Norte-americanos compraram quase 17 milhões de armas em 2020

Faltando três meses para terminar o ano, a venda de armas nos Estados Unidos até setembro 2020 já é maior do que em qualquer ano da história norte-americana, segundo números da consultoria Small Arms Analytics & Forecasting: 16,7 milhões de revólveres, pistolas, carabinas e fuzis, obtidos a partir de registros do FBI.

O mês recordista foi março deste ano, com quase 3 milhões de armas vendidas, superando a maior marca anterior. Depois disso, continuaram lá em cima, como mostra o gráfico

As vendas de 2020, segundo a consultoria, elevam para cerca de 120 milhões de armas o arsenal acumulado (legalmente) entre a população do país.

Dá para imaginar o potencial explosivo deste estoque de armas , ainda mais em tempos de conflitos raciais violentos no país.

Por nossas bandas, foram 150 mil novas armas registradas até outubro, o que já dá o triplo das 50 mil do ano passado.

Sugere-se que os “cidadãos de bem” que se proclamam “em defesa da vida” reescrevam seu slogan para defender a morte.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.