Itaú baixa de 2% para 1,3% previsão do PIB. Grave a crise

Previsões econômicas costumam ser alteradas, não é novidade.

Mas é impressionante o grau de redução das expectativas para a economia divulgado agora há pouco pelo Banco Itaú, casa bancária de onde veio o até pouco tempo atrás presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn.

É quase cortar à metade o que se previa no início do ano.

E, diria o outro, “por enquanto”, porque o banco diz que “os índices de confiança apresentaram recuo generalizado em março e indicam risco de arrefecimento adicional da atividade à frente.”

Ninguém descarte que logo estejamos perto do 0% de crescimento.

Sabe como é, o próprio presidente diz que não entende nada de economia.

O problema é que as nossas autoridades econômicas, ao que parece, também não, pois preferem apostar em fatores econômicos tipo “brilho nos olhos”, “instinto animal”e outras bobagens do tipo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

27 respostas

  1. O “posto Ipiranga” não passa de um posto de bandeira branca, todo encardido de graxa e que vende combustível grosseiramente falsificado.

    Mas talvez fosse isso que os empresários quisessem.

    1. Bicho,não entendo o que passa na cabeça dessa turma.Veja junho de 2013…pra que aquilo,porque aquilo?É muito ódio e o ódio alem de bestializar emburrece.O PT deveria ter taxado a gente rica,feito auditoria da dívida pública e fez o contrário;desonerou demais,esqueceu a dívida pública e o pior:afastou-se da periferia despolitizando,desmobilizando. Vi isso em 2002 já.Por isso após a eleição de LULA optei por me desfiliar sem rancor pra não levar desavenças internas devido minha boca grande e suja e fui ser um militante na periferia entre os boias frias trabalhando triplicado pelo que acredito e defendo.

      1. Sobre o ódio, é como diria o Spock do “Jornada nas Estrelas”:

        – Ilógico, pensaram com as glândulas.

      2. Continuaremos por um bom tempo pagando pelos erros cometidos pelos pts.Esse mesmo erro repetiu-se com os fardados , a mídia e os togados.
        A vida ensina ,mas,será que teremos outra chance?

        1. Outra chance teremos, pois os ciclos se repetem com o passar do tempo.O Brasil é um país fertil em gerar mártires, por exemplo, já tivemos Antônio Conselheiro, Zumbi, Tiradentes, Vargas, JK e agora Lula.Em outras nações, como a França, não foram necessários tantos para que o povo se levantasse, aqui, não sei quantos mais.

      3. Se fizemos o que fizemos, “impicharam” a Dilma, ameaçaram prender Gushiken, prenderam Genoíno, (Genoíno!), Dirceu, João Paulo e até os “amigos” Palocci e Delcídio e decretaram a perpétua de Lula, o que fariam se por exemplo copiássemos a fiscalidade nórdica com alíquotas que chegam a 50,70, 80% da renda? Paredão, gulag, genocídio?
        O Brasil é um país em que a palavra reforma social tem o valor de uma revolução social. Sem as ruas, sem os 70% do nosso lado (os que querem justiça social e democracia) não faremos nada. A revolução fica da porta de casa para a rua. E por hora nosso quinquilhoes de trilhões de bytes não tem movido essa gente.

          1. …e se esfumou…. Popularidade muitas vezes é um fenômeno inorgânico, desorganizado, reactivo e atomizado. Ditaduras totalitárias de direita e de esquerda, seus líderes, também eram figuras que detinham altos índices de apoio das massas….e também esse apoio se esfumou tão logo cairam suas ditaduras e seus lideres.

