O crime é um negócio; a vida humana, uma droga

O governador, orgulhoso, diz que seus “snipers” estão agindo “sigilosamente” (o novo nome de clandestinidade) estourando cabeças de bandidos.

“Eles já estão sendo usados, só não há divulgação. Quem avalia se vai dar o tiro na cabeça ou em qualquer outra parte do corpo é o policial” diz ele a O Globo.

Naa manchete do jornal, resultado da “política de segurança” deste enfrentamento: as milícias  já estão presentes em 14 cidades do estado e  controlam 26 bairros do Rio. “Somente no município do Rio, estão sob o jugo de milicianos, direta ou indiretamente, cerca de 2,2 milhões de pessoas”, informa o jornal.

Compostas por policiais, ex-policiais, agregando bombeiros militares e agentes penitenciários, elas passaram, também a controlar o tráfico, além de uma lista que vai de controle do transporte alternativo, venda do gás, tv a cabo e internet, agiotagem, grilagem e contrabando de cigarros.

Como funcionam em promiscuidade com o aparelho policial oficial, a raras ações feitas contra ela têm poucos resultados e é evidente a “benção” que recebem e o dízimo que pagam aos agentes do Estado.

O crime não é só um produto da injustiça e da iniquidade social, nisso eles têm razão.

É um negócio, um grande negócio, patrocinado hoje em dia tanto pelo governador quanto pelo Presidente da República, que já disse que os milicianos seriam “muito bem-vindos”, dada a incapacidade do estado de fazer cumprir a lei.

E como defender legalidade nas operações policiais é “defender bandido”, matam-se os bandidos “selecionados” para que o exército da milícia expanda seus lucros.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

20 respostas

  1. Não existe lei que aplique a pena de morte no Brasil.
    Quem a pratica comete homicídio.
    Quem a autoriza é mandante e participe que, se juntarem outros dá formação de bando ou quadrilha.
    Quem julga se deve atirar na cabeça ou em outra parte do corpo para aplicar a pena de morte também está praticando o crime de usurpação de função pública (juiz).
    Estamos sendo governados por uma quadrilha confessa. O estado de direito que diz que todos são iguais perante a lei foi para o cacete.
    Enfrentamento não é covardia. Miliciano é covarde por sua própria natureza. Não vale nada. É escória.

  2. A DITADURA É REAL,A CONSTITUIÇÃO FOI MAIS UMA VEZ RASGADA POR QUEM JUROU SEGUI-LA,DEFENDER E RESPEITAR COM A DIVULGAÇÃO DE UM VÍDEO ENALTECENDO ASSASSINOS,TORTURADORES ESTUPRADORES PELO PALÁCIO DO PLANALTO OCUPADO POR UM MILICIANO PSICOPATA SOB A PROTEÇÃO DO JUDICIÁRIO E DAS FORÇAS ARMADAS. ISSO É DITADURA POIS EM UMA DEMOCRACIA O FILHO DA PUTA NEM RETORNARIA DE ISRAEL POIS SERIA DESTITUÍDO E PRESO. ELES QUEREM NOS SUBJUGAR,QUEREM NOS ESCRAVIZAR,PRENDER E MATAR E SE NÃO REAGIRMOS O FARÃO.
    MALDITAS FORÇAS ARMADAS,MALDITO JUDICIÁRIO,INSTITUIÇÕES NAZISTAS QUE DEVEMOS COMBATER E VENCER.

    1. A nossa Constituição foi rasgada! Não temos mais lei, se é que tivemos em algum momento! Mentalizo para que a vida desses golpistas e apoiadores se torne um verdadeiro inferno!

  3. O escroto que governa o Rio é um corrupto monumental. Mirar na cabeça do pobre diabo que vai vender um tubinho eppendorf cheio de droga podre para um desgraçado qualquer, é um exercício de tiro ao alvo. Um sádico, uma porcaria, como seu ídolo. GrãPuta. Mira na cabeça dos senadores, milicos, banqueiros e outros dejetos que trazem droga, pasta base, para empestear o país. Você não tem peito. Você é um deles. Não fica na minha frente. No mais, me parece que, em parte, o Brasil está sendo vitimado. Por bandidos.

  4. Tinha um célebre locutor esportivo que, nas transmissões de futebol, diante de uma falta absurda, grosseira, evidente, clamorosa, dizia “Mas o que que é isso, minha gente?!??!!!”…

  5. O povo pediu nazistas assassinos no seu governo, e é isso que está recebendo. PARABÉNS !!
    Não esqueçam de sair de casa com um capacete à prova de balas. Deve ter à venda por aí, no Mercado Livre talvez.

  6. O Bolsonaro é um produto da conspiração mídia, justiça e forças armadas. Tem um aspecto positivo nisso. O fracasso do seu governo levará de volta para os quarteis os militares e distanciará os juízes da politica partidária tão explicita. Vamos matar três coelhos com uma única cajadada. Afastar extrema direita do poder, militares do executivo e juízes dos palanques.

    1. Pelo q vejo isso tudo é estratégia explícita para passar o governo para o Mourão. Tudo muito bem arquitetado entre milicos, bozo e cia. Estão levando ao extremo para q o povo saia às ruas pedindo pelos milicos, ou aceite Mourao pensando q o monstro foi liquidado. Um erro pensar isso pois Mourão com certeza sera cirúrgico em seu projeto de destruição. Talvez seja ainda mais horrendo com suas luvas de falsa pelica. É explícito demais o q acontece; os choques diários q sofremos com notícias estrondosas e horripilantes são todas planejadas e têm objetivos precisos. Impedir tempo de reflexão para q a esquerda se una e se solidarize. É perversão em grau altíssimo. O buraco q se encontra o Brasil risca de não ter fundo jamais. A esquerda ainda está fragilizada e com seus eternos fogos amigos para destruir nosso Lula. Enfim, pela primeira vez acredito q o mal cresce com desenvoltura e as pessoas estão cada vez mais atomizadas. Brasil assusta o mundo e não vejo sequer uma alma aliada desse governo q mereça confiança. É VIDA DE GADO MESMO. Filme de Horror.

  7. Diante de um cenário de foras da lei de todo tipo, havendo até hordas pseudo-legais de foras da lei, mais que nunca se impõe o império da sensatez sobre o desatino, do racional sobre o animalesco, da inteligência sobre a estupidez, da firmeza institucional e legal sobre o voluntarismo impetuoso da barbárie. Vamos lutar para conseguir atravessar estes quatro anos tendo ainda, ao chegar a seu fim, pelo menos um simulacro de democracia que possa ser usado em favor da restauração moral e material de um país destruído, despojado de sua justiça, de sua soberania e deixado ao léu sem educação, sem juízo e sem saúde.

  8. E ainda tem gente que escuta as palavras Estado de Direito e as associa à palavras como direita, burguesa ou a capitalismo. Não, definitivamente não. Implantar um Estado de Direito seria no Brasi uma verdadeira Revolução. O Brasil quebra a velha dicotomia entre Reforma e Revolução que tanto dividiu e cindiu a esquerda no mundo e no Brasil. A social democracia com suas reformas sociais e sua moldura do Estado de Direito Democrático é em nossas condições locais uma verdadeira Revolução. Se alguém dúvida disso é só botar o rosto para fora e sentir o vento frio da Contra-Revolução e se preparar para o inverno que nos espera.

  9. Vivemos uma situação dificil . Como ultrapassar tão horrível estado eu não sei. Somente a União muito forte de cada cidadão. O Brasil vive um estado terrível.

  10. O que está acontecendo, são assassinatos de gente pobre! Já viu algum atirador atirando em alguém no Leblon? A polícia lá fala baixinho e com toda educação possível. Já nas favelas, a história é outra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *