Ipespe mostra 2° turno já nas em eleições em 1° turno

A eleição para presidente cada vez mais acentua um enfrentamento quase que restrito a um Lula x Bolsonaro.

Na pesquisa Ipespe, ambos somam 74% dos eleitores: Lula 44% e Bolsonaro, 30%. Os demais votos válidos (Ciro e outros) agregavam 15%, quase cinco vezes menos.

O número de indecisos (3%) é irrisório e o de brancos e nulos (9%), mesmo um pouco acima do que deverá ser registrado, não deixam espaço para que nada cresça.

A soma de todos os seus adversários, 45%, é apenas um ponto a menos que as intenções de voto de Lula e, portanto, a 1% de uma vitória em primeiro turno.

A evolução de Jair Bolsonaro, de quatro pontos acima da pesquisa anterior, não poderia ter deixado de ocorrer com a retirada do nome de Sérgio Moro, mas ainda assim não oscila, se você acompanhar a linha das pesquisas anteriores do Ipespe, de forma que se possa depreender uma “arrancada” do atual presidente.

Há uma direita, que se julga uma elite civilizada, que não hesita em apoiar um fascista se for para evitar Lula.

A sua rejeição segue alta (61% não votariam “de jeito nenhum) e a de Lula se mantém nos mesmos níveis desde o início do ano, marcando 43%.

Ainda assim, fica claro que Bolsonaro não vai se dissolver e o terço de votos que a direita sempre tem estará, todo ou quase todo, com ele.

Discursos melosos e desejos da ex-“terceira via” não comoverão o povão, que sabe entre quem e o que está em disputa.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.