Na Argentina, o chicote do dinheiro estala para amedrontar o povo

Eles são quase unânimes.

A dupla Alberto Fernández-Cristina Kirchner sequer foi eleita ainda, apenas ganhou com muita folga uma eleição prévia.

Mas todos – jornalistas, economistas, empresários e capitalistas – se comportam como se a vontade popular fosse um desastre, uma antessala da catástrofe econômica.

Os bolsonaristas, nas redes, vão além: dizem que os argentinos “escolheram o comunismo” e que logo virarão uma Venezuela.

O dólar foi de 45 para 60 pesos hoje de manhã. Mas nunca passou de 8, nos governos “desastrosos” dos Kirchner.

Os juros, para conter a moeda, foram a 74%.

Mas…Esperem aí…

Em agosto do ano passado, quando as pesquisas indicavam uma rejeição perto de 60%, Alberto Fernández nem era candidato e todos apostavam que Macri ou um candidato seu ainda eram favoritos para vencer, ainda que em segundo turno, qualquer candidato kirchnerista, não se passou o mesmo?

O dólar não passou de 30 para 45 pesos? A taxa de juros não foi elevada a impensáveis 60%? A inflação não e tornou galopante?

Então como é que o medo do regresso do trabalhismo argentino ao poder é o que está causando este desastre?

O que está acontecendo é o estalar do chicote do dinheiro tentando amedrontar o povo argentino por sua nítida tomada de posição, como aqui, em 2002, produziu-se o “efeito Lula” e falou-se em um êxodo de “800 mil empresários” do país, exatamente como Jair Bolsonaro diz que os argentinos fugiriam.

É a lição da História. A primeira, porque a segunda é que isso não funciona.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

30 respostas

  1. O CIENTISTA POLÍTICO PEDRO SERRANO DISSE QUE PARECE ESTAR A PF AGINDO POLITICAMENTE.
    EM QUE FACUL ESSE MOÇO SE FORMOU?

    1. Ele usou a palavra “parece” para não provocar a fúria do Moro. Afinal, ele comanda a PF. Serrano só foi educado e politicamente correto. Mas, no fundo, ele sabe que a PF foi aparelhada. OPA! Mas o bozo não acusa o PT de aparelhamento? Vai entender o especialista em cocô…

    2. Não é impressionante a sapiência desse povo? Como são perspicazes, atilados e sempre alertas para os fatos que nós, pobres mortais, deixamos passar sem perceber, né?
      Jênios, diria o PHA.

  2. Bostonaro pode ficar tranquilo.
    Se a “esquerdalha” voltar ao poder na Argentina, serão os brasileiros que fugirão para lá.
    Muitos, inclusive, de direita, que vão para lá porque é melhor para seus negócios, mas vão continuar criticando a esquerda e apoiando o fascismo no Brasil, assim como fazem os direitistas que vão para Portugal.

    1. Eu já estou pensando em alugar um apê em Buenos Aires e passar pelo menos seis meses por ano lá. Para arejar os pulmões e respirar ares menos poluídos do que os daqui, vivemos empesteados no país do presidente cocô.

    2. Os brasileiros da classe media, principalmente, estão fugindo para Portugal. O governo português é socialista.

  3. Tomara que todo o campo político à esquerda do centro tenha aprendido uma lição: uma vez retomado o poder, o primeiro que abrir a boca para falar em “republicanismo” deverá passar por um corredor polonês.

    1. Sem dizer que aquele que for contra o “aparelhamento do estado” por membros ideologicamente alinhados, deve apanhar em dobro.

      1. Vocês se esqueceram de colocar no paredón aquele que falar em governabilidade e se associar com partidos como o mdb. Sendo assim, não vai ser possível eleger o pt, senão ele vai ficar sem quadros para governar. A propósito, a democracia interna do pt simplesmente não existe: Lula “autoriza” o Zé da justiça a ser candidato a prefeito. Nada de convenções obrigatórias por lei.

  4. O maior problema que todos nós temos,em se tratando de DEMOCRATISMO,por julga-lo uma direção, é que toda a PEQQUENA(NANICA)BURGUESIA da história,sempre vai estar AGARRADA NOS TESTICULOS DOS RICOS,por puro ciúme que sentem,de todo o BURGUES QUE LHE CHEGUE NA FRENTE.Sonham em se tornarem,um deles,mas como não conseguem,seguem sentindo CIÚMES MAL CHEIROSOS.Como todo BABA OVO DE RICO QUE EXISTE.

  5. Passa da hora das pessoas – de todas as classes sociais – perceberem que o sobe/desce dessas cotações não significam absolutamente NADA além de especulação. Quem negocia direto com dólares ou ações são os especuladores, que ganham com o sobe/desce e não com os reais impactos das medidas tomadas pelos governos. Esse chicote só serve mesmo para amedrontar. Os endinheirados ganham mais dinheiro com governos neoliberais, mas não vão ter prejuízos se a esquerda ganhar. Vão se conformar, se adaptar, tentar ganhar o máximo possível e, nas próximas eleições, tentar recolocar no poder os partidos e políticos que governam para eles.

  6. O nome disso eh chantagem. Esse deliberado “espasmo” financeiro ligado a eleicoes virou, infelizmente, algo corriqueiro, ja devidamente incorporado ao arsenal do rentismo parasitario. Em breve: avisos apocalipticos das agencias de risco.

  7. O sujeito não consegue nem governar o Brasil e quer dar palpites sobre a Argentina.

    Bozo nem sabe o que acontece com a economia, pois manda dirigir as perguntas ao Guedes.

    O que bozo sabe fazer é falar merda e cocô e, sejamos justos, isso ele faz muito bem.

    Quando se mete a tomar decisões é sobre coisas miúdas como radar nas estradas e cadeirinha de criança nos carros.

  8. Isso acontece por uma questão muito simples.

    Quem entende um pouco de economia sabe que o funcionamento do “mercado” (a banca, a especulação) se dá por expectativas, ou melhor dizendo, apostas.

    Enquanto uns apostadores esperam que X seja igual a Y, outros querem que X seja igual a Z. Ambos esperam ganhar mais dinheiro segundo suas apostas.

    Mas se algo acontecer e fazer parecer que X tenderá a ser algo parecido com Y, os que esperavam que X fosse igual a Z boicotam a aposta para mostrar que X ´deve ser igual a Z.

    Deve-se notar que nunca todos os apostadores vão colocar suas fichas num só resultado, pois isso poderia trazer uma quebradeira geral, caso todos perdessem a aposta. Então, o usual são os apostadores diversificarem seus ativos, ou melhor, apostar em coisas diferentes.

    O que acontece é que nesse jogo de apostas tem gente grande, capaz de fazer o jogo mudar somente retirando suas fichas. Foi assim que Soros ajudou a quebrar os tigres asiáticos em 1997.

    A economia tem que dar um basta nessas apostas e colocar o capital para produzir, caso queiram salvar o capitalismo por mais algumas décadas.

  9. Boa noite Brito. Só lembrando que a frase do Mário Amato foi dita na eleição de 1989, mas o objetivo era o mesmo: demonizar Lula e antever o caos com ele na Presidência, o que aconteceu também em 2002, daí a necessidade da Carta ao Povo Brasileiro(que deveria se chamar Carta ao Mercado Financeiro). Grande abraço.

  10. O POVO ARGENTINO E ALTAMENTE POLITIZADO!O BOZO E BEOCIO MESMO………QUEM VAI PARA LA SERAO OS BRASILEIROS EM BUSCA DE MELHORES CONDIÇOES DE VIDA E LIBERDADE!!!! OS HERMANOS VIRAO AQUI EM FERIAS NAS PRAIAS DO SUL…….GASTANDO……!!!!

  11. Povo acovardado não merece nada, só o atraso. Espero que os brasileiros, quando tiverem perdido todos os direitos, já que antes nada farão, aprendam a lutar ao lado de quem defenda o povo e o nosso país.

  12. Republicanismo é a pior DESGRAÇA dessa esquerda pau de bosta que vivem pagando pau para jornalistas burgueses.

  13. O desespero bateu por lá na turma que quer todo o poder pra si, pra ferrar com o povo. Parabéns ao povo argentino! Aqui é questão de tempo para o povo acordar!

  14. As palavras de Bolsonaro em Rio Grande demonstram o desespero em perceber a reação do povo argentino. Contra isto ele não poderá fazer nada. Então ele vai proibir o uso de radares móveis em estradas federais.. É mesmo Bozo? Radares móveis não representam esse risco todo. O que realmente incomoda são os radares do povo, que captam movimentos em falso, políticas imbecis e um governo completamente incapaz de conduzir o Brasil ao topo como fez Lula.

  15. A reação externa à derrota do Macri foi toda concentrada nas maluquices do Bolsonaro, que soaram como uma piada. Nem o pequeno abalo que dizem que Wall Street sofreu foi mais importante para os noticiários que as sandices bolsonarianas. E assim, Bolsonaro vai ajudando a recompor o cenário de independência e soberania da América do Sul, que havia sido golpeado por uma enxurrada de canivetes coloridos vinda do Norte.

  16. A CIA está tambem na Argentina, não vai jogar a toalha, algum golpe sujo virá e o povo crédulo de bom coração será enganado mais uma vez. Nas vésperas da antiga eleição desse Macri Bolsonaro eles mataram aquele procurador (o Moro) de lá, e botaram a culpa na esquerda, quem morrerá agora? tchan, tchan, tchan….. Eles repetem a mesma jogada e dá certo, incrível, lembrem-se do Eduardo Campos, coitado, e da facada por aqui, sempre igual.

  17. A Argentina de Macri virou um covil de especuladores financeiros ,nacionais e internacionais.
    Com a taxa de juros nas alturas (olha a piada) para conter a suba do dólar, aquilo lá virou uma banca de apostas com grande chance de ganho.
    Como a tendência do novo governo ,a partir de 10 de Dezembro,(confirmado nas eleições gerais de Outubro),acabar com essa festa ,os caras saíram correndo a trocar seus pesos por dólares e cair fora.
    Não houve de parte dos delinquentes neoliberais qualquer proteção legal para evitar essa fuga ( prazo para retirada dos depósitos por exemplo).
    A ideia é afundar todo o que der para garantir um caminho penoso ao novo governo,que já começa com a tutela do FMI,algo que os Kirchner tinham colocado a correr do país.

  18. na argentina eles tem uma esquerda, aqui não. Fora uns sindicalistas e alguns classe média, pouco sobra. Fosse igual na argentina moro não teria feio o q fez e nem bozonildo faria o q faz. Já a imprensa é idêntica, cinismo igual

  19. eles são todos iguais. No Brasil apresentadora do louro vestiu-se de preto após vitória não lembro se de lula ou dilma. O jornal La Nación, o ‘diário dos oligarcas’ (mas que finge ser de todos), após o resultado tingiu o início da sua página do site de negro, bem onde estavam as noticias sobre o pleito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *