No 247, um debate sobre o tom de Lula em sua volta ao ringue


Agora à noite, na TV 247, debati o significado e as características da volta de Lula ao cenário político, com os jornalistas Mario Vitor Santos, Jeferson Miola e com o historiador André Jacobina, com o comando de Gustavo Conde.

Compartilho com os leitores do Tijolaço e insisto no ponto central de meus argumentos: finalmente o governo Jair Bolsonaro tem uma oposição que tem vigor e base social e não o arremedo que tinha até agora, que fazia dele próprio e de seus filhos, a rigor, os seus opositores.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

7 respostas

  1. Chega de ouvir peixe inteligente, jesus na goiabeira, greenpeace jogando óleo no mar, mamadeira de piroca, escola sem partido e outras milhares de frases desconexas que nem os bolsominions entendem, mas aplaudem por burrice. Já deu!

  2. Gente, um alerta!! Enquanto vemos Bozzo, Sejumoro atacando Lula, ninguém do governo está se preocupando em resolver o derramamento de óleo que começou nas praias nordestinas e já está avançando as praias do Sudeste. Saiu um post no Rede Brasil Atual dizendo o seguinte: “O óleo já está chegando no Espírito Santo. E até o momento não tem nenhuma medida preventiva em relação a isso em São Paulo, nenhuma comunidade costeira foi alertada sobre os danos, ou sobre como agir quando encontrar manchas de óleo. Não sabe se pode mexer, se não pode. Tem uma série de coisas a serem feitas para proteger os rios e manguezais e ninguém sabe nada ainda”. O alerta é de Plínio Melo, secretário-executivo da organização ambientalista Mongue Proteção ao Sistema Costeiro, de Peruíbe, litoral sul de São Paulo.

    Nesta semana, o ambientalista ingressou com representação no Ministério Público de São Paulo em Peruíbe, cobrando medidas preventivas no âmbito municipal, estadual e federal – ao quais, pela Constituição, cabe o cuidado com o litoral”. E o Dória em SP só atacando Lula e nada de se preocupar com as praias paulistas. https://www.redebrasilatual.com.br/ambiente/2019/11/comunidades-paulistas-enfrentamento-oleo-litoral/

  3. Sempre tem um cagão: estamos numa guerra desigual,a esquerda morta, não consegue reunir um time de futebol de salão, aí chega Lula e põe pra fuder, da um ânimo da porra e esse a a analista bunda mole é convidado para um debate desses.

  4. Brito, você é o cara meu nobre, objetivo e cirúrgico, segura o Tijolaço sozinho, só publica análises encorpadas, nada de picuinhas. Parabéns.

  5. Alguns acharam estranho o tom forte e de confronto de Lula, mas acho que Lula está certo, ele agora não é paz e amor, é Fidel, è Lunga (Bacurau), é Lampião… Pois a situação não está normal, exige urgência e indignação em alto grau.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *