Reforma da Previdência agora é em novembro. Ou não…

slow

Não é impossível, porque nada é impossível no desclassificadíssimo Congresso que temos, disparado o pior da história brasileira.

Mas “onda” plantada hoje na imprensa de que Michel Temer pretende aprovar, em novembro, uma “minireforma”  da Previdência  – basicamente a idade mínima – tem pouquíssima chance de ir além de um “factóide”.

Temer, todos se recordam, adiou a reforma em 2016, a pretexto das eleições municipais. Ela ficaria para o início deste ano, mas em abril, por falta de votos, transferiu-a para agosto/setembro.

Em maio, depois da delação da JBS, ficou para outubro. E, com o “segundo tempo” da delação, para outubro.

Em toda esta trajetória, o “rolo compressor” governista foi minguando. Há pouco tempo, o próprio Rodrigo Maia previa que havia apenas entre 150 e 200 votos para aprová-la, dos 308 necessários.

Nem mesmo uma parte dos que apoiam a retirada de direitos dos trabalhadores apoiam a insistência que, avaliam, a esta altura, leva mais água ao moinho da candidatura Lula.

Como não podem desistir formalmente, vão caminhando como lesmas e ordenhando a vaquinha do Estado, com cargos, emendas e negócios.

 

contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

5 respostas

  1. Brito, Lula não será problema. A nova edição da Operação Condor – lavajato – trata disso. Já já arrumam um pretexto para prenderem o Lula.

    1. Guerras de 4° geração é o nome das novas operações do imperialismo.Eles tiveram sucesso sem gastar uma bala sequer.Mas todo ( como sempre) depende do grau de questionamento e capacidade cognitiva dos povos em questão .E sem dúvida ,eles tiveram o trabalho amplamente beneficiado pela imbecilidade reinante em nossos povos,paradoxalmente,…na era da informação.

  2. Entreguista aumenta o preço do gás de cozinha em de 12,9% .
    O golpe continuado é pau no lombo da classe trabalhadora.

  3. O saco de maldades e entreguismo é medonho como seu dono. Fora Temer. Como diz o saudoso Briza (que falta está fazendo ao País) traidor é detestável e imperdoável.

  4. Notícia diz que exército vai atuar nas eleições de 2018 sob pretexto de combater crimes cibernéticos. Notícia, esta, vindo do desgoverno de golpista, de uma gang de mentirosos é estarrecedora. Tão armando mais uma arapuca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.