            O que temos que ter é um alinhamento político, ideológico e de interesses sociais orgânicos, organizados em torno de partidos, sindicatos e movimentos sociais, únicos instrumentos existentes, válidos e provados até o dia de hoje (se inventarem outras instituições quaisquer mais eficaz e mais bem organizada que represente os interesses das maiorias sociais e a que são os interesses dos trabalhadores serei o primeiro a defendê-lo, antes disso não)

    2. Guedes e Bolsonaro põem água no tanque de gasolina do carro dos bombeiros e gasolina no hidrante.

  2. tem aquele famoso ditado que diz que se as pessoas soubessem como são feitas as salsichas não as compravam. O mesmo vale para as projeções do mercado. São feitas na abertura do pregão e não ficam de pé até o almoço. São piores que aquele jornalista da Reuters que dizia que se o sr. editor quiser eu modifico e alivio..

    1. rssrsrsrs….verdade…me lembro que em 2008 antes da quebradeira de vários bancos americanos, as tais agencias de risco viviam dando nota A para tudo quanto era investimento duvidoso….Algumas foram até processadas depois disso…Resumindo: o mercado financeiro é cheio de “mães Dinah”, videntes, cartomantes etc…etc…(com o devido respeito a esses profissionais….).

  3. É. Aí, do brilho nos olhos eles passam para o “realce” e tudo vai bem. Mas, quem vai ao mercado comprar tomates, por exemplo, sem cheirar nada, percebe que a coisa está ficando complicada.

  4. A estratégia do governo para o estímulo ao crescimento econômico, é baseada em 3 “importantes” fatores, como diria o publicitário de botequim, Nizan Guanaes:

    “Previdência, Previdência, Previdência”.

  5. E como erram sempre pra cima quando o governo é conservador, espera-se do Papai Noel um saco murcho se tivermos sorte ou vazio como pode-se esperar.

    1. Acho que Papai Noel, esse ano vai ficar lá pela Europa mesmo….Sem chance dele dar uma volta aqui no sul.

  6. Itaú manda o primeiro tiro de advertência: Ou faz aprovar a nossa sonhada capitalização (mais de 300 bi para os bancos anualmente) ou vamos abatê-lo. Míriam PiGão sendo atiçada, já já vão soltar a coleira dela para pular na jugular do Bozo…

  7. O Paulo Guedes disse ser mais inteligente que os outros, kkkkkkkk, prepotente ele é, mas confundiu interesse pessoal com interesse nacional. Esperto para ele mesmo ele é. O povo é que se lixe.

  8. Hoje ao abastecer o carro , me enterar do preço da gasolina e berrar contra a mãe(coitada) do miliciasno ,o frentista me diz ” eu votei nele ,mas, me enganou” .
    Fui obrigado a dar os parabéns pela sinceridade, finalmente foi o primeiro eleitor do asno que ví assumir seu erro.
    O desastre continúa seu roteiro.Nada que não fosse previsto ,nada a esperar de incompetentes imorais,que não tem nem sequer talento para maquiar suas intenções de nos tornar uma colônia.
    Lembro de falar lá pelo 2015 que o propósito do GOLPE era nos submeter a um processo de “africanização”.
    É o que seremos ,uma bela e conservadora colônia produtora de matéria prima ,para o deleite dos senhores do Norte.
    Que isso não aconteça ,depende de nós.

  9. O deus-mercado aposta no rentismo. Para que fabricar geladeiras se rentismo é mais lucrativo e não exige a criação de empregos, não é mesmo?
    Só que, ao tirar dinheiro do bolso do povo, o país caminha para a recessão. Com os preços dos combustíveis subindo aceleradamente, teremos recessão com inflação galopante, ou seja, estagflação. Isso vai acabar mal para o capitão, para o deus-mercado e para a direita. Haverá explosão popular furiosa.

  10. Pessoal, anote aí. O PIB vai encolher este ano.
    Há, os fatos mostram, otimismo exagerado com o desempenho da economia em governos “de mercado” ao passo que há pessimismo com todas as medidas e seus resultado quando vem de governos progressistas. Isso vem desde sempre. Então se o Itaú, uma dos price makers do mercado financeiro local prevê um resultado pífio no início do segundo trimestre do ano podemos pôr todas as fichas no “abaixo de zero” acumulado em dezembro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *