Demora na ajuda federal pressiona governadores para abrir o comércio

Março já foi difícil e, para muitos prefeitos e governadores, em abril será impossível pagar sua folha de servidores, com a arrecadação em ruínas.

A maioria deles espera recolher pouco mais da metade do ICMS – sua principal receita e partilhada com os municípios – e as prefeituras estão com pagamento do Imposto sobre Serviços bem próximo de zero.

Ao contrário da União, os estados não podem emitir – desde o período Fernando Henrique Cardoso – emitir títulos da dívida pública para se capitalizarem e, sem a compensação federal para a queda de suas arrecadações, é possível que já falte, nos primeiros dias de maio, dinheiro para pagar os salários de abril.

Essa ajuda foi aprovada rapidamente na Câmara mas, no Senado, empacou. O governo está bloqueando a votação exigindo uma obrigação de não darem, por dois anos, reajustes aos vencimentos do serviço público. Qualquer mudança no que foi aprovado na Câmara vai significar que o projeto terá de voltar para lá, em nova votação. E ainda há o prazo de sanção presidencial.

Portanto, dinheiro só no fim de maio, isso com muita sorte.

É por isso, e não por qualquer razão de ordem sanitária, que você está lendo notícias sobre relaxamento do fechamento do comércio e mudança nas regras de distanciamento social.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

11 respostas

    1. Not gonna happen. Ainda mais com privatistas como Dória. Se ele fizer isso, perde o apoio do empresariado que vai todo pro Bozo.

  1. Como sempre, a economia acima de tudo.
    Para superar essa pandemia causando o menor prejuízo possível (de saúde e financeiro) para todos, seria necessário governar adotando políticas típicas de regimes socialistas.

  2. Especialistas alertam: ‘Se afrouxar antes do tempo certo vai ficar pior ainda.’ Muuuuita gente vai morrer por causa dessa burrice. E eu não vejo preocupação com a economia, eu vejo sede de sangue ‘plebeu’ desse presidente loko…
    Vai ficar pior do que tá.
    Cuide -se e cuide de quem vc ama.
    Vcs viram a ‘fila de rabecoes’ pra entrar nos cemitérios??
    Quem não se comove com isso tem parte com o capeta, fato.
    O sonho da elite é esse:

    https://uploads.disquscdn.com/images/ed2b3ec65ea85432b997e0e6e665826d88b9cd2f21e0b2b281ef260ac2501c27.jpg

  3. nem sei pra que tanta pressão. pelo menos aqui, o comércio já andava às moscas, antes da pandemia. lojas e lojas fechadas, anúncios de venda/aluguel pra todos os gostos, desemprego a mil, pedintes nas ruas aos montes. Querem dar a impressão que estava tudo “normal”?

    1. Pois é! Abrem o comércio, Shoppings, mas poucos se arriscarão a fazer compras com esse vírus a nos amedrontar. Pra mim abrir ou não abrir o comércio vai dar no mesmo.

    2. Pois é! Abrem o comércio, Shoppings, mas poucos se arriscarão a fazer compras com esse vírus a nos amedrontar. Pra mim abrir ou não abrir o comércio vai dar no mesmo.

  4. Pois é. Aí vem gente falando que o Bolsonaro é um “Presidente Fantoche”, que “não governa”, que é “tutelado”… As pessoas precisam acordar pro fato de que ele é, pro mal ou pro MUITO MAL, o #[email protected]! do Presidente da República!!! Isso não é brincadeira e nem concurso de popularidade! Eu fico MORDIDO quando vem gente falando que “Bolsonaro está sendo tutelado”. Primeiro, porque não é verdade, como mostra esse post do Tijolaço. Segundo, que se fosse verdade, que porcaria de REPÚBLICA DE BANANAS seríamos se achássemos isso normal?

  5. A sacanagem é que esses senadores não foram eleitos pela União, mas por estados e assim os representa.
    Vão sabotar suas Pasárgadas em nome da Bozolândia.

  6. Essa vai para a conta do Senado. Não há como o Senado fugir de ser responsabilizado pela catástrofe que será a abertura da quarentena antes do tempo, em um país como o Brasil. Há muitas formas de ser genocida. Não votar socorro urgente para os estados e municípios é uma delas. Se a ajuda já estivesse na mão do Bolsonaro, ele imediatamente a assinaria, com medo de ser chamado de genocida. Agora, com a mão escondida e a cara de paisagem, o genocídio fica por conta do Senado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *