O chanceler da ignorância pomposa e seus “termostatos do asfalto”

Não saber não é vergonha.

Falar peremptoriamente sem saber, é.

O energúmeno que ocupa o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, hoje, na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, criou uma nova explicação sobre o fenômeno do aquecimento global.

Segundo ele, os registros de aumento da temperatura estão acontecendo porque, agora, os “termostatos” estão mais “perto do asfalto”.

O vídeo está ao final, para atestar a estupidez.

O sujeito que vai discutir os problemas climáticos mundiais e que se arvora em recusar centenas, milhares, dezenas de milhares de estudos de cientistas sequer sabe que “termostato” não é instrumento de medição de temperatura, mas de manutenção de um  determinado grau de temperatura em equipamentos ou ambientes.  É coisa do cotidiano: é usado no ar condicionado, no automóvel, para ligar a ventoinha e em fornos, domésticos ou industriais, entre outras aplicações.

O que mede temperatura é termômetro. Isso, aquele que a gente sacudia para baixar e não sacode mais, porque proibiram os de mercúrio. É uma coisa recente: foi inventado por Galileu Galilei no século 16, talvez o Ernesto Araújo ainda não tenha tido a oportunidade de conhecer.

Os termômetros usado nas estações meteorológicas, usados para registrar máximas, mínimas e médias de temperatura seguem uma rigorosíssima regra de instalação, que garante padrões o mais possível constante de coleta de dados.

Para o senhor ficar ciente, transcrevo um trechinho de uma explicação do Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia -sobre isso:

“As instalações das ECP [ Estação Climatológica Principal ] são absolutamente iguais em todo lugar. A isso chamamos padronização. Como reflete mais que qualquer outra, a cor branca protege os equipamentos contra o aquecimento provocado pelas próprias instalações; analogamente, sendo a madeira um bom isolante térmico, ela interfere menos nas condições ambientais. Também a superfície gramada é para evitar excesso de aquecimento do solo, impedindo-o de se tornar uma fonte de calor artificial. Importante destacar que todas as ECP’s são igualmente construídas com os mesmos materiais, mesma cor, mesmas dimensões e mesma orientação norte-sul, possuindo, ainda, os mesmos instrumentos. Somente assim os dados observados poderão ser comparados entre si, uma exigência da ciência!”

Agora que o senhor viu que não sabe nada e fala muita bobagem, faça um exercício de humildade. Será que gente que dedica a vida ao estudo do clima não sabe que asfalto e prédios colados aos termômetros iriam interferir nas medições?

Acha que são idiotas irresponsáveis como o senhor?

Dói saber que é este o nível do chefe de uma diplomacia que tem, entre seus deveres, participar de acordos climáticos.

O ídeo desta baboseira está abaixo e, na íntegra, aqui.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

28 respostas

  1. O Brasil atingiu tal nível de imbecilidade em sua representação nacional que chega a nos dar desânimo. Negar o aquecimento global em pleno século XXI, com todas as evidências disponíveis, já é por si só uma aberração cultural ou sintoma de desonestidade intelectual. Mas um ministro de Estado negar o aquecimento com argumentos como esse, a deitar falação sobre os tais “termostatos no asfalto” é de doer a alma e o coração de qualquer brasileiro, tamanha a vergonha mundial que passamos a representar. Sinceramente, não sei o que é pior – o “Kafta” do Weintraub, o termostato dessa besta do Araújo, as baboseiras estúpidas daquela senhora da goiabeira ou as asneiras proferidas diariamente pelo idiota-mor que leva a faixa presidencial. Mas o mais terrível mesmo é saber que metade dos eleitores considerou normal eleger esse tipo de gente. Dá vontade de mudar para a Patagônia e deixar o Brasil se explodir.

    1. Ah, mas teve um pior: o “Marx e Hegel” dos procuradores patetas que pediram a condenação de Lula. Não fosse este episódio, não estaríamos presenciando todos esses outros.
      #LulaLivre

    2. a Academia se posiciona de uma forma covarde,não cobra responsabilidade do Estado de colocar em cargos de decisao pessoas sem o menor conhecimento do assunto.

      seria necessário uma representação junto ao Judiciário de um Conselho de Notáveis pedindo o impedimento de pessoas sem conhecimento científico mínimo,
      tem que haver um limite entre a conquista civilizatória e a barbárie no exercício do poder político no século XXI,

      vejam a questão do Moro,um desqualificado acadêmico,e em hora alguma uma USP se posiciona para o contraditório.
      quem gera o conhecimento para qualificar uma pessoa para um determinado cargo tem obrigação de confrontar a verdade do conhecimento praticado,levando as últimas conesequências as interpretações possíveis.

      isto é ciência .

      ou não?

  2. Será que nessa comissão tinha alguem com capacidade para refutar tal asneira , ele estava falando para iguais ou pior que ele , essa é que é a pura verdade .

  3. Essa “idiotice” é propositalmente planejada para poder causar polêmica e terem seus minutos de fama e espaço na mídia. Todos, orientados pelo “chefão”, viram que esse tipo de marketing lhes rendem muitas linhas nos jornais e espaços preciosos na rede. Como eles não tem projeto algum para o Brasil, conseguem intertir a plebe ignara com essas picuinhas em troca de não lhes cobrarem soluções para questões esseciais, como o desemprego por exemplo.

  4. carai! que mais não acontece ? nem tive coragem de ouvir tamanha asneira e “isso daí” representa o pais!

  5. Ele não queria “bundar” muito nisso mas é um assunto “interessante”.
    A ideologia neo-nazista faz os idiotas perderem a vergonha.

  6. As energias renováveis estão cada vez mais baratas, e a opção de usá-las não têm nada de ambientalismo, mas sentido econômico: Business as usual.

    Certamente Trump sabe o que o futuro reserva aos EUA: À medida que os países forem se tornando independentes na energia, menor importância terá o petrodólar (o principal artefato bélico dos EUA). Daí essa questão de refutar o aquecimento global.

    O resto é papagaiada do lambe-botas Araújo: Currucupaco, currucupaco!

  7. “Nunca, na historia desse país, tivemos ministros tão capacitados para gerir suas pastas como nesse governo.”

    Quantas vezes já ouvimos essa frase estúpida?

  8. corre vídeo aonde General HELENO ..um general do exército brasileiro ..defende a tontice de se acreditar que a terra e´”redonda” ..ISSO MESMO, tontice por se acreditar no POLO SUL e NORTE, no ÁRTICO e na Antártida, na bússola tb.

    ..se isso tudo é vindo de gente que estudou no Instituto Barão do Rio Branco ..ou em escolas SUPERIORES das F.F.A.A., aqui é de nos perguntarmos o que colocam na sopa desses camaradas..

  9. E aquele animal da cjarge no início da matéria, o que é? Será um BURROCTOPUS, animal que vem se multiplicando tanto nos últimos meses, tendo se instalado inclusive na Presidência da República?

  10. Eis aí o padrão bolsonaro, prepotente e idiota, muito ao jeito da classe média cheirosa.

  11. Perdoa Pai . . .
    ELES (O DESGOVERNO), não sabem o que PENSAM, DIZEM ou FALAM.
    Puta que os PARIU !

  12. O termostato cerebral desse indivíduo, assim como dos demais integrantes da bozzolandia, devem estar localizados nos fiofós, devido a isso suas idéias estão totalmente descontroladas. Talquei !

  13. Não se trata de implicância, mas, da constatação nua e crua da realidade, estamos a mercê da burrice na sua forma mais cruel. PQP.

  14. kkkkkkkkk não consegui ver até o fim. Essa equipe de governo, não fosse a tragédia que nos causará, é mais engraçada que escolinha do prof Raimundo, os Trapalhões, os tres Patetas e por aí vai.

  15. Termostato = chave de temperatura. Comando elétrico (ou eletrônico) que é acionado à uma temperatura determinada.

  16. FB, o sujeito é tão imbecil que acabou de dar outro argumento pra tese do aquecimento global. Se a tese diz que o aquecimento global é causado pela ação do ser humano e o asfalto aumentou a temperatura média, logo a temperatura aumentou por uma ação do ser humano! Até os seguidores dessa mula entenderiam isso, embora fazendo as caras daqueles medievais do “Monthy Python e o Cálice Sagrado” quando chegaram à conclusão de que as bruxas são mais pesadas que os patos.

  17. A ignorância lhe subiu à cabeça.
    Prepotência e ignorância é só o que se vê neste surto fascista que domina o Brasil.

    Curiosidade: Como é que o Conge de Maçaxutz chegou a juizeco? E o “beato do poipoint”, ao MPF?
    Corrupção?

  18. O Bozochanceler está de bom tamanho para o seu presidente.
    Ignorante e sem vergonha alguma de sê-lo.
    Ignorante e arrogante.
    Ignorante e pretensioso.
    Ignorante e olavete.

  19. Repassei o artigo para um amigo e ele matou a charada: “O Poste pensa que estação meteorológica são aquelas que se vê nas ruas com a hora e temperatura”.

  20. Olha sinceramente não da para acreditar que um asno galopante como esse eo ministro das relações exteriores do Brasil ea calvagadura ainda tem coragem de falar em ideologia duvido que o mesmo tenha miolos, é caso de investigar o que acontece com a cabeça de certos indivíduos ,estamos sendo levados ao ridículo no mundo inteiro que vergonha mundial o Brasil vai voltar a era das cavernas se já não voltou .que saudade do Celso Amorim.

  21. Termostatos nos asfaltos ? Rá, Rá, Rá. O Barbicha deveria escrever textos para programas humorísticos na TV e não ser ministro de relações exteriores. Barbicha nem sabe o que é termostato, que são usados em sistemas de controle de temperatura. Ele vai querer controlar a temperatura do asfalto ??? A temperatura do asfalto, pelo Barbicha, teria o controle ON/OFF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *