Não tem trégua

Convencido – não sem razão –  de que Jair Bolsonaro tomou seu partido, Olavo de Carvalho ignorou a “página virada” que o presidente disse estar esperando que houvesse nas divergências com os militares.

Continuou seu festival de ofensas, acusando o general Santos Cruz de estar financiando a esquerda com as verbas da Secom:

O Santos Cruz é a última esperança que os petistas têm de continuar mamando dinheiro do governo.
Fudeu. E ainda vem o Santos Cruz querendo dar mais dinheiro para ONGs de esquerda, puta merda!

 Na coluna de Lauro Jardim, Santos Cruz teria dito a amigos que  não vai  permitir que o astrólogo continue a “ofender os militares a torto e a direito”.

Pouco adiantará: só  um ingênuo acha que respostas a Olavo possam sair à altura de um cargo ministerial. O que fez,  hoje, com a moléstia grave do general Eduardo Villas Boas, mostra que com ele, não dá para ficar na linguagem de salão. Tem de ser na de caserna, mesmo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

21 respostas

  1. O astrólogo prosseguirá na ofensiva, espero que o general não recue.
    Esse debate edificante é importante para o processo democrático…

  2. Pega fogo, cabaré. Isso parece uma casa de putas comandada por sacana. Com mil perdões às putas.

  3. Que suprema humilhação.
    Os generais do cabide de emprego do governo bozo a merecem.
    Depois da agressão ao vilas boas aceita só com cara feia e choramingos, nada mais espero deles.
    Que desgraça! Destruíram o país!

  4. Mas, o meu compadre Olavo parece que acertou na veia mesmo.
    O Puteiro tá pegando fogo.
    Ô loco meu!!

  5. Como guerra híbrida é algo que está na moda, me pergunto: até que ponto essas manifestações de bolsominions a favor do Olavo e contra os militares são autênticas?

    Levando-se em consideração que um número razoável de pessoas têm saudades dos militares no poder, mas um número bem menor segue Olavo (muitos sequer ouviram falar nesse sujeito), não era para ter essa barulheira toda contra os militares.

    Quem sabe se muitos desses “bolsominions” são em verdade robôs, algo deliberadamente feito para gerar um clima bem desagradável e assim justificar o impeachment do Boçal Nato e a tomada definitiva do poder pelos militares.

    1. Não vamos colocar todos os militares no mesmo balaia. Há as tropas incultas, há vários graus distintos de oficialato, há generais e generais, alguns na ativa e outros na reserva. Alguns medianamente civilizados e republicanos, como o Villas Boas, alguns com um verniz democrático pouquinho melhor como o Mourão, outros mais trogloditas…enfim não dá pra misturar tudo. O guru do Bozo deve estar sonhando em “limpar” as Forças Armadas para garantir que apenas os de sua laia tenham um naco de poder.

      1. Se há militares progressistas no EB, é até possível, mas não no generalato que hoje detém a hegemonia na Força. Na ativa ou de pijama, é tudo a mesma sopa, todos produto da fábrica aliaenante que é a AMAN, dos cursos subsequentes da própria Força ,ou no exterior, sob o controle do império do norte ,da ideologia da Escola das Américas, ainda viva. Onde está o republicanismo do Villas Boas, na enquadrada que deu no STF para não dar ao Lula o direito que lhe é devido à luz da Constituição; no ensaiado “verniz democrático” do Mourão saudoso da ditadura? Na verdade são todos entreguistas, covardes e arrivistas, caso contrário não estariam concordando com a entrega do país ao capital estrangeiro e nem estariam se submetendo à humilhação cotidiana que lhes impõe o desbocado bruxo da Virgínia e com o beneplácito do ex-capitação de cuja eleição foram os maiores fiadores.

      2. O maior problema é o conjunto da obra. Lembremo-nos do embate entre Geisel e Sylvio Frota. Ambos militares, ambos com posições diferentes. Para onde irá a nau? Todas as cartas estão na mesa (ou nem todas).

  6. Como já dito a burrice é uma força avassaladora. Vamos por partes, as Jack the Ripper:
    – após enfrentar décadas de repúdio e desmoralização por conta da Ditadura, nos últimos anos as forças armadas recompuseram o seu prestígio e respeito institucional e o fizeram de forma quase singela, limitando-se ao seu papel como o determinado na Constituição Federal
    – vis-à-vis desenvolveram o pensamento estratégico focado na profissionalização, na modernização tecnológica de meios e métodos e na missão de se preparar para a defesa adequada das fronteiras, da Amazônia e das águas territoriais
    Agora, açulados por mentes retrógradas ou mal intencionadas e por mentes retrógradas mal intencionadas, presos em um desenho geopolítico do século XX numa auto-ilusão romântica que remete-os a um passado de glórias concretamente inexistente, retomam o passo que não os destruiu graças e apenas ao erro da sociedade civil que, omitindo-se, não cobrou as devidas responsabilidades pelo que houve de 1964 a 1985.
    A sua reputação está se esvaindo a olhos vistos, a visão estratégia se foi, o sucateamento está de novo em curso e o que restará não se sabe ainda, porém, nada de bom será.
    Nem para as FA’s nem para o Brasil.
    Como se diz, tem que ser muito burro para correr atrás de doido porque, quem corre atrás de louco não tem a menor ideia de onde irá parar. Ainda por cima, sem considerar que desta vez correm o risco de serem cobrados pelos seus atos.

  7. Aroeira arrasou. Charge pra circular e muito. O general tem que ver isso todos os dias. Não tenho redes sociais, senão faria chegar ao general. Não pensemos que essas criaturas sinistras não possam ter, as vezes, sentimentos típicos dos humanos, tipo inveja ou raiva. Quem sabe a força dessa imagem mexa com os brios do genereco e ajude a incendiar de vez o cabaré. Notaram a detalhe da orelha picotada? Ah, Aroeira, você é muito cruel…!

    1. Eles pediam intervenção militar mas na verdade queriam apenas os torturadores de volta, a linha dura completamente ignorante e afeita a bater e arrebentar. Não querem militares que raciocinem ou que estejam minimamente alinhados ao século XXI.

  8. Para todos nós que vivenciamos a violência sanguinária desses gorilas verdes-oliva assassinos, durante a ditadura militar(1964/ 1985), vê-los hoje, sendo humilhados por um astrólogo charlatão não tem dinheiro que pague.

  9. Pobre Brasil, dá dó de ver tanta incompetência adminustrstiva e militar, estamos perfodos sem rumo ba guerra entre ss nações que nunca parou nem parará. Enquanto os idiotas caçam comumistas inexisrdntes a CIA nada de braçada. Pober Brasil. Obs.: Quase escrevi Brasil com z, seria etrado?

  10. Não vai permitir?? Olavo vai continuar ofendendo, com ou sem permissão. E o presidente desta república seguirá prestigiando o guru do bando de malucos. Se os militares tivesse juízo desembarcavam logo do governo dos lunáticos.

  11. Tudo o que o Moro fez de ruim para o Lula, está pagando agora mesmo e com juros de 100%, pois está participando do pior,mais grotesco,incompetente,grosseiro e boçal governo de todos os tempos na história das nações.
    O Jânio Quadros fez uma meia dúzia de trapahadas há 70 anos e é ridicularizado e gozado até hoje por isso, sendo considerado um desastrado completo e um parvo.
    Imaginem esse amontoado de trastes que compõem a Turba Governante atual, como serão tratados em um futuro bem próximo e por décadas sem fim?
    A conge do Moro já poderia colocar agora no seu twitter o hashtag #MoroComUmaBesta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.