Dória não entendeu que, como troglodita, Bolsonaro é melhor que ele

bolsodoria

Pena que não se tenha feito – se é que vão se fez – uma pesquisa sobre a intenção de voto presidencial dos paulistanos.

Tenho certeza de que ficaria revelado que o grande obstáculo que Dória enfrenta em sua aventura de candidato “furão” a Presidente não é Geraldo Alckmin, mas Jair Bolsonaro.

O Datafolha não divulga dados separados por municípios o estados nas suas pesquisas presidenciais.

Mas, pelos resultados na região Sudeste – onde o Estado de São Paulo tem  mais da metade dos eleitores, alguns dados são visíveis.

Bolsonaro recebe mais do que cinco vezes as menções espontâneas de voto que o prefeito: 11 a 2%.

Entre os que declaram ter simpatia pelo PSDB, o ex-capitão vence por 14 a 6%. Idem entre os que votaram em Aécio, em 2014: 17 a 3%. E ibidem para os eleitores mais ricos, com renda superior a 10 salários mínimos: 20 a 6%.

Bolsonaro esmera-se na imagem do “macho arrasador”, um Charles Bronson exterminador

Dória construiu a do menino mimado, chiliquento, cheio de birras e vontades.

O marqueteiro paulistano não entendeu nada do papel que se propôs a desempenhar.

Como troglodita, Bolsonaro lhe dá de dez a zero.

 
contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

16 respostas

  1. Sinais dos tempos, tem muitas pessoas no Brasil de hoje que tem enorme orgulho de ser ignorantes, de ser intolerante, de bater nos fracos, de ser homofóbico, de colocar as mulheres como subalternas, de posar de machão, cujo o estilo de vida é a violência e o preconceito . Aqui nesse espaço aparece os fãs desses mentecaptos candidatos a presidência, não sabem falar sem ofender , não tem cultura e não tem a menor ideia dos reais problema do Brasil, não serviriam nem para síndico, mas são o que a Direita Brasileira conta para enfrentar o Lula, cuja a “justiça do Moro e seus amigos “fazem a outra parte tira-loo do caminho par ver se emplacam esses energúmenos.

  2. só restou Bolsonaro para os paulistas. Tenho que rir. Um deficitário mental que arrasta uma turba de débeis metais. A que ponto chegamos. Esse Bolsonoro é caso de internação compulsória. Não é para levar à sério um animal desses.

  3. Se a eleição fosse hoje o Lula ganharia no primeiro turno. Em segundo lugar viria o eterno candidato tucano gordo e ladrão, o Padim Pade Cerra. em terceiro lugar chegaria o Bolsomito. O Dória e Alckmin nem serão candidatos. Quem manda em São Paulo é o Cerra e toda mídia canalha e golpista.

    O CERRA ARRUMA UM JEITINHO BRASILEIRO DE FERRAR O DÓRIA E O ALSTOMIN KKKKKKKKKKKKKKKKK

  4. Em março de 2018 o DataFalha e o Globope colocam o Cerra com 34 % de intenção de votos, como em toda eleição para presidente. KKKKKKKKKKKKK

  5. Lá para março de 2018 o Globope e Datafalha colocarão o Cerra com 35 % de intenção de votos. Sempre foi assim. O Cerra vai dar outra rasteira no Alstomin e Dória kkkkkkk

  6. É que paulistano é raça superior. Tudo em Sumpa é o melhor do Brasil. Até a estupidez é maior. Pitta, Maluf, Serra. É dessa gente que paulistano gosta.

  7. Confesso que o derretimento espontâneo do Doriana me alegrou profundamente esses dias. Era previsível, é claro, mas não imaginei que fosse de tamanhas dimensões. Seja como for, tem me ajudado a sair da fossa. A arapuca armada pelo velho Goldman de guerra foi uma piada pronta genial e o otário caiu. Junto com ele, os seus brilhantes eleitores, meus conterrâneos. Como brasileira e, pior, paulistana, eu andava melancólica, quase deprimida. Pensava “mas que diabos, lutei tanto contra a ditadura nos anos 70 e 80 para agora ver um país que cogita eleger esses desclassificados como presidente, etc e tal”. Mas ri muito com o Doriana e felizmente minha deprê passou. Caí em mim. Quer saber? queriam dar o golpe, deram e agora os patos coxas que tanto me irritaram estão todos ferrados, deram com os patos n’água. Queriam votar no Doria? votaram e agora a cidade está um horror, enquanto o cretino faz uma besteira atrás de outra. Querem eleger o energúmeno rei da pistola? pois elejam. Em dois meses o país perderá o pouco que Temer tiver deixado funcionando e ninguém mais saberá quem é quem. Nem o general Mourão vai aguentar o rojão do seu amigo bolso. hahaha estou caindo para o terreno da galhofa, rir para não chorar.

  8. Toda vez que vejo o Doriana com aquele pulôver enrolado no pescoço me lembro do “Seu Peru” da Escolinha do Professor Raimundo.

    Quanto ao Jair Brontossauro, sem comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *