Não, Bolsonaro, democracia não é “só se militar quiser”

Jair Bolsonaro acaba de fazer letra morta da Constituição Brasileira, que dá missão, deveres e limites às Forças Armadas.

Em cerimônia no quartel do Corpo de Fuzileiros Navais, no Rio, disse que “democracia e liberdade, só existe(m) quando a sua respectiva Força Armada assim o quer”.

Hein? Por acaso as Forças Armadas são um bando sem regras, como uma milícia, e impõe as coisas como querem que sejam?

Está escrito na Constituição que elas  “destinam-se à defesa da Pátria (e) à garantia dos poderes constitucionais, não que pode derrubá-los.

Que tipo de comandante chulé é você que diz aos soldados que o que está na Carta Magna do país é “se quiserem”?

Senhores comandantes militares: se querem que não se desenvolva o golpismo em suas fileiras, se querem que seus soldados não ajam de acordo com “o que quiserem”, mas com a lei, a hierarquia e os regulamentos, não ofereçam os quartéis para este tipo de barbaridade.

Porque este “exercício de vontade armada” já levou até mesmo certas figuras do exército pretenderem explodir bombas em quartéis, porque se achavam no direito de ter aumento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. Brito,

    Em vez de exortar o exército (com a minúscula inicial que essa força terrestre, golpista, vira-latas e entreguista merece) a respeitar a hierarquia e cumprir a CF (que para essa milicalha golpista vale tanto quanto papel higiênica usada), você deve enfatizar que o generalato golpista, que já ocupa metade dos 3 primeiros escalões do governo, não tem, efetivamente o comando sobre a “tigrada”, que é fiel aos bozo-milicianos. Essa é a principal razão da luta intestina entre o clã miliciano e os comandos militares, que usa de parcerias com as ORCRIMs midiáticas e judiciárias para desmoralizar e anular o clã Bozo.

  2. sera quantas balas o bolsonaro tem em sua arma… já perdi a conta de quantos tiros no pé ele já deu…

  3. sera quantas balas o bolsonaro tem em sua arma… já perdi a conta de quantos tiros no pé ele já deu…

  4. ESTE SUJEITO IMBECIL JÁ PASSOU`HA HORAS DOS LIMITES.
    OS SIMIOS FARDADOS ADORAM ESSA PAPARICAÇÃO DO MILICIASNO ,ELES SEMPRE FORAM O EXÉRCITO DE OCUPAÇÃO DO TIO SAM,PRA QUE TRAZER OS AMERICAN-BOYS SE TEMOS OS VIRALATAS QUE RENDEM CONTINÊNCIA A BANDEIRA DOS IMPERIALISTAS.???

  5. Um exame de sanidade mental nesta besta fera torna-se cada vez mais necessário e urgente.

  6. O desordeiro fardado, que foi convidado a deixar a corporação por seu comportamento incompatível com a disciplina das Forças Armadas, está agora na Presidência do País e os srs. generais estrelados devem obediência a essa triste figura. Bem feito para os militares que tanto quiseram voltar ao poder, ainda que fosse usando esse laranja grotesco e aviltante. Levaram tantas décadas para voltar às práticas democráticas, tiveram que superar a mancha do golpe de 64, das torturas e assassinatos perpetrados nos porões dos quartéis. Mas tudo parecia ir melhor e, nos últimos anos, o comportamento do alto comando refletiu uma invejável vocação de respeito constitucional. Agora parece que vai tudo por água abaixo, na latrina de Bozo.

  7. Se as Forças Armadas tivessem um pouco apenas de bom senso, abandonariam com urgência o projeto odiento do desordeiro Mijair …
    Mas não, vão insistir neste projeto autoritário e fadado ao fracasso.
    Mais uma vez, perdem o bonde da História…

  8. Sim capitão. Entendi o recado. Ocorre que as atuais forças armadas foram moldadas dentro do ideal democrático tanto é que o usaram para chegarem ao poder pelo voto democrático. Agora, duvido que elas vão ancora-lo para o senhor passar 4 anos governando pelo twitter, postando vídeos pornográficos, fazendo ameaças, e batendo boca com artistas , políticos , internautas e Cia limitada quando o país tem tantos problemas para enfrentar. Além disso, duvido que elas queiram ter sua imagem atrelada a laranjas e desvios de recursos públicos. Até porque elas têm seu vice para representá-las. Duvido que elas vao continuar endossando seus surtos psicóticos até às últimas consequências. Cai a ficha capitão. O senhor precisa de tratamento psiquiátrico urgentemente. Vá se tratar e deixe seu vice assumir. O senhor esquece que ele também é militar e que se as forças armadas quiserem continuar no poder vao poder certamente contar com ele que até então tem se mostrado muito mais equilibrado que o senhor. Cale a boca capitão. E não fale em nome de nossas forças armadas sem autorização delas. Respeite-as.
    .

  9. Zero de simpatia ao ex-capitão mas o fato é que há pelo menos 50 anos por aqui em terra Brasilis só existe algo parecido com um regime democrático e quando os militares deixam. Caso contrário é pau no lombo dos inimigos.

  10. É incrível e assustador, e também revelador da tremenda ignorância que o ocupante do palácio do Planalto demonstra ter sobre o conteúdo da Carta Magna do Brasil. Mas não é surpreendente, se se tiver em conta que ele não é de modo nenhum um democrata, pois são muitas as vezes que o seu repetido ódio pela democracia tem sido demonstrado, sobretudo com os elogios à ditadura de 1964/1985, e aos ditadores Pinochet e Stroessner. A ciência sociológica tem provado ao longo dos anos que isso só é possível com os que são academicamente ignorantes, intelectualmente incultos e culturalmente subdesenvolvidos. Foi assim com o cabo Alfred Hitler, com o general Idi Amin e tantos outros da mesma estirpe tal como o capitão Jair Bolsonaro.

  11. Daqui a pouco, este elemento diz que não é bem assim, que foi mal entendido. Cala a boca Ofélia ou Magda!????????????

  12. Está na hora de discutir, para que forças armadas? na América Latina exército só serve para oprimir o povo, rasgar as leis, roubar e pilhar a própria população. A Suiça não tem forças armadas, todos os cidadãos tem treinamento de defesa. Esse devia ser o caminho, tirar o poder destes brucutus. Me aponte uma coisa boa que as forças armadas brasileiras fizeram desde o fim da segunda guerra mundial que aponto dez outras terríveis.

  13. ESTÁ TUDO FECHANDO CONFORME PREVISTO! “Laudo diz que Adélio é doente mental e não pode ser punido criminalmente”. O que antes era teoria da conspiração agora se torna fato. Depois de diversos vídeos e até um documentário no Youtube denunciando a armação eleitoral da facada no Bolsonaro, surge mais essa notícia bombástica confirmando todos os indícios que ADÉLIO BISPO É UM FALSO ESQUERDISTA CONTRATADO PARA EXECUTAR UM ATAQUE DE BANDEIRA FALSA. Bolsonaro tinha uma doença intestinal mantida em segredo, estava atrás nas pesquisas e seria destruído nos debates pelo poder de argumentação de Haddad. A facada resolveu tudo! Os militares historicamente sempre utilizaram deste tipo de estratégia para dar golpes na opinião pública e chegar ao poder. Adélio Bispo estaria insatisfeito com a prisão e ameaçando entregar toda a armação. A PF fez a sua parte e agora a notícia muito conveniente saiu em diversos noticiários: “Laudo diz que Adélio é doente mental e não pode ser punido criminalmente”

  14. Só existe essa frase farsesca do Bolsonaro porque existiu um supremo acovardado. Joaquim Barbosa julgando com base na teoria do domínio do fato. Teori aceitando o pedido de desculpas de Moro sobre a gravação criminosa de Dilma e deixando Cunha deitar e rolar no processo de impeachment. Gilmar Mendes impedindo a posse do Lula. Fachin e Carminha sincronizando o processo de Lula para não colocarem na pauta a prisão em segunda instância. Barroso e Rosa Weber dando uma banana para Comitê da ONU que reafirmava o direito do Lula de ser candidato. O STF deixou de ser contra majoritário e colocou o Brasil nesta situação de ser governado por um tosco e maluco.

  15. Um sargento analfabeto dando palestra para generais, é TRÁGICO se não fosse CÔMICO e mostra bem o nível amador em que chegaram as FORÇAS DESARMADAS BRAZUQUENHAS, autênticos Chicos com Mosquetão.

  16. Vá depender de Far$$ASS ArmadASS (especialmente no caso brasileiro, de FDPs) para implantar e/ou defender a democracia…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.