em hospitais, etc. O hospital de crianças citado em fake news continuou, segundo a Telesur, funcionando normalmente, suprido por seu sistema de geradores que entrou em ação imediatamente após o apagão. O governo se orgulha em dizer que técnicos e cientistas venezuelanos já restauraram quase todo o sistema, sem a ajuda de nenhum outro país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.