“Ação social”com dinheiro público: R$ 20 milhões da Lei Rouanet para Huck

huckrouanet1

Os nossos neoliberais gostam de um “projeto social” para seu automarketing, mas detestam por a mão no bolso.

Adoram por a mão no bolso do Estado, isso sim.

O Instituto Criar, pertencente a Luciano Huck, obteve, pela Lei Rouanet, R$ 19,5 milhões de doações convertidas em abatimento no imposto a pagar de grandes empresas – como o Itaú, a Microsoft, Casas Bahia, Ponto Frio, Volkswagen e outras -, um valor que deve chegar a R$ 21 milhões das captações em curso, este ano.

De novo, não é uma acusação de ilegalidade, pois não tenho como verificar o que se faz com o dinheiro, mas é justo que, sendo Luciano candidato e mostrando seu “projeto social”, as pessoas saibam que o “ajudar as pessoas” do bom moço é feito com dinheiro público, não com o privado.

Como o jatinho que a  própria assessoria do apresentador diz que serve para trazê-lo ao Rio de Janeiro, duas vezes por semana, para gravar na Globo, comprado com crédito subsidiado do BNDES.

Como, segundo diz o projeto, seriam 150 jovens atendidos, o custo, em impostos, per capita, é de R$ 23.300, enquanto o custo dos alunos de escolas públicas, garantido pelo MEC, era de R$ 2.875,03 em 2017.

Será que veremos os meninos do MBL gritando contra a Lei Rouanet do Huck, como fazem com a de exposições, peças de teatro e filmes?

Será que os nossos grandes jornais vão se interessar por isso como se interessariam se o “projeto social” fosse de um candidato de esquerda?

Aí está, de imagem sem edição, o resultado que se pode encontrar no site no Ministério da Cultura.

E é só desta, porque vai demorar a verificar todas as empresas da família Huck, diretamente ou através de propriedade cruzada, quando cada empresa é feita para controlar outras sem que se possa reconhecer diretamente o real proprietário.

Aguarda-se a manifestação de Kim Kataguiri contra Huck.

huckrouanet

 

contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

31 respostas

  1. Porra Fernando, deixe dessa. Vc quer ser o exército de um homem só é kkkkkk. FHC vai ficar puto com vc.

  2. Quim Catupiry deve estar muito ocupado planejando o lançamento da campanha “Carnaval sem Partido”.

  3. Os liberais brasileiros não vivem sem o $$ público. Cadê os fakes coxinhas pagos pelo MBL? ????

  4. As ratazanas do mbl , invadiram o Blog do Esmael. Distribuindo seu odio contra a esquerda, agora em Curitiba. Comentarios insuportaveis.

    1. Pois é, foram “despejados” do blog Brasil247 e agora foram lá pro blog do Esmael. Essa turminha não vai pro Antagonista e nem para os blogs da direita. Tem que ficar atazanando os blogs progressistas. Ô turminha dos infernos! Até o Ernesto não aparece mais por aqui e foi lá no Esmael.

      1. Muito fácil bloquear as amebas no Esmael. Só aqui os caras grudam sem que se possa bloquea-los, fazem o que querem e as hienas ainda riem.

  5. E o governo dos vampiros! Vampiros neoliberais golpistas antipovo! O PMDB deveria se chamar MDV: movimento diabólico do vampirão.

  6. E o Tijolaço nos mostra mais uma vez as entranhas de nossa elite: quando o estado se embriaga, ela toma um porre. O sangue do estado é desviado para suas veias. O Sr. Huck é um milionário. O Sr. Huck projeta uma imagem caracterizada pela sua ação social. É usando essa imagem que o Sr. Huck deseja se projetar como candidato à presidência. O Sr Huck não nos apresenta qualquer outra razão para ser votado que não sua generosidade com os mais necessitados. Agora, O Sr. Fernando Brito nos mostra que Sr. Huck usa o dinheiro dos outros para construir sua imagem e usa sua imagem construída para conseguir nossos votos.
    O Sr Huck é mais um canalha na praça. Mais um que goza com o pau dos outros. O Sr Huck usa nosso dinheiro para nos enganar.
    Só para registrar. houve uma CPI da Lei Rouanet motivada para mostrar que a esquerda mamava nas tetas do estado. O objetivo era mostrar que artistas eram solidários com o governo petista em troca de moedas. A verdade é que as tetas do estado sempre estiveram ocupadas por famintas bocas de nossa elite. Faz tanto tempo que isso acontece que ela reclama com a simples ameaça de perdê-la.

  7. Quando um artista ou produtor cultural que não tem dinheiro recorre à lei Rouanet, acho certo. Mas é muita sem-vergonhice quem é milionário não enfiar a mão no bolso e fazer caridade com chapéu alheio (dinheiro público dos impostos).

    1. Não é só caridade! Os “doadores” — que não pagam a conta, porque quem paga é o governo federal com isenções de impostos — são CLIENTES de Luciano Huck. De um certo modo, o dinheiro circula, circula e não sai do círculo do próprio Huck.

  8. Essa ” CATERVA “,são contra o ESTADO,pois querem-no somente para si. Falam em PRIVATIZAR ATÉ AS MÃES,mas desde que somente beneficie a eles próprios.O JORNALISMO,também é privatista,mas vivem há muito tempo,às CUSTAS DO ESTADO que MENTEM SEREM CONTRA. Quando me refiro a JORNALISMO, falo deles somente.Não dos outros que escrevem às suas próprias custas .

    1. Exatamente. O bom é que eles sempre tem uns vassalinhos para atacar qualquer ideia de estado de bem-estar social, por ironia do destino eles ainda dizem que isso é coisa de comunista. O mbl e o judiciário representa esses vassalinhos na forma máxima, nesses dias vi o kimtacategoria levar uma surra do Requião em um programa de tv. Mas enfim, o pensamento dessa plutocracia, corrupta, incompetente e viciada em dinheiro público é que o estado seja mínimo para o povo e máximo para eles (algumas migalhinhas para os vassalinhos de sempre, principalmente o voraz judiciário… mendigos morais). A empresa mais corrupta do país (plim-plim) que o diga, vale sonegar, pegar dinheiro “emprestado” do bnds, etc… E não nos esqueçamos do Minc, que bela estratégia em conceder financiamentos a projetos megamilionários. Por acaso o lema da pasta era: um país para poucos? Poucos projetos e poucos favorecidos (150 jovens atendidos? isso tá certo?).

  9. Impressiona a hipocrisia desta elite atrasada corrupta e vampira do estado e do povo. Que corrupçao que nada o mal deste país é sua elite. Infelismennte nao há justiça a lei é a deles. só mesmo o morro tem condicoes de dar um basta. …e ai rocinha …???

  10. 10) Painel Artístico Club A São Paulo – R$ 5,7 milhões
    Produção: ZKT Restaurante, Bar, Teatro, Buffet e Eventos Ltda (Club A)
    Valor aprovado: R$ 5.714.399,96
    Tipo: Música “Popular”
    Ano: 2013
    Outra bizarrice aprovada em 2013 pelo Ministério da Cultura, conforme noticia a
    Veja SP: 5,7 milhões de reais para a realização de “um painel artístico de difusão cultural nos segmentos da música, dança e artes cênicas” no Club A, em São Paulo. O clube da elite paulistana, que tem como ex-sócio Amaury Jr., faria uma lista com pessoas selecionadas para participar do evento. Quem não tivesse o nome na lista precisaria pagar R$ 160 para entrar.
    Ironicamente, o projeto caríssimo e requintado da casa foi aprovado no segmento “Música Popular” para captar até 5,7 milhões de reais para a realização do painel, mas nenhum valor foi de fato captado pelos organizadores.

    1. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA COMO SÃO BURROS ESSES TROLLS!!! A VEJA MAIS UMA VEZ FAZENDO O PÚBLICO DE TROUXA!!!

      TODO PROJETO QUE ENTRAR COM A DOCUMENTAÇÃO CORRETA E PREENCHER TODOS OS PRE-REQUISITOS ESTARÁ AUTOMATICAMENTE APROVADO… MEU CARO ASNO!!!

      NA LEI ROANET NENHUMA OBRA É JULGADA DO PONTO DE VISTA ARTÍSTICO… APENAS SE PEDE CONTRAPARTIDA SOCIAL!!! TODA “BIZARRICE” QUE FIZER ENTRADA CORRETA E APROVAR TODA A DOCUMENTAÇÃO SERÁ APROVADA!

