Greenwald vai à Câmara na terça

Glenn Greenwald, o editor do The Intercept, confirmou hoje ter aceito o convite para participar de uma audiência pública na Camara dos Deputados na próxima terça-feira.

O requerimento para comparecer à Comissão de Direitos Humanos e Minorias, foi feito pelos deputados Márcio Jerry, do PCdoB do Maranhão, Camilo Capiberibe, do PSB do Amapá, Carlos Veras, do PT de Pernambuco, Túlio Gadelha, do PDT de Pernambuco, e Helder Salomão, do PT do Espírito Santo.

Até lá, novas revelações terão sido feitas e o clima só vai esquentar, porque o governismo não tem senão teorias conspiratórias e respostas evasivas para enfrentar os fatos.

Os ataques serão intensos e sórdidos, vários deles á base de xenofobia e homofobia.

Talvez a gente não esteja, ainda, dando conta do conteúdo histórico do que estamos vivendo.

Apenas para recordar: as primeiras denúcias sobre o caso Watergate foram deiras em dezembro de 1972. Até a renúncia de Richard Nixon, por conta do escãndalo, em agosto de 1974, passaram-se quase dois anos.

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

20 respostas

  1. Perfeito, estamos vendo a história, ao vivo, a cores e em tempo real.
    Só acrescento que hoje tudo vai muito mais rápido e o desfecho pode ser muito mais rápido. Entretanto nada garante que venceremos, porque nossas instituições são muito diferentes das americanas à época.

    1. Acho que esses anos que estamos vivendo são os mais chocantes da história do Brasil, desde 1500.

  2. Não da para comparar a opinião pública e a imprensa de lá com a de cá. Americano não é bananeiro

    1. São muito alienados também pela mídia. Mas as instituições funcionavam de alguma maneira, as nossas estão destroçadas.

  3. Vou dar um pitaco.
    Talvez quem tenha vazado as informações para Glenn tenha sido a ONU.
    Ela investiga o lawfare contra Lula há anos. Teria meios e motivos para chegar a esse material.
    Entretanto, precisaria de alguém para divulgar as informações.
    Quem melhor que Glenn Greenwald para fazer isso?
    Tem indiscutível capacidade e, por ser um jornalista investigativo estrangeiro de renomada idoneidade, tem credibilidade mundial para ficar imune à máquina de destruição de reputação comandada pela grande mídia brasileira e pela lavajato.

      1. Sim, mas talvez os documentos tenham vazado secretamente e não oficialmente.
        Deve ter muita gente inteligente lá, que não compactua com a subordinação do órgão aos interesses dos EUA.

        1. Pode ser, sim. Mas eu ainda acredito na hipótese mais simples que foi alguém próximo: parente, familiar ou “conje”.

  4. Esse prazo num dito país civilizado , culturalmente e economicamente e desenvolvido , as instituições funcionavam mesmo , enfim uma democracia .
    Não é o nosso caso , seguindo o andar da caruagem , os cortes para da composição e montagem da pizza está em andamento .A manifestação da PGR , a intenção de D. Carmem de adiar o julgamento de Lula na 2ª turma , a viagem de Moro aos EUA para pedir orientação e ajuda dão os sinais .

  5. Greenwald deverá chegar com algum material concreto (não apenas transcrito) e seguramente periciado, ou então sairá de lá com algemas nos pulsos, sob acusação de ferir a Lei de Segurança Nacional. Se o fizer, ao contrário, será o começo do fim da Lava Jato curitibana. Ou o deflagrar de uma medida de exceção. A ver, ansiosamente…

  6. Moro vai aos EUA para tentar obter ajuda contra os ataques do Intercept. Não vai ser nem recebido lá onde antes entrava sem pedir licença. Ele vai esbravejar que “o mundo” está correndo o risco de que o Lula seja solto”. E vai se espantar com a resposta dos americanos: “E dai?” “Se for o caso, que seja solto!”. Os guerreiros tipo Bolton tendem a mergulhar e sumir de cena. Os EUA já cortaram a fita da corrida eleitoral, e até com o Irã eles vão mudar para o modo “paciência e sensatez”. Não vão ter tempo para gastar com os problemas do Moro e sua turma. E depois, já conseguiram tudo o que poderiam conseguir do Brasil, e desejar mais seria passar uma linha vermelha que não convém atravessar. A inteligência artificial vai dizer que o Lula solto será bem melhor para os Estados Unidos, país que deixará, pelo menos no curto prazo, de ser acusado de modo generalizado por todas as mazelas do golpe de 2013/2016. Nem será mais culpabilizado por dar suposto apoio ao maior bando de malucos que já se instalou em qualquer governo da Terra. Lula solto não constituirá nenhum tipo de perigo para os reais interesses americanos. O Brasil de Lula, tal como a Itália e a Alemanha, embora possa participar substancialmente, não vai se engajar politicamente de corpo e alma na tal nova rota da seda de chineses e russos. E as já tão brasileiras multinacionais americanas até poderão desistir de ir embora deste lugar que se tornou repentinamente sombrio. Moro, isolado nos Estados Unidos, só não vai se desesperar porque possui o tal “^ânimo frio” com que o diagnosticaram.

  7. As esquerdas foram republicanas com o Moro.
    As hienas bolsominions farão de tudo para se banquetearem com o Glenn.

  8. espero que ele se proteja juridicamente para não cair em cascas de banana e ataques frontais que receberá dos milicianos governistas.

  9. Pobrezinho…. será devorado cru pelas hienas congressistas famintas por, (justiça e verdades, direitos humanos e minorias)……ufa…..
    O Brasil sempre foi frágil perante conspirações estrangeiras e não será diferente agora.
    Nenhuma potência do mundo, deseja que o Brasil avance e se torne primeiro mundo…..
    Os EUA desejaram a ALCA aqui sem sucesso e então prepararam um tal de MORO para prender quem barrou esses planos….Lula……
    Juntamente com um capitãozinho desequilibrado para desequilibrar o país inteiro e conseguirem tal feito….
    Quem não sabe o que é ALCA, pare de dar palpites e vá ver novelinha na Globo…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *