Kennedy Alencar: a vergonha da Justiça. Ou a falta dela

Demolidor o comentário de Kennedy Alencar, hoje, em seu blog.

Ops, desculpe… Demolidor não é uma boa definição, porque nada cai no Brasil por vergonhoso e imoral.

Senão o Judiciário já teria desmoronado.

Doutores, é vergonha ou crime de responsabilidade?

O ministro Luiz Fux acabou ontem com o auxílio-moradia numa decisão simultânea à sanção do presidente Michel Temer ao aumento dos salários dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

Vergonha é a palavra educada para descrever uma confissão explícita de fisiologia política.

Depois de manter durante por cerca de quatro anos uma liminar que permitia a farra do auxílio-moradia para todos os integrantes da magistratura e do Ministério Pública, Fux entendeu que o benefício não fazia mais sentido após o reajuste de 16,35% que será dado aos ministros do STF e que vai ter efeito cascata sobre as contas públicas.

Mais: o benefício só parará de ser pago quando o contracheque engordar com o aumento arrancado dos cofres públicos.

Fux e o presidente do STF, Dias Toffoli, fizeram acordo com Temer e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Um integrante do meio jurídico de Brasília avalia que um entendimento desse tipo é crime de responsabilidade.

É algo que vai além da tradicional troca de favores.

É mais do que é dando que se recebe praticado com frequência em Brasília.

No ano que vem, o salário dos ministros do STF subirá de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.

Magistrados e integrantes do MP se preparam para obter a mesma vantagem.

Em troca desse mimo num momento de grave crise fiscal, Fux determinou o fim do auxílio-moradia de R$ 4,3 mil.

O Brasil não é mesmo para amadores.

Lobbies corporativos profissionais abocanham fatias do orçamento público sem o menor pudor.

Defendem privilégios num momento econômico em que as contas públicas estão arrebentadas.

Os mais pobres, mais uma vez, pagarão a conta.

Esse exemplo clássico de patrimonialismo que aconteceu ontem em Brasília é uma forma de corrupção, doutores.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

27 respostas

  1. Procura-se navegadores marítimos com experiência em águas revoltas e em meio a tempestades. Objetivo: tentar descobrir um novo país para ser oferecido a toda aquela pessoas que consegue juntar 1 neurônio com o outro. Base de cálculo para se procurar a “nova terra”: o número de eleitores que não votou no 7 x 1 invertido. Qualquer informação ou currículo do navegador favor encaminhar à cx postal de São Pedro, alameda central, 3º prédio no céu. Atenciosamente, um povo em desespero.

  2. O Ministério Público poderia entrar com uma investigação do famoso Institut d’Études Politiques de Paris, conhecido por Sciences Po, por ter dado ao Lula o título de Doutor Honoris Causa, título que o FHC sempre ambicionou e nunca chegou nem perto de ganhar. Para o Ministério Público, com certeza, se o Lula ganhou um prêmio tão valioso é porque deverá ter dado algo em troca.

  3. Permita-me fazer um comentário sobre o ataque sórdido da Folha a Haddad. Chego à conclusão de que jornalistas como Jânio de Freitas e outros dignos, têm a obrigação de denunciar o jornal no qual escrevem ou então parar de escrever nele. Porque na prática são USADOS para conferir credibilidade ao trabalho porco que o jornal faz. Quem tem que fazer autocrítica não é Haddad, como sugere o editorial entre outras agressões, mas sim a Folha e demais grandes jornais, que são os verdadeiros PAIS de Bolsonaro e terão de prestar contas disto perante a história.

    1. E o PT também deveria eliminar qualquer relação com mídia que foi co-responsável pelo golpe que o expulsou do poder, não tem que dar entrevista pra globo, record, sbt, folha, estado de sp, isto é e outros lixos. Que se explodam. Não há mais nenhuma conciliação possível. será que não entendem isso?
      Carta Capital e as estrangeiras: BBC. El País, DW e The Intercept estão aí para isso.
      Essa sim seria uma verdadeira autocrítica, para nós os filiados.

    2. Antonio, sonhar ainda é possível e não pagamos imposto por sonharmos. Logo a FSP vai novamente botar seus veículos a serviço da repressão. Haddad fazer autocrítica? Estes FDP continuam os mesmos, a direitalha NUNCA fez e nem faz qualquer autocrítica. Ora, VTMNC!!

  4. Sr.Fernando.Em regimes “SIMIESCOS”,como estamos prestes a adentrar,o símbolo e as ações dessa TROUPE,está dentro do roteiro.A única solução,é dar-lhes BANANAS.

