Fachin recorre ao ‘tapetão’ de Fux para salvar Moro

Depois da manobra da anulação (parcial) dos processos contra Lula na 13a. Vara Federal de Curitiba, Luiz Edson Fachin partiu para outra “esperteza” para salvar Sergio Moro da quase inevitável declaração de suspeição que está (ainda) na pauta da 2. Turma do STF.

Numa ação ousada e que está tendo péssima repercussão no meio jurídico, porque contraria o entendimento do Supremo que a opção do relator entre colocar o caso que relata em Turma ou no Pleno não atingiria processos que já estão sendo examinados em um dos colegiados, Fachin pede que presidente da Casa, Luiz Fux, determine que o caso seja retirado de pauta da 2a. Turma e submetido a plenário.

Fux ainda não anunciou a decisão, mas há poucas dúvidas que acolherá o pedido, mesmo despertando uma tempestade de fúria entre muitos ministros.

Fux, como Fachin, é dos último moricanos a resistir no STF e vai , provavelmente, ‘matar no peito e baixar para a gaveta o processo de suspeição.

Pode atrasar a questão, mas não vai evitá-la e, portanto, esperem-se novas revelações sensacionais nos arquivos da Operação Spoofing, inclusive com reflexos negativos sobre outros ministros, vítimas da irresponsabilidade dos procuradores da Lava Jato.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email