Desespero do ‘morismo’ não esconde a sua queda inevitável.

O ridículo “Pavão Misterioso”, perfil falso no Twitter que, há dias, tentou envolver o vazamentos das mensagens trocadas entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol ( e entre estes e outros integrantes da tal Força Tarefa da Lava Jato) ganhou agora uma versão impressa, na Istoé, o único veículo que topou se  agarrar sem reservas às incríveis  teorias de uma conspiração internacional contra o atual ministro da Justiça.

Dispensa, como o tal Pavão, que se a depene, tão frágil é. O próprio Glenn Greenwald resume no Twitter: “A conspiração insana se contradiz. O desespero é feio.”

O grave na história é que ela envolve a Polícia Federal numa suposta “caçada ao hacker” sem que sequer tenha sido estabelecido que houve um hackeamento, até porque não houve perícia, ao que se saiba, em nenhum dos aparelhos de telefone que teriam sido invadidos.

E, lembremos, uma Polícia que não só está envolvida até a medula em toda a conspiração denunciada como está sob as ordens diretas do cada vez mais evidente chefe da operação.

Creio que a atitude do The Intercept de partilhar o material, como anunciou Greenwald, com outros órgãos de imprensa, deve-se ao perigo real de que se use medidas de força para impedir sua divulgação.

Nem é preciso dizer que esta seria uma situação desastrosa para Moro mas, desastrados como são, não é algo que se possa descartar totalmente.

A estratégia da divulgação dos fatos segue, também, esta linha de preocupações. Como todos já perceberam, com a postura “amiga” da mídia, as dezenas de escândalos deste governo (e este governo é produto da Lava Jato) faz desaparecer do noticiário. Eles aparecem, submergem e só de tempos em tempos voltam com notícias esparsas.

Por isso, a revelação tem de ser lenta, cuidadosa, um fato por vez, para que tudo não seja lançado no esquecimento.

Lembrem-se de que se trata de alguém que foi erigido, numa heresia política e jurídica, à condição de um deus.

O processo será necessariamente lento e tenso.

Porque não é a construção de uma farsa, que é apresentadaa sempre com grandiosidade. Mas a reconstrução da verdade, que se faz passo a passo, tijolo por tijolo num desenho lógico.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

    1. Concordo. Acho que o conta gotas acaba normalizando as ilicitudes cometidas. Saindo da nossa bolha e da dia bons juristas o Moro ainda se sustenta como paladino.

  1. O “milagre económico do neoliberalismo “,o chileno ,enfrenta a 3° semana de greve de professores .(ninguém informa nada)
    .A mentira tem pernas curtas ,a Farsa jato começou a perder as suas patas e afunda na lama que ela própria criou.

  2. O marreco virou pato manco…….só não será demitido por dois motivos, o coiso não tem poder de demiti-lo, pois ele e o tchutchuka foram imposto goela abaixo pelos financiadores do golpe, ou vcs acham que alguem abandona um cargo vantajoso à toa? Fizeram-lhe grandes promessas…….e não sairá agora para não dar razão as denuncias, mas sua unica saida será o aeroporto……ou algum cargo menor ao que almejava

  3. O Lula, pro Moro e para os punitivistas de plantão, era e é um troféu, a grande satisfação que teriam de dar aos coxinhas sedentos de vingança, como se fosse um exemplo, o grande exemplo de que supostamente havia acabado a era da impunidade, ainda que isso significasse a condenação sem provas, sem o devido processo legal, de um inocente. Mesmo que Lula soubesse dos ilícitos cometidos nas estatais e na forma de financiamento de campanhas, como tantos outros 33% não selecionados sabiam, isso não dava a Moro a licença para cometer ilicitudes no processo em nome de um suposto exemplo a ser dado. Domínio do fato também exige documentação. Ninguém é a favor da corrupção e quem teve provas de enriquecimento ilícito como Cunhas e etc. que permanecam presos. Daí a usar um líder popular como Lula para servir de troféu, sem provas, não só é ilegal como também pode prejudicar o próprio combate à corrupção. O Ministério Público, se é verdadeiramente apartidário e combatente da corrupção, deveria ficar indignado com Moro por talvez ter maculado boa parte da operação ao agir de forma obsessiva contra o ex presidente Lula em nome de um troféu. De boa intenção o inferno tá cheio e o Estado Democrático de Direito não pode se submeter a projetos específicos, sob pena de sucumbir a julgamentos de ocasião. Ou os fins justificam os meios? Com a palavra o STF.

    1. “….enriquecimento ilícito como Cunhas e etc. que permanecam presos”

      lembrando que o Cunha seria o único adversário(miliciano)a enfrentar o bozo e ganhar…em terras cariocas e ,quiçà,brasileiras

      Lula e Cunha fora do caminho,era só montar um esquema midiático e pegar o troféu.

  4. NÃO CREIO QUE CAIA COM ESSAS INFORMAÇÕES,TIVESSE VÍDEOS OU CONVERSAS GRAVADAS JÁ TERIA CAÍDO.
    GREENWALD TORTURA AS EXPECTATIVAS DE LULA COM ESSE CONTA GOTAS.
    A NOSSA AO TERMOS DE VER E OUVIR REINALDO AZEVEDO UM DOS RESPONSÁVEIS POR ESSA DESGRAÇA TODA.

    1. Ele está certo e não pode dar um passo em falso. Melhor ser torturado assim, já que realmente desta vez existe uma luz no final do tunel, que ser torturado pela Globo, Moro e Bolsonaro. Soltar o LULA não depende disso, pois ele é, e o mundo sabe disso, UM PRESO POLÍTICO, mas manter o fogo aceso e ir queimando todos sem parar e demorando, até que esse povinho de M acorde e veja que TEMOS que RETOMAR o que é nosso, por bem ou não.

    2. Reinaldo Azevedo, o criador do termo petralha, um dos incentivadores dessa loucura, agora, uma madalena arrependida. Pois não perdoo.

  5. A pf que já foi colaboradora dessa farsa por meio do comportamento criminoso de alguns de seus funcionários ,hoje sob as órdens do CRIMINOSO sergio moro, investiga um “possível delito” de invasão dos celulares de integrantes da Quadrilha curitibana.
    Cadê a ética?? cadê a LEI? .
    Sou um leigo nessa tecnología ,mas,o fato de um suposto hacker denunciado por eles mesmos ,divulgando o que divulgou (e que inicialmente não foram negados pelos quadrilheiros) indica claramente que o que ele vazou estava dentro dos aparelhos !!
    E se o conteúdo pode ser editado ,qual sería o sentido de alguém (Greenwald) difundir tamanha bomba sem ter como comprovar ? , e por que ,ao invês de ficarem indignados não mostram como pode ser editado este aplicativo???? ( configurar delito não é desculpa ,e prova de inocência)
    Por outra parte ,por que agora e só agora,todos os integrantes da quadrilha ,dentre eles o delinquente Janot,denunciam estarem sendo hackeados? um processo SUJO que se alastra desde 2014 ,só teria interesse de hackeamento agora,por que não antes?? perguntas,perguntas básicas.
    É provável que a pf do moro está tentando achar ,EL TOPO **,de dentro da operação farsesca. Ou o cara que foi deixado de lado em alguma partilha da quadrilha e que resolveu abrir a boca.

    ** infiltrado numa organização e que serve outra.

  6. Tenho dúvidas de que Moro caia e difícil acreditar que as eleições sejam anuladas, o que deveria. No entanto, todo esse processo desconstruira por completo esse governo eleito ilegitimamente. O governo seguirá, com seu botezinho no lago de podridão que eles mesmos construíram.

  7. Concordo com o conta gotas.
    Se for tudo divulgado de uma vez, daqui a um mês a grande mídia não falará mais sobre o assunto.
    Só acho que o tiro de misericórdia no marreco será com um áudio, sem isso ele vai continuar agonizando, mas vivo.

  8. O blogueiro Eduardo Guimarães (Blog da Cidadania) teve toda a casa revirada e foi levado coercitivamente para depor.

    Foi um dos raros “tiros no pé” que a narrativa da Farsa a Jato deu, pois o corporativismo dos jornalistas desaprovou completamente.

    Foi até surreal ver um “blogueiro sujo” aparecendo em reportagem da TV Globo e dando entrevista ao repórter da matéria.

  9. Novamente o twitter impede o compartilhamento! Seria muito bom se o Fernando Brito publicasse os links de suas postagens em sua própria página do twitter

  10. Seguramente, a estratégia de Greenwald até o momento é precisa. Mas talvez esteja na hora de “abrir” um áudio ou vídeo de algo já apresentado na forma de transcrição, devidamente acompanhado por laudo de perícia atestando veracidade. Garantiria credibilidade aos demais dados transcritos, acabaria de vez com qualquer credulidade que restasse nos simpatizantes do discurso “apolitico” da República de Curitiba e forçaria a queda das máscaras do bolsonarismo-raiz, que não teria mais amparo na hipocrisia e teria que partir para um jogo às claras, o que evidenciaria que seu real capital humano é bem menos numeroso do que os meios de comunicação hegemônicos fazem parecer. E daria impulso à demonstração dos dados posteriores de posse do Intercept. Assim acho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *