“Nova verba”para educação era balela, diz G1

 

A prudência recomendou, com razão, guardar os foguetes com o anúncio feito ontem de que haveria uma liberação de R$ 1,5 bilhão da reserva orçamentária do Governo para reforçar o MEC, depois do corte de quase R$6 bilhões – os tais ditos “contingenciados”.

Era conversa fiada, informa hoje o G1:

O Ministério da Educação informou nesta quarta-feira (22) que vai manter o contingenciamento de R$ 5,8 bilhões no orçamento da pasta para 2019, apesar do desbloqueio de R$ 1,587 bilhão anunciado à tarde pelo Ministério da Economia.
A liberação do valor de R$ 1,587 bilhão, de acordo com o MEC, vai apenas cancelar uma segunda ordem emitida pelo Ministério da Economia em portaria de 2 de maio, que ainda não tinha sido implementada.

Portanto, não houve liberação de recursos, houve – e por enquanto – a supressão de um novo corte na educação.

Que, depois das manifestações do dia 15, seria mais que uma provocação; seria um acinte explosivo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

5 respostas

  1. Eles acreditam nas maluquices que eles próprios dizem. Chamaram os estudantes de idiotas, e acham realmente que os estudantes são idiotas o bastante para acreditarem em suas potocas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.