O “Caso Paraguai” segue ignorado pelos jornais brasileiros

Sob quase total omissão da grande imprensa – e mesmo a nossa, dos blogs, que não temos meios para uma apuração internacional, ressalva feita ao GGN, de Luís Nassif, que tem acompanhado as notícias – vão surgindo mais suspeitas de interferência de Jair Bolsonaro nos negócios com a energia de Itaipu que quase derrubaram o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez.

Hoje, na manchete do ABC Color, maior jornal do país vizinho, há uma informação que mal saiu aqui: Alexandre Giordano, suplente do Senador Major Olímpio e apontado como negociador da empresa Leros, que seria beneficiada com o direito de comercializar a energia paraguaia excedente da Hidrelétrica de Itaipu, esteve no Palácio do Planalto no dia seguinte ao encontro entre os dois presidentes.

Giordano deu uma desculpa pública de que foi fazer uma visita ao general Floriano Peixoto, que sequer estava no Palácio do Planalto na hora do registro do ingresso do suplente de Senador.

A agenda de visitantes , obtida pelo deputado Ivan Valente, do Psol, com base na Lei da Informação, não acrescenta notícia sobre quem autorizou sua entrada e o recebeu.

A história está sendo contada pelas beiradas pelo esforço da repórter paraguaia Mabel Rehnfeldt e o nosso grande jornalismo investigativo vai fazendo o papel de cavalo paraguaio.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

14 respostas

  1. Quase certamente, está explicado o motivo para ocultar por 5 anos a agenda dos ‘encontros’ de Bolsonaro nos palácios da Alvorada e do Jaburu, decretado hoje, 28/08/2019, pelo Cu Falante.

  2. Pode silenciar Globo.
    A Band SBT e Record nao exibem pq sao pobrinhas coitadas quem trabalha la passa fome
    Pode calar se Globosta
    A Netflix vai faturar uma nota preta com um docudrama sobre tudo isso
    Que vcs esconderam

      1. Me considero ateu na concepção destes idiotas religiosos. Acredito em uma força criadora primária qual tudo criou e continua criando em diversidade. E nestas diversidade, diversos religiosos idiotas seguidores de pilantras propagadores desta pueril doutrinação.

  3. Certamente isso tem a ver com a decretação do sigilo sobre visitas ao Planalto e Alvorada feita hoje.

  4. Um dos maiores responsáveis pela destruição de nossa soberania, entrega do pré sal, Embraer, Base de Alcântara, eleição de Bolsonaro( presidente traidor dos interesses do Brasil), é a nossa mídia escrita e televisiva, comandados pela Globo. Atualmente somos colonia dos Estados Unidos, temos a população pior informada do planeta e um abismo entre ricos e pobres provocado pela desigualdade social. Some-se, a isso tudo, um poder judiciário composto pelo extrato social mais reacionário e desumano, que aqui habita.

  5. Pode silenciar Globo.
    A Band SBT e Record nao exibem pq sao pobrinhas coitadas quem trabalha la passa fome
    Pode calar se Globosta
    A Netflix vai faturar uma nota preta com um docudrama sobre tudo isso
    Que vcs esconderam

    1. Por isto é mais que necessário que tenha uma Ley de Medios no Brasil. Ley de Medios que impeça a existência de Redes de Comunicação que tenham abrangência sobre o território nacional. Seria necessário colocar nessa Ley de Medios que uma empresa de telecomunicação só pode ter espaço num só estado, se optar por São Paulo não poderá ser dona (ou participação direta ou indireta) em outra empresa de telecomunicação no Rio de Janeiro. Dessa forma quebra-se a influência dessas redes de telecomunicação de influenciar pessoas do país inteiro através de programas “jornalísticos”, novelas, programas de auditório medíocres e emburrecedores (Sílvio Santos, Faustão, Hulck, etc). A transmissão de um pool de emissoras (que poderão se reunir em redes nacionais) só poderá ocorrer para a transmissão de competições esportivas internacionais (tipo jogos olímpicos, jogos panamericanos, copa do mundo, libertadores) ou campeonatos brasileiros de modalidades esportivas).

  6. Agora sim entendi a medida inesperada de tornar se tornar as agendas de visita do Planalto e do Jaburu em confidenciais com 5 anos de sigilo…
    O motivo está aí.
    Encobrir as manobras Bolsonaras…

  7. O Jaburu e o Alvorada tornaram-se ninhos de urubus. Por que essa lei? O que querem esconder? Se bem que a pergunta tem resposta óbvia. Leros x Itaipu é uma delas. Um burraldo não pode, sozinho, enganar uma nação inteira. Fora Bozonero!

  8. A ” grande imprensa ” brasileira que ajudou a eleger Jair bolsonaro ainda tem esperanças de ” cavalgar ” o cavalgadura . Provavelmente não está na hora de manda lo pastar em outras cercanias .

  9. Os lacaios dublês de jornalistas são muito valentes contra o Partido dos Trabalhadores. Latem muito, arreganham os dentes. São cães de guerra. Já contra os bandidos graúdos, mafiosos, amigos dos patrões, são mansinhos. Chegam a lamber os pés.
    A profecia de Pulitzer se cumpriu à risca nesta pátria do Cartel: uma imprensa vil e mercenária formou uma sociedade tão canalha quanto ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *