Lula pede esforço extra por Haddad na semana final

Um verso da velha música “Antonico” do sambista Ismael Silva – “Façam por ele como se fosse por mim” – o mote da carta assinada por Lula pedindo um esforço final à militância do PT para que saia “de casa todos os dias para fazer campanha e pedir votos para ele. ”

Lula quer este trecho da carta no programa de rádio e de televisão, porque sabe que, nas áreas populares e nos rincões mais remotos, onde tem eleitores fiéis, são estes veículos e o boca-a-boca que funcionam para informar que Haddad é seu candidato, informação que, projetando-se os últimos resultados do Datafolha, ainda não é do conhecimento de algo em torno de 20% dos cidadãos.

É sobre eles que Lula conta que a capacidade de mobilização dos militantes petistas possa agir:

(…)a vitória vai depender muito da garra e do empenho de cada militante. Essa é a diferença que sempre nos fez crescer nos momentos decisivos. Só PT tem essa militância que é a alma do nosso partido.

Vocês verão como os dois dias finais de propaganda na TV vão bater e rebater nesta tecla.

O que Lula pretende é um mutirão: não  basta saber que seu candidato é Haddad, é preciso informar isso a quem tem mais dificuldade.

Lula,claro, tinha deixado a carta pronta. Sabia que as mobilizações do final de semana “injetariam gás” na militância. E agora dá a ela a direção em que deve dirigir a chama.

Corrida que chega empatada à reta final é vencida por quem tem o melhor “sprint” final.

Leia o texto da carta:

Companheiras e companheiros do PT, 

Estamos chegando à reta final de uma das campanhas eleitorais mais importantes da nossa história. Estamos lutando pelos direitos do povo, pela soberania do país e até mesmo pelo restabelecimento da democracia.

Estamos lutando pela nossa dignidade e pela liberdade do povo. 

Fui proibido arbitrariamente de disputar essa eleição, como era desejo da maioria. Mas se a injustiça fechou a porta da minha candidatura, o povo está abrindo outra, que é a candidatura do companheiro Fernando Haddad. 

Ele me representa nesta eleição e, tenho certeza, vai cuidar da nossa gente com carinho, como eu sempre cuidei.

Por isso peço a vocês que lutem muito pela eleição do Haddad. Saiam de casa todos os dias para fazer campanha e pedir votos para ele. Façam por ele como se fosse por mim.

Mais uma vez, a vitória vai depender muito da garra e do empenho de cada militante. Essa é a diferença que sempre nos fez crescer nos momentos decisivos. Só PT tem essa militância que é a alma do nosso partido.

Vamos juntos, companheiras e companheiros, para vencer mais uma vez.

Um abraço com muito carinho do

Lula

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

13 respostas

  1. faça por Haddad como se fosse por todos nós
    é nosso futuro, e nosso brasil que está em jogo agora

  2. O favoritismo de Haddad e Manuela deve-se à genialidade e à liderança política do nosso grande Presidente Lula!

    1. Acho que nao deva falar ainda, pois o plano é tomar tudo de volta para o país e o seu povo. Entao, na Guerra pela patria homogenea e soberana, vale tudo. Até a omissão.

  3. Mas o Renan está ou não está apoiando Haddad?
    E o Haddad vai ou não chamar o Meirelles se vencer?
    São perguntas pragmáticas.

    1. – A Marina deu legenda para a campanha de um protobolsonarista ao Senado aqui no Rio Grande do Norte.
      – O PSOL filiou e esteve para lançar um ex-assessor do Senador José Agripino/DEM para deputado estadual (não era um “técnico” apolítico, era presidente até o ano passado de um partido satélite do DEM aqui no estado, o Avante).
      – Ciro Gomes veio ao Rio Grande do Norte e pediu voto pra campanha de José Agripino/DEM a Deputado Federal.

      Nos governos do PT as alianças servem ao propósito de aprovar orçamento e leis para beneficiar a população.

      Basta lembrar que, à época, o PSOL foi contra Bolsa Família, PROUNI e REUNI. Sem os votos de Renan essas políticas públicas não existiriam.

  4. Carta e pedido do gde líder Lula. Vamos à luta e vamos deixar os fofoqueiros e essa gente pequena com suas idéias miúdas. O debate na Record foi montado só para atacar o PT e o Haddad. Ciro, pífio. Botox, coringa para inventar fake news e veto da Record impedindo q Haddad se defendesse. De virar o estômago essa fase de CIRCO montado com os ratos abjetos de sempre de direita e outros nanicos. Blábláblárina, dispensa comentários. Oxi! É #LULA Haddad Manu 13???? com a força e a inteligência do POVO?????????
    Ah, Daciolo, cabo eleitoral de Deus presidente e Jesus vice…..CIRCO garantido. Vixi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.