Na TV dos EUA, Bolsonaro vira ‘chiqueirinho’

Da Folha, agora há pouco, o ridículo a que nosso país foi submetido com a viagem de Jair Bolsonaro a Nova York:

A recusa de Jair Bolsonaro em se imunizar contra a Covid-19 virou piada em um dos programas de TV mais populares dos EUA. Na noite desta terça-feira (21), o apresentador Jimmy Kimmel lembrou que o líder brasileiro é famoso pelas posições contrárias a vacinas e, na sequência, mostrou a imagem do personagem Chiqueirinho, da turma do Snoopy, para ilustrar a chegada do presidente a Nova York.

Chiqueirinho (Pig-Pen, na versão em inglês), criado pelo cartunista americano Charles M. Schulz, aparece sempre envolto de uma nuvem de poeira, sujo e com os poucos fios de cabelo desarrumados.

O comediante citou declarações do presidente, segundo as quais os imunizantes contra o coronavírus poderiam transformar as pessoas em jacarés ou mulheres barbadas. “Essa Astrazeneca tem um escopo bem amplo”, ironizou o apresentador.

Por fim, lembrou que Bolsonaro ficou conhecido como “Brazilian Trump”, numa referência a Donald Trump, de quem o presidente é aliado e por quem torceu abertamente nas eleições americanas no ano passado.

Na piada de Kimmel, “Brazilian Trump” seria um eufemismo para a depilação de pelos pubianos de cor laranja, já que, nos EUA, a depilação total é chamada de “Brazilian wax”, e laranja é a cor do cabelo do ex-presidente americano (no vídeo abaixo, a partir de 3:00).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.