No Planalto, o “livrem-se dos livros”

Bela Megale, em O Globo, conta que parte da Biblioteca da Presidência da República – criada há mais de um século, por Venceslau Brás – está sendo desmontada para abrigar algo parecido com um serviço de telemarketing de uma “OMG” (Organização “Meio” Governamental) presidida pela Dona Michelle Bolsonaro, destinada a promover o voluntariado social.

A foto do jornal e a de como era antes da fúria vândala mostra o destino daquele espaço.

É lá que as “senhoras” dos ministros – no caso de Paulo Guedes, a irmã, dirigente da associação de universidades particulares – associam-se a eventos aos quais emprestam suas augustas figuras à caridade 2.0 dos “projetos sociais”.

Nada contra a busca da indulgência e aos momentos edificantes de trajar um casual em alguma periferia.

Só que, informa a nota, o espaço para as moças fazerem a integração virtual com estes eventos já havia sido providenciado, sete meses atrás, quando Bolsonaro criou a OMG, ao custo de R$ 330 mil, no Ministério da Cidadania, a cinco minutos de carro da residência presidencial.

Não havia, portanto, nem necessidade, nem economicidade em instalar o quase call center no anexo do Planalto onde está o acervo que Getúlio Vargas ampliou, Fernando Henrique informatizou e Lula, na reforma feita no Planalto em 2005 deu um espaço digno e adequado para consulta pública.

Não há espaço, agora, para guardar mais livros, aquelas coisas esquerdistas, um amontoado de letrinhas.

O pior é ler isso sendo saudado nos comentários do leitores. “Ninguém lê”, “digitaliza e joga fora”, “passado é passado, vamos viver o presente”.

Definitivamente há epidemias por aqui que provocam mais mortes cerebrais que as do coronavírus.

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

36 respostas

  1. É interessante notar que os nazistas tinham ódio a determinado tipo de escritos (todos os livros esquerdistas, para o desgosto de quem ainda acredita que eles eram de esquerda). Já os Bozonistas odeiam QUALQUER. livro. Aposto um braço que ste os do Olavo de Carvalho vão queimar, na primeira oportunidade que tiverem.

  2. Nunca a frase de Oswaldo Aranha foi tão atual como agora: “O Brasil é um deserto de homens e idéias”.

    1. Eu nunca concordaria com isso, que vai na mesma linha do Alexandre Garcia. Num momento como o que vivemos, quando as nulidades recebem tantos destaques, somos levados ao pessimismo além do razoável.

    2. Todos os objetos dos palácios devem estar tombados sob um número de identificação. Os responsáveis por este tombamento devem cuidar para que tudo o que retirado de seu lugar seja devidamente guardado e em segurança, para que depois da tempestade bárbara seja reposto em seu lugar. Na Idade Média, quando ouviam a notícia de que bandoleiros invadiriam sua povoação, pessoas zelosas corriam para as igrejas para esconder as imagens e os valiosos objetos litúrgicos, geralmente de ouro e prata. Quando os invasores se retiravam, os objetos retornavam a seus lugares. É desse zelo que precisamos agora.

  3. A completa ignorância é o único verdadeiro patrimônio do bolsonarismo, essa hoste de descerebrados que se apossou do poder no Brasil.

  4. “Definitivamente há epidemias por aqui que provocam mais mortes cerebrais que as do coronavírus.”
    Joia, Fernando Brito.
    Triste !

  5. temos que ir pra rua, não em manifestações, mas para falar com o povo
    falar com quem está na fila, comm vizinhos, conhecidos e desconhecidos
    e contar o que está acontecendo

    a grande maioria ainda não sabe

    1. Na medida do possível, eu faço isso. Infelizmente, tenho observado que a classe média mais ou menos culta, que se deixou contaminar pelo ódio ao PT e pelo preconceito contra a esquerda, agora está simplesmente negando a política. E ainda fazem isso com ar de superioridade, com frases do tipo “são todos iguais”, “não quero mais saber de política” e afins, demonstrando que sequer percebem a diferença entre o que está acontecendo hoje e o Brasil de 2014 para trás.
      E a juventude de hoje, que deveria estar fazendo alguma coisa, parece que não está ai para nada. São pouquíssimos os jovens que tentam fazer sua parte.

      1. eu sei bem o que vc. fala

        mas temos que insistir
        falar com pessoas mais humildes que são as que mais vão sofrer com essas maldades – lembremos que esses são maioria e votam

        1. Pois é, com esses também não é fácil falar, porque 9 em dez são evangélicos. E grande parte dos evangélicos, apesar de dizerem que dedicam a vida a Jesus e seguem a Bíblia, na verdade dedicam a vida à sua igreja e obedecem os pastores.

          1. não me desanime, Emilia

            mas vc. está certa, mas sempre tem alguém que vai ouvir
            e vai ouvir mais ainda quando o assunto mexer no bolso
            é bem fácil explicar porque o traste está tirando tudo do trabalhador pra favorecer os muito ricos – já fiz muita gente se calar diante dessa verdade

            sabe os economistas de rede social
            os que defendem o “capitalismo” – então é fácil demonstrar pra ele – um pé rapado – que ele tá defendendo interesses de milhardários

            ficam calados pensando – e já colocamos uma dúvida na cabecinha oca deles, que nem sabem o que é socialismo muito menos sabem o que é comunismo, mas são contra

  6. Brito, igualzinho o livro escrito em 1935, por Sinclair Lewis, Prêmio Nobel de Literatura, – Não Vai Acontecer Aqui-. As obras literárias seriam resumidas… muitas palavras!!!!

  7. Da náuseas reais ver no que nos tornamos. Um país de seres de porões antes inimagináveis. Sim, não eram armários. Essa roda escondia se em buracos inimagináveis

  8. É só deixar o livro do baço ustra, que chega. Afinal foi o único livro que o bozo deve ter lido, e mesmo assim desconfio.

    1. Quando vc encontrar um livro desses vandalize. Papel higienico usado entre as paginas por exemplo. Nao seja republicano

  9. Nada surpreendente, vindo de um ser primitivíssimo, lamentável, essa figura esdrúxula que ocupa hoje o Planalto. Ainda assim, é angustiante no grau máximo. O desmonte, a destruição, perdas irreparáveis de um patrimônio construído durante décadas e décadas. Cinco anos atrás isso era absoludtamente impensável no nosso Brasil

  10. Bozo nunca foi o problema, ele é o sintoma. Lula sempre cita que a primeira universidade brasileira só foi criada em 1920. Ainda estamos na mesma vibe. E não queremos sair dela.

  11. bolsonaro está certo!! Pra quê livros? A maioria do brasileiro nem tem tempo de ler. Os mais jovens estão vendendo docinhos nos ônibus, sacos de panos nos sinais de trânsito e os velhinhos vendendo picolé e o almoço pra comprar a janta. Janta? Esquece.Vai bolsonaro, taca fogo nos livros mesmo, porque pobre tem que se lascar, não é assim que você está fazendo com a gente?

  12. Cuidado, daqui a pouco ele se apoquenta com o acervo da Biblioteca Nacional. Monta uma igreja pro RR ou pro macedo.

  13. É um governo de absoluta destruição. É preciso apagar o passado, desqualificar e desestimular o conhecimento e a cultura; só assim conseguirão implantar por completo a obra do demo.

  14. Voltei agora do Rio pra Niteroi de onibus. Faltando uma semana pro Carnaval, tinha um “evento” evangélico na Praia de Botafogo onde eu vi mais policia que gente . Mas tinha muita gente, E de fora do Rio. Mistura interessante no Shopping da Praia. galera indo pra missa e galera indo pro bloco. Pergunta pra eles o que eles acham de queimar livro ? Hoje o Torquemada tava eleito e ia fundar seu partido da Santa Inquisição .

  15. So tenham cuidado caso vcs adquiram algum livro raro q na bagunça seja desviado da biblioteca da presidencia e seja vendido na estante virtual. Se compra a pf vai prender vcs e jogar na cadeia por uma boa temporada

  16. Dona “micheque” terá muito trabalho social à desenvolver pra compensar todos os danos causados ao nosso país por sua família maldita… Sobre os livros – aquele amontoado de um monte de coisa escrita – deveria estar incomodando muito o excrementíssimo acéfalo, tanto que com um Território de 8.511.000 km² ele resolveu instalar ALi o tal call center justamente pra tirar aquelas coisinhas inúteis do caminho. Misericórdia!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.