Lula não vai ser solto, porque a Justiça está presa

Infelizmente, por ser um julgamento político muito antes que técnico, há pouco que esperar do recurso de Lula a ser julgado hoje pelo Superior Tribunal de Justiça.

Ainda que algum dos juízes possa ter consciência dos inúmeros atropelos contidos no processo do tríplex do Guarujá – sobre o qual se criou a inédita figura do “atribuído a Lula”, pois este jamais foi seu dono ou fruidor – e em supostos atos de corrupção em contratos que não se sabe especificar quais, é improvável que algum deles se erga a dizer o óbvio.

O Judiciário brasileiro está de tal forma submetido ante a onda de extrema-direita e seu belicismo encarcerador – e reconheça-se que com o prazer ideológico de muitos dos seus integrantes – que seria tolice esperar qualquer decisão diferente daquela que está proferida antes mesmo que o processo começasse: Lula é culpado, arranje-se do quê.

Nem mesmo a reversão do seu regime prisional para o domiciliar – afinal, não há razões de periculosidade para mantê-lo numa solitária – deve acontecer, ainda que fosse para apascentar a culpa dos seus julgadores.

A rigor, a prisão que será mantida hoje, mais que a de Lula, é a da Justiça, que não é mais livre para decidir com base nos autos e na consciência.

Prisão por ela mesma decretada quando no julgamento do Habeas Corpus do ex-presidente houve o voto confesso da senhora Rosa Weber, dizendo que sua consciência dizia sim, mas “colegialidade” – versão encolhida da “opinião pública” – a obrigava a dizer não.

Aquele foi o ponto de virada, o momento em que se puseram algemas nos tribunais superiores. Depois disso – e Toffoli e Alexandre de Moraes estão provando agora deste amargo – só podem fazer o que seus carcereiros deixam.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

16 respostas

  1. É sempre bom lembrar aquela famosa frase mais do que batida: é o dinheiro, estúpido. O judiciário, todo ele, foi cooptado pelos interesses econômicos e os partidos de apoio com altos salários e privilégios inacreditáveis para associar-se ao golpe e dar um verniz de legalidade aos crimes da direita que, de outra forma, democraticamente pelo voto, não conseguiria chegar ao poder. A “prisão” do judiciário é uma licença de linguagem edulcorada. Eles, juízes, promotores e outros, aderem gostosamente no pleno e consciente gozo de seus status e privilégios ao golpe e batem palmas prá maluco dançar.

  2. Aqui no sertão nordestino, dizemos que até os mais nojentos animais podem aplacar a fome dos miseráveis. Quando não se tem justiça……vamos buscar a solução dos problemas de outras formas. Dessa forma, caminhamos a passos largos para transformarmos o nosso lindo país numa “loucura total desenfreada”. Uma elite podre e sustentada por pilares da hipocrisia e falta de moral e ética ainda acredita que dá para somente ela sobreviver num hecatombe de país. Onde eles pensam que vão se enfiar milhões e milhões de miseráveis e que não os alcançarão para uma vingança de proporções bíblicas? Lembremos a “praga de gafanhotos” no antigo Egito. Não sobrou nada sobre nada…….

  3. O STJ é mais a direita que o STF , além das diversas ” mágoas ” dos seus componentes com a administração Petista , e somando se a tudo isso uma covardia secular deste tribunal . É o DNA dele .

  4. Isso,com relação aos JUDICIÁRIOS greco-romanos, que tenta POLITIZAR SUAS ATRIBUIÇÕES,esbarra no motivo de terem sido criados.Somente,pra defender a PRIPRIEDADE PRIVADA,dos alvos de seus sonhos,de todos eles,os RICOS DOS BENS TERRENOS,excluindo-se daí,os pobres do povo.E confortam os néscios,advertindo que irão pra o inferno,enquanto os outros,para o REINO DOS CÉUS.

  5. Discordo do “ponto de virada” assinalado ,convenhamos o GOLPE só aconteceu porque eles JÁ ESTAVAM CONTROLADOS.
    Os fardados hoje “sentados” ao lado do tofoli ,são só a desfaçatez escancarada daqueles que se sentem poderosos.
    O stf foi fundamental a concretização da morte da Democracia ,começaram permitindo ao CRIMINOSO sergio moro e a QUADRILHA CURITIBANA todos os desmandos necessários a aniquilação da JUSTIÇA.
    A mídia (e hoje temos mais uma prova disso) só atua pelo dinheiro ,ainda que tenha sido ferramenta essencial a manipulação das massas IMBECIS DESTE PAÍS ,se pagar leva ,se não pagar se dá mal (o asno está experimentando isso).
    Em fim ,Lula continuará preso ,porque é fundamental que assim seja ,enquanto os “esclarecidos” como nós ,nada fazemos ,a não ser descarregar a nossa raiva nestes comentários.

  6. O gosto amargo da injustiça sendo distribuído aos lúcidos, um pouco a cada dia em que Lula continua preso.

  7. Exato, prezado Fernando Brito! Chega de acreditar em uma justiça que está no bolso dos poderosos.
    Lula só será libertado pela força do povo numa Greve Geral por tempo indeterminado. O resto é ilusão.

    1. Neste Brasil podre e de um povo idiotizado e doutrinado pela mídia, isto é um sonho de verão. Infelizmente.

  8. Infelizmente Lula continuará preso .Acho que a única forma de acontecer alguma coisa séria o julgamento da ONU expor ainda mais toda a farça judicial montada para perseguir um adversário ,mas até isso conseguiram atrasar. Começo a achar que Lula morrerá na cadeia. Isso me dói. Lula sempre esteve do nosso lado e agora que ele mais precisa de nós ,não fazemos nada .Ficamos apenas assistindo seus
    dias finais. Isso tá errado.

  9. Por falar em “tripec” aonde está a investigação independente acerca do destino dado ao imóvel, quem o arrematou com que dinheiro, o que foi feito da rica mobília Casas Bahia, quem está pagando o condomínio, IPTU, a cópia do registro de imóveis, situação de ocupação, etc.

  10. Seria esperar demais que algum juiz brasileiro tentasse levantar a bandeira da liberdade, igualdade e fraternidade e entrar para a história como aquele que reconheceu a dignidade da justiça.

    Justiça, companheiros, faz aquele que for dono da arma de mais grosso calibre.

  11. O estado de exceção não começou ontem. Lembrem de Genoíno, quase assassinado por seu algoz. Lembrem de José Dirceu. Ambos condenados sem provas. Ataques sem tréguas à reputação do partido e de todos os seus dirigentes. Essa guerra já dura muitos anos e muitos de nós nem a percebem como tal.
    Mortos, prisioneiros e um país arrasado são os resultados que demonstram a violência dos ataques, tão bem escondida e naturalizada pelo Cartel da Mídia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *