Novo aumento da gasolina não é “política de preços”. É fazer odiar a Petrobras

aumento

O reajuste de preço da gasolina anunciado hoje  ( + 2,25%) pela Petrobras não é “técnico”.

É mais um degrau para desmoralizar a empresa e fazê-la odiada pela população.

Não houve aumento no preço internacional do petróleo, ao contrário.

Nem a Petrobras fecha contratos ao câmbio do dia, no varejo.

Está claro que isto se destina a fazer o consumidor de gasolina sentir que está pagando a conta de “redução” do preço do diesel (a ver se vai acontecer, aliás).

Nos jornais é fácil perceber o que se pretende com isso.

Na Folha, lê-se – apenas hoje – artigos furiosos contra o controle estatal da Petrobras.

Um certo Roberto Castello Branco diz que “é urgente a necessidade de se privatizar não só a Petrobras, mas outras estatais“, dizendo que a Petrobras concentra “99% do refino” de petróleo do país e que isso torna  urgente ter “várias empresas privadas competindo nos mercados de combustíveis”.

A chiadeira do sujeito não resiste a uma pergunta: porque não há mais que 1% de refinarias privadas no país, se não há monopólio do refino?

Porque estes sujeitos querem que sigamos na escolinha do Parente, exportando petróleo bruto e importando produtos refinados na capacidade ociosa do parque de refinarias internacionais.

Colônia, pura e simples.

Outro economista, Rodrigo Zeidan, diz que o pré-sal – a maior jazida de petróleo descoberta neste século em todo o mundo é “um desastre” e que investir na sua exploração, hoje equilvalente a mais da metade do que produzimos é um erro: “0 ideal seria a empresa fazer somente os investimentos básicos para explorar os poços muito viáveis e se planejar para em 30 a 40 anos não mais existir”.

Pense que barbaridade é  alguém dizer que encontrar imensas jazidas de petróleo pode ser “prejuízo” para uma empresa de petróleo.

É preciso desmoralizar a maior empresa brasileira que, apesar de agir como uma madrasta para os brasileiros, ainda tem, segundo as pesquisas, a defesa de mais da metade da população.

Nada do que está sendo feito na empresa guarda outra intenção senão a de destrui-la.

Mas esbarra no fato de que este governo não tem legitimidade mais para coisa alguma.

Até mesmo o mercado financeiro sabe que não há “política de preços”, nem política de longo prazo para a Petrobras.

Vai ganhar, quando muito ( e muito), na especulação, não no médio prazo.

Não há hipótese de “recuperar” a empresa  no “mercado”.

O projeto de entrega da Petrobras está em suspenso, até as eleições, até porque tudo o que se venha a fazer, desesperadamente, não se sustentará.

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

21 respostas

  1. Vai gostar de reajustar preço assim, lá na “casa do belzebu”. O governo golpista de Temer é uma verdadeira “disneylândia” pros investidores estrangeiros e o Povo brasileiro é o “pateta”.
    #TemerCanalhaLesaPátria

  2. Os argumentos são tão pueris que daqui a pouco vão dizer que o petróleo não traz a felicidade.

  3. A politica tucana travestida de emedebista para a Petrobras é aumentar irresponsavelmente os preços gerando inflação e jogando a conta para o Tesouro Nacional com o inevitável aumento da SELIC.

  4. Os tucanos se especializaram e agora vivem de delapidar e entregar patrimônio público e se não forem impedidos vão continuar a fazê-lo. Está inscrito em seu adn e em sua maneira de atuar. Como é cada vez mais difícil justificar ou esconder esse seu modus operandi agora só pode contar com o golpismo político para poder oferecer esse seu serviço.

  5. Desses aumentos, pode-se fazer também a leitura de que, depois de ter sido obrigado por aliados, os caminhoneiros, a fazer concessões na política (?) de reajustes do preço do diesel, o golpe está sinalizando que já botou um substituto à altura de Pedro Parente, e também fiel aos objetivos do Governo, e não está disposto a ceder além do que já fez. Ivan Monteiro, o substituto de Parente, já efetivou dois reajustes da gasolina, em dois dias. Aos seus aliados, Temer já atendeu. Agora, é aquela, quem pode pode, quem não pode se sacode. Os demais prejudicados com a não política de preços para reajustamento dos preços dos demais combustíveis (gasolinas, etanol, querosene de aviação e gás de cozinha) da Petrobras, certamente a imensa maioria da população (o povão e as classes médias, principalmente), que estão sendo obrigados a suportar esses aumentos, é que estão agora sozinhas com o problema. O traíra, Temer, já mostrou na prática, que está pouco ligando para os problemas que cria para a população, no seu entendimento e dos executores dessa política do golpe, é que todos devem se ajustar a essa nova realidade. Assim, o problema, que não foi de todo resolvido para os caminhoneiros, continua em toda sua extensão para o resto da população. Parece que os do golpe estão interessados em criar mais problemas, procuram direcionar a oposição para o enfrentamento. É bem avaliar, para decidir como enfrentar, agora, o golpe. Exigir a volta da política de reajuste de preços de derivados, possível com a redução da dolarização do petróleo nos custos da Petrobras, que produz a US$ 15,00/barril e vende aos brasileiros na estrutura de preços a cerca de US$ 80,00/barril, além do mais, libertando Lula.

  6. Mas imaginem quanto $ o Parente e seus amigos ganharam na Bolsa com sua demissão durante o pregão? Venderam suas ações da Petrobras antes de darem conhecimento da demissão, compraram depois com a queda de mais de 18% no preço das ações e venderão novamente na segunda feira, depois de sua subida inevitável…

  7. Presença do estado e redistribuição de renda são projetos distintos entre o PT e o PSDB. O PSDB não teria descoberto o pre sal, não teria feito o bolsa família e não teria realizado a politica de valorização do mínimo. Collor vendeu a CSN, FHC privatizou a Vale e as telecomunicações. O Temer entregou o pre sal e iria preparar a venda da Eletrobras e fatiar a Petrobras. Graças aos efeitos dos 121 reajustes do “CEO” da Petrobras o governo do Temer perdeu essa agenda. Lula e Dilma ajudaram os pobres sem confrontarem a ordem. Mas esse golpe jurídico e midiático que resultou no afastamento da Dilma por quatro decretos suplementares e plano safra e na prisão de Lula a doze anos de cadeia por “propriedade atribuída” explicitou todas as contradições da luta de classe. A queda do Parente pode ser o início da nossa redemocratização e a possível volta das forças progressistas ao poder será somada por muito aprendizado. Para enfrentar a desigualdade no Brasil tem que enfrentar a ordem.

  8. A pergunta que nos massacra é: como libertar o Brasil dessa ditadura exercida por todas as instituições ?
    A situação é dantesca, nem eleições temos certeza de que haverá, quanto mais se seriam limpas.
    Até greve aqui é promovida pela elite.

    1. Esta última afirmação é um equívoco que posso usar para lhe provocar um pensamento. Não se pode atribuir a derrota ao competência do inimigo.

    2. Parte de uma resposta possível a seguir.
      Pessoas com as quais converso insistem na tese se que Lula, Dilma e o PT são os responsáveis pelo que acontecem. Criticam Temer mas declaram-se a Alckmin e Bolsonaro, e por ai vai.
      A grande fonte de informações para essas pessoas continua sendo o JN. Para os que lêem algo, a Veja & Cia.
      Enfim, há pessoas que reclamam da miséria em que fomos lançados mas fazem questão de continuar ingerindo lixo tóxico.
      Enquanto assim for, os bandidos que usurparam o Brasil vão continuar achando que têm algum respaldo popular e vão continuar aprimorsndo o Inferno que uns criaram e pelo qual todos pagamos.
      Solução, se ainda houver tempo, é Lula de volta à Presidência da República.

  9. Engraçado, né? Vê se a Noruega privatizou sua empresa de petróleo. Inclusive, essa empresa (Statoil) foi uma das que comprou, na “bacia das almas”, parte do pré-sal dos brasileiros adoradores do “livre mercado”…

    1. E tem ainda o seu Fundo Soberano noruegues… um segundo orçamento nacional, muito bem gerido com prioridades muito claras…
      Tenho a seguinte opinião pessoal: pais de medio para grande que nao chegou a renda per capita de USD 38.000 ainda… se privatizar a base
      de suas empresas estrategicas é simplesmente burro.
      Pais que ja superou esse limite aproximado de renda, então pode se dar ao luxo de privatarizar ate os gluteos da mãe dele. E supertar as consequencias, claro. Porque algumas serão diferentes’ varias delas serão pessimas.

  10. :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra??S??il e postando: Poesia contra a distopia (Distopia = Ideia ou descrição de um país ou de uma sociedade imaginários (!??!!!????) em que tudo está organizado de uma forma opressiva, assustadora ou totalitária, por oposição à utopia. “Distopia”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, [consultado em 13-10-2016].) : Poema acróstico de autoria do PoeTa anarcoexistencialista Cláudio Carvalho Fernandes para o maior e melhor brasileiro de todos os tempos : Luiz Inácio LULA da Silva :

    L ouvemos quem bem merece o mais pleno louvor:
    U m homem simples, como as coisas boas da vida,
    Í ntimo camarada, nosso irmão e amigo de valor,
    Z elando sempre pelo bem da humanidade querida.

    I nimigo dos maus, amigo dos bons, trabalhador
    N ascido do povo que muito o ama e admira,
    Á rvore de bons frutos, os de melhor sabor,
    C onsciência plena de tudo que no mundo gira,
    I magem perfeita do homem de si senhor,
    O humano defensor de humana lira.

    L uz de nossa gente, lutador incansável,
    U m verdadeiro herói do povo brasileiro,
    L úcido e consciente do mais admirável
    A mor pelo ser humano e verdadeiro.

    D igno e sincero, fraterno e muito humano,
    A migo do povo, honesto e sempre lhano.

    S eja o meu/nosso canto para te louvar,
    I sso que a voz do povo já disse várias vezes:
    L ula, o BraSil vive mais feliz só por te amar,
    V itória da melhor sorte no número treze,
    A fazer do brasileiro a humanidade a se ampliar.
    ::
    Autor: Cláudio Carvalho Fernandes ( PoeTa anarcoexistencialista )
    .:.
    L uz do povo brasileiro,
    U m digno e fiel lutador,
    L astreando com real valor
    A honra do BraSil inteiro.
    .:.
    L ula livrou 36 milhões da pobreza,
    U m feito memorável, sem precedentes,
    L utando contra a mídia venal, teve a certeza
    A bsoluta de estar ao lado dos brasileiros conscientes.
    .:.
    L ivrando da miséria extrema 36 milhões de brasileiros,
    U m feito sem igual, que, por si só, já bastaria,
    L ula segue sendo no mundo um dos primeiros
    A fazer de seu povo a eterna rima rica de sua poesia.
    .:.

    ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ?
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) ! ! ! ! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem contemporizações indevidas, ou seja: SEM VASELINA) 2018 neles/as (que já PERDERAM, tomaram DE QUATRO nas 4 mais recentes eleições presidenciais no BraSil) ! ! ! ! !
    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ?
    ????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
    :: ????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
    ::

  11. Me dei ao trabalho de assistir um pouco o canal de informações dos caminhoneiros, que estão articulando a greve que começará à zero hora de segunda feira. Os caminhoneiros ficam mantendo contato de toda parte do Brasil, manifestando adesão e dando sempre um curto recado. Não sabem dar um recado forte que seja fruto de análise mais ou menos correta da situação. A análise deles é apenas uma: Com o parafuso a apertar, não será possível sobreviver. Estão como que desesperados. Entre estes recados, há quem fale da situação de penúria em que se encontra sua família, mas há alguns bem curiosos. Um caminhoneiro (?) falou que é preciso derrubar o governo, porque a Bolívia e a Venezuela estão se preparando para invadir o Brasil, já que o Maduro falou que ia realizar esta invasão. E que o Exército estava muito preocupado com isso, mas que o Trump já havia prometido mandar aviões e tanques para nos defender. Outro caminhoneiro, botou a culpa de tudo o que está acontecendo no governo de Minas Gerais. Outro, espinafrou os mortadelas e baderneiros da CUT enquanto outro pregava não apenas o voto nulo, mas também a quebradeira das urnas. Não têm a mínima lembrança de que viviam muito bem nos tempos do PT. São uns coxinhas profundamente frustrados, mas ainda sem saber nada sequer sobre a política de preços destruidora da Petrobras. Quem está no comando, entretanto, fala em mudar o país, fala que do jeito que está não dá mais, mas não tem a mínima ideia do que deseja que venha em seu lugar. Ameaçam dar porrada em qualquer cantor ou artista que se aproxime deles, o que indica outra pontinha de extrema direita. Eles mesmos reconhecem que não sabem o que querem, a não ser que este governo saia. Temos que juntar a isso a informação de que o governo afirmou que está monitorando a comunicação entre eles. Monitorando só, ou interferindo? Isso tudo indica o quanto são poderosos e quanto são vulneráveis e tontos. A direita radical e até o próprio governo pode muito bem entrar dentro de seus cérebros e ficar à vontade. Não têm nada de profundo, a não ser o ódio intuitivo pela esquerda, produto de enxurradas de mentiras, difamações e demonizações diárias pela mídia de direita. Certamente que há alguns deles politicamente conscientes, mas estão calados. Não há nada mais triste que a revolta de inconscientes. https://www.youtube.com/watch?v=CjblR42hgG0

  12. Essa obsessão de alguns pseudo conhecedores de economia contra as estatais como se fossem um grande problema em vez de ser o contrário, colonistas como diz o Amorim, não sabem coisa nenhuma… um dado: a França e sua pujante economia tem 4.870 estatais com mais de 5.000 filiais enquanto o Brasil tem 257 estatais, segundo uma plataforma fiável e corporativa onde pesquiso. Até alstom, Renault e total tem controle acionário do Estado. Alguém duvida da força da economia francesa?

    1. A Volks alemã tem 20% do capital nas mas do estado ate hoje.
      A China cresce ha 35 anos com zilhares de estatais e planos quinquenais…
      Tudo liderado por um partido, que é unico.
      Porem nao tem cabeça colonizada, nem remetem o grosso do capital para fora.

  13. O que mais me impressiona é admitir que o judissiario brazileiro possa estar por trás desta verdadeira destruição de uma das maiores empresas petrolíferas do mundo , se não a maior. O executivo foi posto lá para retornarmos a condição de colônia , da qual estávamos escapando celeremente nos últimos anos. O legislativo é grotesco , onde a maioria se vende por dois tostões. Está no Judissiario uma das figuras mais destrutivas jamais paridas neste país , o tal de Sérgio Moro , que por incrível que possa parecer , tem total controle sobre o STF. Para onde estamos sendo conduzidos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.