Deltan, o procurador de dinheiro

Novos diálogos travados pelo coordenador da Lava Jato e revelados pelo The Intercept – agora em parceria também com a Agência Pública de Jornalismo – demonstram que Deltan Dallagnol, na ânsia de obter apoio para sua atuação, funcionava como um lobista à cata de dinheiro do empresariado para financiar organizações que funcionassem como máquina de propaganda da Força Tarefa.

Para isso, não hesitava em usar até a igreja evangélica à qual pertence – a Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba – e um “instituto” criados por integrantes da congregação para recolher doações de empresários.

Entre eles, revela a Pública, estava Patrícia Tendrich Pires Coelho, sócia de uma das empresas envolvidas na Operação e – ao contrário de seus sócios Ney Suassuna (ex-senador) e Georgios Kotronakis – não foi denunciada.

Numa das mensagens, Dallagnol diz a um dos dirigentes do Mude – e seu colega na Igreja do Bacacheri, o empresário do ramo financeiro Hadler Favarin Martines – que desconfiava da generosidade da empresária. que teria, segundo os diálogos, doado R$ 1 milhão ao instituto.

Em várias outras mensagens, Deltan Dallagnol fala de outros “mega hiper” empresarios – entre eles Flávio Augusto da Silva, dono da rede de cursos de inglês Wise Up, que estariam prontos para serem “mordidos” para o grupo de propaganda da Lava Jato.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

9 respostas

  1. ” Gente tudo isso é normal la em casa ” . ” Quando era criança , sabe , a gente não precisava . mas quando eu chegava com várias borrachas , lápis , apontadores que não eram meus , meus pais nunca me perguntaram nada , cresci assim ” . ” Esse é meu guri ” .

  2. Com esse Dalaninho traquino
    Quem se meteu, só se ferrou
    Fizeram foi muita vista grossa
    Nem o nosso Supremo berrou
    Tudo que falarem dele, procede
    Ele cobrou até da nossa Unimed
    Não vale o que o gato enterrou.

  3. Na realidade é a típica ação do Político CORRUPTO, angariando recursos financeiros de “empresários” para seu projeto Político.

    Algum Procurador vai denunciar esse político corrupto?

  4. Engraçado, esses corruptos penderam o Lula, sem provas até agora, mas continuyam procuradores com tanta falcatrua e crimes cometidos. A pergunta é: Não chegou a hora de parar de respeitar instituições corrompidas, e pular no pescoço deese canalhas?

  5. Falavam do PT. QUE ERAM corruptos mas na verdade Moro é Dalagnol visualizaram uma saída para eles pegar todo o dinheiro da suposta corrupçao para eles quando não encontravam provas eles forjavam os depoimentos. Com ameaças aos familiares do investigados e repassando para a imprensa as fala das confirmações como forma de mostrar serviços na verdade era um serviço sujo de MORO E DALAGNOL. Hoje da nojo só de falar nesses nomes dos canalha deve ser horrível para esses canalha passar de autoridades para pessoas debochadas hoje eles perderam o respeito para a maioria do Brasileiros e estrangeiro que veem Ness 2 bandidos de toga um desperdiço de justiça eles são é dinheiristas. E golpistas e corruptos quando falamos em corrupção vem em primeiro lugar Moro e Dalagnol se eles tivem vergonha fugiam do Brasil e travavam de nome é faziam uma plástica na cara de pau desses vagabundo de calocha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.