Maia janta com Temer e Aécio no escurinho de Brasília

paradadura

Fora da agenda presidencial, como o encontro com Joesley Batista, um jantar reservado reuniu ontem à noite os senhores Michel Temer, Aécio Neves e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Fica-se sabendo pela reportagem de Marcelo Ribeiro, do Valor, que “os três discutiram o cenário eleitoral e avaliaram as possibilidades de suas legendas, DEM, MDB e PSDB, se unirem em torno de uma candidatura única à Presidência da República”.

“Aécio teria destacado a importância de os partidos do chamado centro político estarem unidos em torno de um postulante ao comando do Palácio do Planalto para garantir uma vaga no segundo turno”.

Como Geraldo Alckmin, mesmo na UTI, é o único que ainda não tem o atestado de óbito eleitoral passado em cartório, o repórter supõe que os três poderiam raspar ou poucos grãos de seus pratos para dar de comer ao tucano.

É tão pouco que menor serventia ainda terá.

Ocorre que Alckmin não vai bem ao fígado de nenhum dos três e não parece ser palatável, ainda mais com suas parcas chances.

Meirelles, nem há que dizer, nem para tira-gosto serve.

Ciro, então, é intragável mesmo ao estômago de avestruz de Michel Temer, “um bandido”, nas palavras do candidato neopedetista.

O encontro tem todos os ares de conspiração.

Como se dizia no tempo dos nossos avós, boa coisa não foi.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

35 respostas

  1. No regabofe noturno no escondidinho do Jaburu , quem sabe entrando pela garagem que Joesley frequentava “num horário que não tem imprensa”. o cardápio golpista com toda certeza faria mal ao estômago do(a)s brasileiro(a)s. As opções são poucas e amargas: Meirelles, um banqueiro internacional à dorê, mas insosso. Alckmin, um picolé de chuchu que só S. Paulo provou e hoje rejeita. Aécio Neves, a tempos um tutu à mineira em decomposição. Quanto a Temer e Rodrigo “Botafogo”, nem à cozinha eleitoral são permitidos frequentar. Só falta os Ministros do STF cozinharem conforme a receita constitucional e deixarem o Povo levar à mesa e ao voto o prato que quiser degustar, como Lula à brasileira, saboreada com memória e felicidade. #OBrasilFelizDeNovo

  2. Tá… que eu acredito que eles conversaram sobre essas amenidades!!!!!! Bandidos que são, acredito mais que estavam viabilizando mais atrocidades para a população brasileira, “Com o Supremo, e com tudo”!!!!!!

    1. A Carminha Procrastinadora não foi? Que estranho! A Dona Raquel poderia ter ido também. Brazil – zil – zil – zil – zil…

  3. Está chegando a hora do PT e Lula definirem sua posição caso a “justissa” não faça Justiça. A sugestão de Celso Amorim é muito boa e adequada e lula impulsionaria sua campanha sem problemas. Se a Justiça for feita então Lula mesmo será o candidato. Todos os caminhos levam a Lula. Quem pariu Mateus que o embale; criaram os monstros do golpe e da lava jato e ele se volta contra os criadores. A mídia podre terá muito trabalho para fabricar novas fake news e em paralelo tentar sair de fininho da enrascada; a líder deles já está cuidando disso.

  4. O tipo de encontro em que, se se ouvir um “Pega ladrão!”, “não sobra um, meu irmão”…

  5. O Dem, o PSDB e o MDB de Michel Temer são “partidos de centro”? Centro de que? Do fascismo?

      1. Kkkkkkk kkk
        Esses caras são, além de cínicos, covardes.
        Pensam que ainda enganam alguém (só os manifestoches, é claro). E deveriam, pelo menos, ter coragem de assumir a imoralidade politico-ideológica que são e os péssimos caracteres que possuem.

    1. Na história houve ditaduras de direita e esquerda, mas o Brasil “inovou”: temos uma ditadura de centro, hoje.

  6. O que mais me revolta é ver esse bandido comprovado, com firma reconhecida em cartório do Aécio solto e engendrando suas maquinações nas caladas da noite, como sói acontecer com todos os mafiosos e deletérios.

  7. O encontro é conspiração sim e é a terceira fase do golpe: o judiciário permite que Lula concorra no primeiro turno e o tornam inelegível para o segundo turno. Assim, segundo a constituição e a lei das eleições, o terceiro lugar (provavelmente Alkimin) assume a disputa no segundo turno.
    Se Lula não anular a condenação tabajara no STJ, as cartas estão na mesa e o PT tem até 20 dias antes das eleições para mudar a cabeça de chapa.
    Ocorre que a condenação tabajara nem saiu de Porto Alegre e seguiu para o STJ. Faz parte do golpe impedir que o recurso siga seu curso.
    Fica todo mundo preocupado com a prisão do Lula mas não denunciam essa sacanagem dos desembagrinhos de Porto Alegre. O Flores à frente.
    Um povo que não foi mobilizado para libertar o Lula não o será para bancar a candidatura Lula no segundo turno e sua posse.
    A saída tem que ser a “lá Putin”: outro cabeça de chapa e Lula como ministro chefe da casa civil coordenando o governo. Em 2022, com os golpistas presos, Lula encabeça a chapa.
    Celso Amorim sempre foi leal ao Lula e não tem rabo preso. Pode ser o cabeça de chapa.
    Quer ver Lula dar um nó nos golpistas? sai candidato a vice-presidente. Se for impedido ainda poderá ser ministro do cabeça de chapa, que governará sem vice.
    Se mantido como vice organiza a situação jurídica e assume.

    1. se porventura soltarem lula, a tática seria sair da campanha as vésperas do 1º turno. colocar o plano b em prática.
      e as urnas já carregadas com a foto de um lula mais que paz e amor!

  8. Sabem porque Aécio depois de tudo que ele aprontou continua articulando – se politicamente?…. como se nada tivesse acontecido….como um psicopata….PORQUE O stf PERMITE….Isso sim é uma vergonha…

  9. Cabeça de bacalhau e eleitor do Rodrigo Maia são duas coisas que nunca vi. E pensar que esse mané é filho de um sujeito que se criou pelo PDT. Brizola deve estar se revirando no túmulo.

  10. cardápio: galinha ao molho pardo, com o sangue do povo. Ainda vão pagar caro por esta iguaria, kkkkkkkkkkkkk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *