Guedes à prova

A partir das 14 horas, na Comissão de Constituição e Justiça, a decantada “habilidade política” do sr. Paulo Guedes, ministro da Economia, vai ter sua prova de fogo.

Os leves embates de sua audiência, semana passada, no Senado – onde o tema nem era a Previdência – não são parâmetros para o que vai acontecer hoje.

Não descarte que falte pavio a quem, como dono do dinheiro, está acostumado a mandar.

É natural que a oposição comece batendo nos pontos onde Guedes não pode se defender, a aposentadoria rural, o BPC e a capitalização, nos quais manter-se firme é comprar briga com o “Centrão” que já os vetou.

A “solução” negociada ontem por Rodrigo Maia – deixar para fazer mudanças só na comissão especial – pode ser muito boa na teoria, mas será difícil de engolir para muitos deles, quanto mais deixar de estar entre os críticos.

Muito menos interessa aos líderes dos partidos do Centrão um clima muito tranquilo e harmônico, na véspera de seu encontro com Bolsonaro: se há paz sem concessões, para que concessões?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

4 respostas

  1. o congresso também estará sendo posto à prova, embora a gente já saiba como funciona grande parte dos deputados/as. Vai ser um festival de criar dificuldades pra vender facilidades nunca visto.

  2. Nossa chamada grande imprensa, não pode existir coisa pior no mundo! Ninguém fala mais no Queiroz, o senador Bozo fica como sempre esteve e não se especula mais sobre quem ou quais foram os mandantes da morte de Marielle. E assim vamos vivendo, com Lula preso, sua família estigmatizada e as milícias onde sempre estiveram, sem serem incomodadas. Triste Brasil, onde seus militares, muitos do judiciário e essa imprensa nojenta, se juntam para proporcionar isso que estamos vivendo.

  3. É provável que tenha sido apenas erro de digitação ao escrever “minstro da Economia”, mas não corrija Brito. Ao ler não pude deixar de associar a “monstro da Economia”. É isso o Paulo Guedes, um Monstro da Economia, não pela sua excepcional qualificação, mas pelas monstruosidades que propõe.

  4. Vamos ver como esse congresso mercenário vai reagir. Já da para imaginar o que eles vão aprontar para o povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.