  5. E nem veio a tona o que envolveu a troca de favores …
    Com certeza o vampirão sairá livre de todos os processos em que estará enrolado com a saída da presidência…
    E quem pagará pelos 20bilhões pago indevidamente nesses 4 anos ? De uma forma inconstitucional, só com a caneta de um ministreco que deveria respeitar a constituição ?
    É a quadrilha do supremo e tudo dominando o país…

  6. Enquanto isso, pelas ruas de Copacabana com as babas escorrendo, a grande multidão de marionetes abandonadas vaga, sem rumo, murmurando em voz baixa: petralhas, petralhas…

  7. Seria possível fazer algum tipo de REVALIDA para todos os integrantes do judissiario brasileiro ? E se fizesse, quantos escapariam ?

  8. O Ministério Público poderia muito bem entrar com uma investigação do famoso Institut d’Études Politiques de Paris, conhecido por Sciences Po, por ter dado ao Lula o título de Doutor Honoris Causa, título que só foi dado a 16 personalidades em 140 anos de existência. Para o Ministério Público, com certeza, se o Lula ganhou um prêmio tão valioso é porque deverá ter dado algo em troca.

    1. Esse instituto deve ser comunista socialista marxista stalinista, seja lá o que isso signifique para os coxinhas.

  9. “Tira a Dilma que tudo melhora” – golpistas e midiotas manipulados.
    “Ain, mais eles istudarão mto pra xegar ondi istaum” – meritocratas explicando aumento dos juízes.

    1. Os empresários terão um lucro de 16% com a retirada dos direitos trabalhistas, é o que diz a mídia. Não foi por venderem mais, porque isso não aconteceu, mas foi mesmo porque não pagaram o que deveriam aos trabalhadores. Como gastarão este dinheiro extra que ganharam? Certamente não será em novos investimentos nacionais. Com isso, o poder de compra dos trabalhadores vai cair, os sábios empresários já não terão lucro algum no próximo ano, e a economia entrará mais fundo ainda no buraco. Marreta foi feita para cabeça de otários.

      1. E desde quando fariam investimentos nacionais? Vão aplicar tudinho na Bolsa, que tenderá a subir no início do ano que vem, à medida em que os mentecaptos forem aplicando seus planos de desmonte dos Estados, o Social e o de Direito. E vão faturar horrores, pra gastar na Galerie Lafayette, no Macy’s ou na Harrods. Ou você achava que ia ser no Iguatemi?

        1. Não investiriam no país, mas com um mínimo de direitos o trabalhador investiria, consumiria e a economia se manteria capenga, mas andando. Agora, nem o consumo operário.

  10. O Brasil tem os juristas, ministros, políticos e presidente que merece ter. Eles representam (e muito fielmente) o nosso povo despudorado. Afinal uns foram eleitos, e outros indicados pelos eleitos, sendo assim tudo reflexo da ação popular. Não da pra ficar reclamando a vida toda. Vamos aceitar nosso destino. O Brasil foi dominado pelos imbecis. Não pq estão em maior quantidade, mas porque não houve real e organizada oposição. Ai ficam com essas noticias esperando que um raio de luz divino ilumine a mente dessas pessoas, tornando-as SENSATAS.. Espera sentado ai amigo. Nunca seremos. Estamos indo como uma bala, um raio, na direção de nosso passado. É triste saber disso. É triste saber que esse é o pais que apresentarei a minha filha. Quanta vergonha.

    1. Infelizmente os imbecis são muitos sim, somados inclusive os 31 milhões que não votaram, ou seja, se omitiram e ajudaram a afundar a democracia.

  11. É essa coisa aí que vai salvar o Brasil? Pai, tende piedade de nós, mas só piedade não basta. Né não?

  12. A liminar foi revogada? Então que se devolva ao erário o que foi ilegalmente surrupiado por 4 anos por milhares de pessoas que deveriam estabelecer o cumprimento das leis.
    E Lula preso por um processo fajuto, que nem o relator do STJ tem coragem de julgar. Indefere-o por mesquinhas cascatas jurídicas.

  13. Somos um povo passivo e otário mesmo. Essas vergonhas acontecem todo dia e as manifestações não acontecem, a mídia é fraca na avaliação crítica e ainda há pessoas que aplaudem. Acorda Brasil.

  14. Existe uma Ditadura no Brasil que se chama JUDICIÁRIO. Um bando de funcionários públicos corruptos e sem votos. Que chantageiam os corruptos do Legislativo, e Executivo, com ameaças de prisão em caso de não cederem ao achaque. Que custam R$86 BILHÕES por ano, e com mais essa extorsão de 16% vão custar R$100 BILHÕES POR ANO. Ganham no Brasil mais que o TRIPLO do que ganha um juiz Alemão. Custam 1,5% do PIB, não é a toa que o Brasil não tem dinheiro para investir vai parar tudo nos bolsos dos judiciantes.

  15. “Um integrante do meio jurídico de Brasília avalia que um entendimento desse tipo é crime de responsabilidade”. Não, não é. É formação de quadrilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *