‘É ridículo!’ No NYTimes, o mundo vê os EUA e a pandemia. Assista

Mais importante do que qualquer bomba ou míssil, a arma mais importante dos Estados Unidos sempre foi a condição de que tudo, lá, era o melhor e, portanto, era natural a condição norte-americana de “líder do mundo”.

Justamente por isso, quando seus líderes levam o país ao vexame, o sistema reage e aqueles dificilmente escapam de serem removidos.

Aconteceu com Geoge W. Bush e, ao que parece, vai se desenhando o mesmo com Donald Trump.

O NY Times publica hoje um vídeo, feito pelo cineasta Brendan Miller e pelo produtor Adam Westbrook que mostra como, por todo o planeta, a liderança de Trump deixa os EUA no ridículo.

Não se ouve, nele, brasileiros, talvez porque tenhamos, neste aspecto, artigo nacional do mesmo calibre de imbecilidade.

Clique em “CC” para ver com legendas, mesmo em inglês, que dá para entender.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

12 respostas

  1. É um longo pesadelo.
    O mico amestrado do calhorda do norte consegue ser pior…
    Sobre a questão de testes e rastreamento, o que acontece aqui é um zilhão de vezes mais grotesco e revoltante.
    O vídeo abaixo é bastante esclarecedor sobre o crime que foi e está sendo cometido neste triste país .
    https://www.youtube.com/watch?v=HgrsJoCZjHk

    1. Mandetta critica orientação da OMS e diz que Brasil testará apenas pacientes com sintomas
      https://www.terra.com.br/noticias/brasil/mandetta-critica-orientacao-da-oms-e-diz-que-brasil-testara-apenas-pacientes-com-sintomas,f7ad421308c557bb5f0bc75bb96e65a1ce3zzexs.html

      Em entrevista coletiva ao lado do presidente Jair Bolsonaro e de outros ministros, Mandetta disse que a orientação da OMS é um desperdício de recursos e que não existe no mundo quantidade suficiente de kits de exame para testar toda a população que a entidade sugere.

      ‘Tudo que é comentado na história das epidemias é fazer as testagens até que você tenha transmissão sustentável. E a partir do momento que você tem transmissão sustentável, fazer por sentinela e amostragem’, disse Mandetta.

      A orientação da OMS é de que sejam testadas todas as pessoas que possam ser consideradas suspeitas e, em caso positivo, testar todos que tiveram contato com o caso confirmado nos dois dias anteriores e testá-los também, mesmo sem sintomas.

      A alegação da OMS é que mesmo pacientes assintomáticos transmitem a doença. De fato, estudos mostram que boa parte das transmissões vem de pessoas assintomáticas.

      O ministro rejeitou comparações com a Coreia do Sul, que teve sucesso no combate à epidemia do novo coronavírus com testes em massa e isolamento dos casos confirmados e garantiu que o Brasil enfrentará a crise usando conhecimento local e ouvirá seus especialistas.

      ‘Teremos os números da nossa epidemia e poderemos dizer no final quais foram as diferenças. Uma coisa é ter um país como a Coreia, que tem 4 milhões de habitantes, concentrados num país que eu não posso dizer as dimensões aqui, mas que talvez não seja muito maior do que Sergipe, Alagoas Bahia. Totalmente diferente de um continente sul-americano como é o Brasil. Vamos lutar discutindo com os nossos especialistas’, afirmou.”

      obs Coréia do Sul tem 52 MILHÕES DE HABITANTES

      Essa é a corja que nos jogo neste abismo.

    2. Mandetta critica orientação da OMS e diz que Brasil testará apenas pacientes com sintomas
      https://www.terra.com.br/noticias/brasil/mandetta-critica-orientacao-da-oms-e-diz-que-brasil-testara-apenas-pacientes-com-sintomas,f7ad421308c557bb5f0bc75bb96e65a1ce3zzexs.html

      Em entrevista coletiva ao lado do presidente Jair Bolsonaro e de outros ministros, Mandetta disse que a orientação da OMS é um desperdício de recursos e que não existe no mundo quantidade suficiente de kits de exame para testar toda a população que a entidade sugere.

      ‘Tudo que é comentado na história das epidemias é fazer as testagens até que você tenha transmissão sustentável. E a partir do momento que você tem transmissão sustentável, fazer por sentinela e amostragem’, disse Mandetta.

      A orientação da OMS é de que sejam testadas todas as pessoas que possam ser consideradas suspeitas e, em caso positivo, testar todos que tiveram contato com o caso confirmado nos dois dias anteriores e testá-los também, mesmo sem sintomas.

      A alegação da OMS é que mesmo pacientes assintomáticos transmitem a doença. De fato, estudos mostram que boa parte das transmissões vem de pessoas assintomáticas.

      O ministro rejeitou comparações com a Coreia do Sul, que teve sucesso no combate à epidemia do novo coronavírus com testes em massa e isolamento dos casos confirmados e garantiu que o Brasil enfrentará a crise usando conhecimento local e ouvirá seus especialistas.

      ‘Teremos os números da nossa epidemia e poderemos dizer no final quais foram as diferenças. Uma coisa é ter um país como a Coreia, que tem 4 milhões de habitantes, concentrados num país que eu não posso dizer as dimensões aqui, mas que talvez não seja muito maior do que Sergipe, Alagoas Bahia. Totalmente diferente de um continente sul-americano como é o Brasil. Vamos lutar discutindo com os nossos especialistas’, afirmou.”

      obs Coréia do Sul tem 52 MILHÕES DE HABITANTES

      Essa é a corja que nos jogou neste abismo.

    3. Pois é. Agora você imagina que ele era considerado um ser racional dentro da irracionalidade desse governo. São todos, todos (incluo aqui Congresso, MP, judiciário e grande mídia) responsáveis por esse genocídio. Talvez seja necessário que arrisquemos nossas vidas em megamanifestacões para preservarmosmos outra parte da população e a nossa dignidade.

  2. O nosso governo luta bravamente para eu o Brasil venda os EUA nessas estatísticas. Estou seguro que a união desse governo com os 30,% nos levará a uma folgada “Vitória”.

    1. Estava justamente pensando isso.
      Os generais não vão admitir ficar em segundo lugar e farão todo o possível para que o Brasil ocupe o lugar mais alto do pódio.
      E baterão no peito com orgulho afirmando: “Somos os melhores”.

  3. Proporcionalmente o Brasil está próximo dos números de lá. E o Chile tem números piores.
    Os ricos atuaram para o povo eleger presidentes genocidas
    Aí está o resultado!

  4. `Perfeito esse vídeo, mostra bem quão estúpido e ignorante é o nosso Porconaro, que segue à risca todas as instruções da segunda maior anta mundial, o bozo americano.

  5. O anticristo de lá está levando os americanos ao inferno, mas precisa de mais um mandato para enterrá-los de vez. Que seja reeleito. Pior é que nós por aqui, com nosso anticristo, vamos acompanhá-los. O que não falta é imbecil para reelegê-los.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.