      SE QUISER CONTAR SUA HISTÓRIA DE AMOR PLATÔNICO COM O MARCO… OU SEU NOVO ROMANCE COM ERNESTO E ENTRAR COM A PAPELADA CORRETAMENTE VOCÊ SERÁ APROVADO A CAPTAR ATÉ 10 MILHÕES… O DESAFIO NÃO É APROVAR O PROJETO… JUMENTO!!! O DESAFIO É CAPTAR O DINHEIRO… QUE EMPRESA VAI QUERER SEU NOME ASSOCIADO AO PROJETO DE FILMAR A VIDA DE UM TROLL DE INTERNET PASSANDO VERGONHA EM BLOGS???

      FALAR QUE ALGUÉM FOI AUTORIZADO A CAPTAR 100 MILHÕES SÓ ENGANA IMBECIS QUE NÃO SABEM COMO A LEI ROANET FUNCIONA… NO CASO, VOCÊ!!!

      SE INFORME MELHOR PARA NÃO PASSAR VERGONHA E NÃO SER FEITO DE TROUXA PELA VEJA!

      POR ISSO O IDEAL É FAZER IGUAL AO HUCK… JÁ DESCOLA UMA BOCADA DE 3 MILHÕES POR ANO ONDE AS EMPRESAS SÃO DE AMIGUINHOS ACOSTUMADOS AOS ESQUEMAS… AJUDA MEIA DÚZIA DE FAVELADOS E NINGUÉM SABE ONDE FOI PARAR O DINHEIRO… ESSES 20 MILHÕES AÍ VIRARAM CURTAS METRAGENS RIDÍCULOS NO YOUTUBE…

  11. O Vilão da República – R$ 1,5 milhão
    Produção: Tangerina Entretenimento Ltda
    Valor aprovado: R$ 1.526.536,35
    PUBLICIDADE
    Tipo: Filme
    Ano: 2013
    “O Vilão da República” é um documentário que contará a história e a vida de José Dirceu, desde sua participação em movimentos guerrilheiros, passando por sua história pela via partidária até a sua condenação a 10 anos e 10 meses de cadeia por corrupção, em 2012.
    O alto valor aprovado para a captação de recursos
    pelo Ministério, porém, ficou só no papel: o projeto não recebeu apoio de nenhuma empresa.

    1. Você é um bosta. Se não fosse um bosta, conseguiria um trabalho decente em vez de ficar escrevendo merda na internet.

  12. Está provado: esse aí não rasga dinheiro mesmo! Muito pelo contrário. Ele costura dinheiro público com dinheiro privado.

  13. Essa turma costuma criticar o socialismo, por que costumam ser os socios exclusivos do estado.
    Deve ser por que para eles deve ser bom manter o povo (principalmente aqueles que se apequenam para eles) como são, imbecis que ao final pagam todas as contas as suas e as deles, e ainda pagam pela sua idolatria.

  14. Se hipocrisia desse dinheiro tinha muito mais ricos. Huck é só mais um hipocrita. Nao me surpreenderia em nada se a Globo estiver no vermelho de novo e por isso quer fazer o rico, quero dizer Huck, presidente.

  15. o inadmissível é querer vender que esse país ficou esculhambado só agora com as tretas do HUckinho

  16. Eles fazem assim.
    Captam o dinheiro para a empresa e põe seus amigos e familiar para dirigi-las com altíssimos proventos.
    Fica tudo em casa mesmo.

  17. Pela revogação desse entulho chamado Lei Rouanet! Só serve pra empresário pilantra se locupletar com dinheiro público.
    Só podia ser coisa do pilantra FHC.

  18. Depois dizem que petistas são vagabundos e gostam de mamar nas tetas do governo. Mas o que mais se vê são empresários poderosos, não aqueles pequenos coitados que ralam o dia todo por aí, usando benefícios fiscais e outras mamatas para aumentar seu “capital”. Capitalismo assim é fácil. E os outros patos ainda vão atrás dessa gente.

    1. o petismo teve tempo de sobra para acabar com essa e milhões de outras putarias, mas preferiu até ampliar todas. Vão se catar

  19. Só tem uma coisa errada na reportagem, sugere que o Huck não é de esquerda. Ele é como o FHC, a “direita” da esquerda; a esquerda de banho tomado; a esquerda limpinha. Com certeza, a esquerda mais perigosa. Se não fosse as trapalhadas do PT, o povo ainda estava acreditando em FHC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.