O centro vai oferecer chuchu com jiló nas eleições?

chuchujilo

Na Folha – como há dias, no Estadão – trata-se de uma aliança das forças do golpe, com a possível união entre Michel Temer e Geraldo Alckmin em torno da candidatura do segundo, já que a do atual presidente não passa, como se disse aqui, de mero factóide.

Como o perdão do jiló, que tem lá seus adeptos, é um prato frio de chuchu com jiló que se pretende servir na eleição?

Ou é mais uma esperteza de Temer que visa a dar o governo de São Paulo ao “pato da Fiesp” elevando João Doria a cabeça de chapa, no lugar de Alckmin?

O problema é que nem mesmo em São Paulo a cara de “novo” de Doria esconde a velhice decrépita do que ele representa. E, como cardápio, é duro achar que a ração humana pode ser mais saborosa.

Uma coisa ou outra, é medida do grau de desepero das forças políticas que foram o núcleo do golpe de 2016: PMDB e PSDB.

Valem hoje, somados, metade do Bolsonaro que pariram.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. Qual “centro”, Fernando? Essa cachorrada é e sempre foi de direita. O centro é Lula, por isso quiseram eliminá-lo.

    1. Você está sendo generoso.
      Eles são mesmo é extrema-direita, emprensando-se, com Bolsonaro, lá bem perto do nazismo que não têm coragem de assumir.

  2. O ninho tucano possui tantas ou mais víboras e cobras do que aves de rapina.

    O picolé-de-chuchu se esconde atrás da aparência de padre e/ou de médico caipira-bonachão do interior; ele tem o apoio amplo e irrestrito do PIG/PPV, da banca, das oligarquias e empresariado vira-lata paulista; mas máquina mais importante que os tucanos controlam há mais de 20 anos, sobretudo em SP, é a do sistema judiciário.

    Os tucanos de alta plumagem de SP só não estão processados, condenados e presos porque controlam o sistema judiciário do estado e mesmo da União; as corrupções dos tucanos, nos estados que governaram e ainda governam, assim como aquela verificada no âmbito federal, na era FHC, são centenas de vezes maiores que as observadas nos governos petistas.

    O PSDB de Alckmin, Serra, FHC, dória, Aécio Cunha, Beto Richa, Cássio Cunha Lima, Marconi Perillo, Arthur Virgílo, Pedro Taques, et caterva nasceu de costela do PMDB e del NUNCA se desvencilhou. O PSDB foi inventado porque o estelionato eleitoral de 1986 e o governo Sarney colocaram a pá de cal nas pretensões do PMDB em chegar à presidência da república por meio do voto direto. O PSDB JAMAIS foi social democrata, mesmo que a elite uspiana tenha insistido nessa farsa/fraude por quase 30 anos. A própria USP e seus intelectuais, como mostra Jessé Souza, nada mais é é do que a ala acadêmica doo coronelato e oligarquias de SP, alinhadas com os interesses dos EUA

  3. Não se minimize a capacidade de fazer mal dessas biografias! Temos um TSE amansável; urnas que não permitem a recontagem de votos. Muita atenção, portanto.

  4. “Centro”? Desculpem qualquer coisa, mas acho que os caras d’O Estragão tem sérios problemas na hora de fazer sexo, dada a dificuldade que possuem em deistinguir onde ficam o centro, a direita e a esquerda.

  5. A direita está desesperada buscando qualquer candidato em que possa se pendurar. Se o marcola aparecer viável numa pesquisa, vão de marcola. Escrúpulos??? as favas com ele. É Justamente com a ausência de escrúpulos que governam o golpista e o picolé de chuchu. Meu Deus, Meu Deus, se eu chorar não leve a mal.

  6. PSDB é cria do ( P) MDB. Costela da podridão, irmãos de sangue. Sempre um se utilizou do outro para conseguir o poder político. Hoje, MESMO com a mídia, descem ao inferno, de onde NUNCA deviam ter saído. Estão nus.

  7. Adjetivar esses dois é difícil. Qualquer adjetivo parece ser insuficiente para o significado nefasto que eles encerram.

  8. Muito na política e na guerra pode ser aceitável ..mas uma coisa que não passa é a prepotência e o menosprezar dos adversários

    FATO, como diz Ciro, com o GOLPE o BRASIL corre sério risco de eleger um candidato anti-pobre, anti-povo e anti-nacional ..eu acrescentaria anti-civilidade, anti-direitos elementares, anti-Estado, anti-minorias

    URGE aos movimentos progressistas, e todos aqueles que estão alinhados com seus pensamentos, refletirem PRIMEIRO sobre seus reais e gigantescos problemas, ao invés de ficarem desdenhando sobre a seara alheia

  9. os srs poderiam democraticamente liberarem meus comentários ..e não deixarem pra meia noite ?!

    ou ao menos assumirem o porque da censura ?!

  10. Protesto contra a referência depreciativa ao jiló. Ainda mais nivelando-o ao vampiro. Um ultraje! Vê-se claramente que o carioca Fernando Brito, não tem ideia do que é uma boa fritada de jiló com fígado na chapa no Mercado Central de BH. E ainda, acompanhada com uma saborosa cachaça de Buenópolis ou Salinas. Por favor, Brito, experimente a iguaria primeiro antes de detratá-la de forma tão bolsômonia aqui no tijolaço.

      1. Foi só uma brincadeira, amigo Fernando. Mas da próxima se puder arrumar outra coisa para o lugar do jiló para se fazer analogia com o vampiro, nós, os mineiros atentos aos seus combativos tijolaços, apreciaremos mais. Um grande abraço e parabéns e obrigado por sua luta que a todos inspira.

  11. Nestas conversas entre tucanos e araçarís, tão festivamente prestigiadas pela mídia ornitológica do país, não se escuta falar de povo. É como se o povo não existisse. Cada um candidato a presidente quer agradar mais e mais a este ser inefável chamado “mercado”, e fala abertamente sobre as maravilhas que fará na presidência para que o “mercado” seja adorado condignamente. Mesmo que tais maravilhas sejam fogo de fuzil no paredão em cima do pobre povo, eles falam abertamente, como se o voto que os elegerá não viesse do povo, e sim, exclusivamente do tal “mercado”. A impressão que dá é que eles se preparam para uma escolha que não passará por nenhuma eleição democrática, nem dependerá do voto popular de nenhuma maneira. É bom que tenham em mente que o Exército já se manifestou dizendo que só aceitará uma escolha de governante que passe por uma eleição livre realizada pelo sufrágio universal, na qual o povo escolha livremente seu líder máximo. Foi isso que o Exército do Brasil falou com todas as letras.

  12. União de pescoço com a guilhotina. Achamos bom mesmo, pois, se nenhum dos dois tinham a menor chance, Unindo a porcaria com excremento dá no mesmo : Uma porqueira!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  13. Manéquiavéis de Higienópolis e da CitiPinheiros, um é o fiel depositário dou outro, uma mão suja lava a outra. Temer salvava FHC do impeachment, agora FHC idealizou o impeachment que conduziu Temer ao poder. Atrás dos dois a casa de máquina do Golpe, a Grande Imprensa opera as claras envenenando o ar, a outra, o Mercado, nas sombras impõe sua agenda de pilhagem. Todos agora aos trancos e barrancos caminham impávidos para a próxima derrota eleitoral, só podem contar com improvável e o imprevisível para superar o obstáculo intransponível das eleições
    tic tac tic tac

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.