Depois da omissão que levou ao HC, juíza “corre” a negar contato entre Lula e imprensa

Objeto do habeas corpus concedido pelo desembargador de plantão no TRF-4, os pedidos de entrevista feitos pela Folha, pelo UOL, pelo SBT e Diário do Centro do Mundo – o primeiro deles há dois meses – sobre os quais a juíza da execução provisória da pena de Lula, Carolina Lebbos, apressou-se em “remendar” sua longa omissão, despachando (aqui, na íntegra) hoje os diversos pedidos de uma só vez, horas depois de publicado por Marcelo Auler que os requerimentos tiritavam de frio em suas gavetas.

E, claro, negando qualquer contato, exceto por carta, entre Lula e a imprensa.

A juíza chega a dizer que “não é absoluto o  seu [de Lula] direito à liberdade de manifestação, seja quanto aos meios de expressão, seja quanto ao seu conteúdo”.

É evidente que, se pode haver restrição quanto aos meios de expressão – e mesmo assim, apenas em parte e desde que razoável,  pois um entrevista supervisionada, pela via telefônica, ou mesmo por um “hangout” de internet, pelo celular, em nada comprometeria a segurança prisional, ainda mais para um prisioneiro que está apartado dos demais, em uma área privativa da PF – mas jamais quanto ao seu conteúdo.

Mas a doutora mistura as estações e diz que não se pode fazer sequer uma entrevista telefônica com Lula porque a lei “tipifica como falta grave a utilização de aparelho telefônico, de rádio ou similar, que permita a comunicação com (…) o ambiente externo”. É evidente que isso se refere à posse de meio de contato telefônico não autorizado, porque, do contrário, significaria, na prática, sua incomunicabilidade.

(A propósito, chega a ser tragicômico que, num país onde o crime é comandado por celular de dentro da cadeia, se aleguem razões de segurança para que um preso sem periculosidade possa falar, meia ou uma hora, com um jornalista, com a supervisão dos agentes prisionais)

O retardadíssimo pronunciamento da juíza de execução de Lula, além de provar que, sim, havia objeto no pedido de habeas corpus despachado pelo desembargador Rogério Favreto, vai ser, ele próprio, objeto de recurso.

Porque está nele a essência do que se pretende com a absurda manutenção de Lula na prisão: mantê-lo incomunicável

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

35 respostas

  1. Como se Eduardo Cunha não tivesse dado entrevista à Época fora do presídio. Estão ficando cada vez mais sem graça os argumentos de Curitiba.

    1. Voces sabem nada, inocentes!
      O Dudu Kunha deu entrevista, nao oficialmente autorizada mas autorizadissima, porque EPOKA é da rede PLIMPLIM.

  2. Esqueceu de citar a entrevista de Cunha ao palerma da Época que até hoje ninguém entendeu como foi feita.

  3. A justiça dá licença a apenados estudarem, mas decide retirar o direito de um pré-candidato no gozo de seus direitos políticos fazer sua campanha. Estamos cada vez mais desservidos de justiça.

  4. Justiça brasileira está a serviço dos dominadores. É antipovo. Representa os interesses deste desgoverno que está aí!

  5. Estão tentando encontrar de qualquer maneira alguma forma supostamente legal para minorar a influência de Lula nas eleições de 2018. Até os elos mais afastados desta cadeia jurídica de tucanos estão empenhados nisso. É evidente que se trata de desespero.

  6. Qual a terrível força que une a MÁFIA TOGADA ???que é tão poderoso para eles atuarem criminosamente ,a luz do dia sem se importar por regras e virtudes???Alguns sugerem que eles tem algo podre e que uns dos instrumentos do golpe ( a mídia canalha), a mando do seus mentores (usa), poderia usar para acabar com eles, mas TODOS??Que é que faz a algum milico nacionalista ( sempre tem um, ao menos) ficar queto enquanto vendem o Brasil?? O PODER DA ORGANIZAÇÃO.
    E qual é o braço no Brasil que controla e garante o golpe ??? A MAÇONARIA ,ELA ABRANGE TODOS OS GRUPOS DE PODER ,O JUDICIÁRIO,OS POLÍTICOS, OS MILITARES,A MÍDIA ,OS EMPRESÁRIOS ,O SISTEMA FINANCEIRO.(faltou algum?), E ELES SÃO OS QUE REALMENTE MANDAM EM FUNÇÃO DE SEUS INTERESSES.
    Já viram algum pobre ser maçom? Estamos do outro lado.

  7. A juíza quer os minutos dela de fama. Todos, em conluio, sabem que se o presidente Lula sair da cadeia, acaba a brincadeira. São perversos e dissimulados.

  8. O CRIADOR DESTA FAKE NEWS DEVE PAGAR

    “colunista da Folha de S. Paulo, Mônica Bergamo, informa na sua coluna de hoje que a divulgação da foto de José Eduardo Dias Toffoli, irmão do ministro do STF, que tem síndrome de down, dando um beijo no rosto do ex-presidente Lula e que foi divulgada como sendo do desembargador Rogério Favreto, causou indignação em seus familiares.”…

    https://www.revistaforum.com.br/familia-quer-mpf-investigando-fake-news-com-irmao-de-toffoli-beijando-lula/

    1. Capacho do moreco. Filhote de tucano. Ainda sem pena, com bico pequeno, mas ta louca pra alçar vôos.

  9. Uma constituinte exclusiva com Lula presidente estes canalhas de Curitiba vão cagar nas calças.

  10. ANS COOPTADA

    Necessidade em mudar metodologia de reajuste de planos!

    “Participaram da audiência pública representantes da agência reguladora, do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). O encontro foi marcado pela ausência de diretores da ANS, que, segundo a presidente da CAS, senadora Marta Suplicy (MDB-SP), desmarcaram a presença de última hora. O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) foi o mais enfático nas críticas.

    De acordo com o parlamentar, a agência está tentando “esfriar” o assunto, já que estabeleceu um reajuste de 10% para planos familiares e individuais no final de junho. “Esperava que, pelo menos, esses senhores (diretores) viessem se explicar”, disse Farias. “É um escândalo e um desrespeito ao Senado. A sensação que fica é como se a agência reguladora tivesse parado de regular (o mercado)”, enfatizou o senador.”

    http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/ans-admite-necessidade-em-mudar-metodologia-de-reajuste-de-planos/

  11. Não basta encarcerar injusta e ilegalmente. Não basta não cumprir um Alvará de Soltura. Agora, desesperado, o PJB – Partido do Judiciário Brasileiro tenta, transformar Lula em prisioneiro incomunicável, pois se o Povo ouvir o que Lula tem a dizer, esse País renova-se nas urnas e implode o golpe.

    Vão errar de novo: “Lula Andará pelas Pernas do Povo. Ouvirá pelos Ouvidos dos Excluídos. Enxergará pelos Olhos dos milhões de Desempregados que não conseguem vislumbrar o Amanhã. Resistirá com a Energia dos Jovens brasileiros apartados do Futuro. Finalmente Sorrirá com o #BrasilFelizDeNovo.

    Perderam, Togados Golpistas, Lula é uma Ideia que transita por Milhões de Corações e Mentes espalhados pelo Brasil. Ideia, golpistas, nunca se deixará encarcerar ou amordaçar.
    #LulaLIvre
    #LulaPresidente
    #BrasilFelizDeNovo

    1. Se tivermos uma constituinte exclusiva como o Lula prometeu se for eleito presidente esta juíza desclassificada vai se f………

  12. É nula a pena quando não há Lei que a defina.
    Desse modo, qualquer preso tem o direito de se expressar.
    Não pode prevalecer o desejo subjetivo do juízo, porque não há Lei que permita.

  13. Esses golpistas do judiciário são cômicos e se enrolam nos próprios erros. Isso demonstra que a mentira não se sustenta por muito tempo.

  14. Só falta a PGR pedir pena de morte com execução imediata, o relator sorteado será Alexandre Desmorais que aprova antes do pedido.

  15. a merda da pergunta q não quer calar é; -O que podemos fazer? Assistir e ficar protestando só na internet adianta de algo?

  16. Esse processo corajoso do desembargador Fraveto gerou decisões toscas de Moro, Gebran e Thompson e explicitou para qualquer cidadão de boa fé o partidarismo criminoso desses três novos patetas. Criminoso porque evitou o cumprimento de uma ordem judicial sem nenhum amparo no código de processo. Outra vergonha foi delegado federal todo cagado por ligações telefônicas a espera de uma outra decisão judicial eivada de vícios. Depois desse circo de horrores fico a imaginar como a imprensa golpista vai dar atenção da condenação do Lula pelo Moro no processo do sítio. Um juiz que ligou desesperado nas férias para um delegado para evitar o cumprimento de uma decisão judicial de um réu julga esse mesmo réu em outro processo. Mais uma humilhação do judiciário brasileiro. Essa sentença do Moro no processo do sítio só serve para papel higiênico. Não enxergo outro uso.

  17. Atitudes dessa juíza apenas demonstram que, hoje, no Judiciário, não estão os “melhores” preparados e com vocação para a magistratura. Estão, sim, lamentavelmente, os mais preparados para decorar “dicas de cursinho” e que JAMAIS tiveram o mínimo contato com a realidade da imensa maioria do povo sofrido desse país. Nunca usaram um transporte público, nunca estudaram em escola pública onde falta de tudo, menos o empenho heróico dos professores. Essa juíza faz um bem ao país e ao mundo inteiro quando demostra quais são as “reais razões” da prisão de Lula. Já garantiu, como tantos outros, o seu nome no lixo da História.

  18. “…um preso sem periculosidade…”
    Fernando, no entendimento da empresa que governa o país (plim-plim!), não há preso mais perigoso que Lula no Brasil.

  19. Quanto mais assisto a estas decisões do judiciário, mais torço para a chegada urgente daquelas guilhotinas que tanto bem fizeram na França pós-revolução…

  20. Dois meses depois que seis bolas tinham atingido a rede jurisdicional e especifica da tal execução provisoria, a árbitra (sic) do encontro pegou todas elas -as bolas do jogo- de uma vez e colocou no centro do campo.
    Para recomeçar a partida.

  21. Roberto Cabrin Cabrini entrevista Luiz Fernando da Costa, mais conhecido como Fernandinho Beira-Ma no Conexão Repórter.
    Crimes os quais são imputdos ao presidente LULA ainda não presentaram uma prova.

  22. O tempo dos reacionários é mais ou menos assim: segura, e quando tiver que dar a Lula, como candidato, o direito a entrevista, o TSE antecipadamente se manifestará contra a sua candidatura, até pq é e só ele judiciário quem movimenta peças neste tabuleiro institucional. O paradigma dessa instituição golpista é a aceitação na prática por ex da divulgação por do grampo da presidenta, de Marisa com filho ambos com divulgação na Globo ou ainda a aceitação de um escárnio cinematográfico com a participação desta mesma Globo com o judiciário a PF e procuradores, cujos financiadores desta vilania são clandestinos. Quem se indispor a essa grande e importante operação lesa pátria pode por ex no limite pagar com seu bem maior, como foi o caso possívelmente de Teori.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.