Eleição em SP também é Lula x Bolsonaro

Esta aí em cima é a pesquisa que conta para as eleições em São Paulo.

As outras, que apresentam um entra-e-sai de candidatos pode ser relevante para as negociações políticas de alianças, mas na hora do voto é evidente que o eleitor vai procurar alinhar sua manifestação pela escolha do candidato, tanto que o candidato bolsonarista, Tarcísio de Freitas, que nem sabe onde é a Ipiranga com a Avenida São João, aparece com 27% dos votos, 2% a mais que seu chefe Jair Bolsonaro, o que se explica porque Moro não tem candidato a governador no estado, depois de ter ficado órfão do seu pupilo Arthur “Mamãe Falei”.

O mesmo, claro, acontece com Fernando Haddad, que empata (41% e 39/40%) com a preferência manifestada pelo eleitor paulista por Lula, enquanto Rodrigo Garcia fica reduzido a figurante no processo, seguindo os passos de João Doria.

O número de indecisos, muito baixo para uma pesquisa feita seis meses antes da eleição (10%) e o do “não voto” (brancos, nulos e abstenção) são baixos, o que indica um processo avançado de formação da decisão de voto. A reversão, portanto, é menos provável e você deve reparar que, sem a vinculação à campanha presidencial o impulso de voto do eleitor cai significativamente. com o não-voto saltando de 13% para 33%.

O único fator negativo para Fernando Haddad na pesquisa é que sua rejeição ainda é alta (53%), razão pela qual o melhor para a sua candidatura seria ter o apoio aberto e exclusivo de Geraldo Alckmin, sem dividi-lo com Márcio França concorrendo ao mesmo cargo.

Boulos aparece com 7% e, francamente, acho que seria uma tolice desperdiçar uma liderança tão promissora quanto ele com uma votação modesta, que pode até encolher à medida em que Haddad e Tarcisio polarizem a disputa.

Ainda mais depois de seu desempenho eleitoral nas eleições paulistanas, seria um retrocesso e o desperdício de um dos mais promissores novos quadros políticos surgidos neste Brasil deserto de lideranças.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.