O dia em que torci por Jesus

Tricolor desde criança, dos tempos em que saía de cor o “Félix, Oliveira, Galhardo, Assis e Marco Antônio…” da Taça de Prata de 1970, a vida inteira foi, claro, “secar” o Flamengo .

Desta vez, porém, aboli a tradição de meio século e desejei – torcer já seria hipocrisia dizer – a vitória flamenguista.

Muito por causa de Jesus – o Jorge, não o Nazareno – que, bom português, nos fez ver no futebol de novo o espírito do lendário Gentil Cardoso, do qual o João Saldanha, felizmente apropriou-se naqueles anos 70: o de “correr atrás da bola como quem corre atrás de um prato de comida”.

Hoje cedo, quando falei disso, uma pessoa disse que tinha ficado surpresa como, na vitória por 5 a 0 sobre o Grêmio, tinha ficado espantada como ele, com este placar, continuava transtornado, estimulando o time flamenguista e lembrei-me da abulia do Felipão no meio do desastre do 7 a 1 para a Alemanha.

O fato é que cedemos todos a este clima, inclusive alguns amigos botafoguenses

Vinha a tarde modorrenta, em que a ameaça de chuva refrescava o sábado de sol e preguiçoso, meu filho de 14 anos – que já torceu para dois ou três times – não queria ir para a rua num destes botequins de calçada – assistir o jogo.

Enchi-lhe o saco até que foi, no finzinho do primeiro tempo, submetido ao que acho que ser meu dever de pai de acostumá-lo e aproximá-lo do sentimento coletivo, fosse triste ou alegre.

Só isso nos tira do plano mesquinho do indivíduo e nos faz dar-nos, generosamente, ao sentimento coletivo.

Que, claro, o empolgou, mesmo quando aos 42 minutos, o jogo e o sonho pareciam perdidos.

E não estavam, como ensinava a filosofia do Chacrinha, ao dizer que “o programa só acaba quando termina”.

Não importa que, amanhã, o finório Bolsonaro, que é Botafogo, vá fazer demagogia de camisa do Flamengo.

Não cola…

Foi um dia de alegria – e de inesperada superação – para a maioria dos brasileiros, que não precisam ser flamenguistas para desejar a felicidade de seus irmãos, embora possam – e até devam – ter suas rixas domésticas.

Quando um povo festeja, não odeia.

Um dia, Leonardo Boff escreveu que “a festa é o tempo forte da vida, onde os homens dizem sim a todas as coisas”.

Pois é, um povo alegre nunca é mau.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

54 respostas

  1. Infelizmente assim como a religião o futebol é ópio do povo. Haja alienação tanto que governantes tiranos adoram se apropiar desta paixão popular, Médici com seu radinho de pilha colado ao ouvido no Maracanã e agora Boçalnato.

  2. Sempre tentei adivinhar para qual time você torce. Graças a Deus é tricolor de coração. Fiquei muito feliz de saber. Obrigado.

  3. Sempre tentei adivinhar para qual time você torce. Graças a Deus é tricolor de coração. Fiquei muito feliz de saber. Obrigado.

  4. “Enchi-lhe o saco até que foi, no finzinho do primeiro tempo, submetido ao que acho que ser meu dever de pai de acostumá-lo e aproximá-lo do sentimento coletivo, fosse triste ou alegre.”
    Por uma razão qualquer, sua frase me trouxe a mente a foto que vi hoje de jovens alunos dessas tais escolas-quarteis, perfilados de uniforme completo…Que estão fazendo com nossa juventude?

    1. Só no final consegui assistir, realmente muito ruim, gol do River numa cochilada da zaga e os dois do flamengo numa bobeada geral do River. Além de o time de 81 ser praticamente todo da base, e aí entram Zico, Andrade, Júnior, Adílio etc … esse atual vários medalhões, parabéns a Jesus pelo milagre conseguido.

  5. Sou vascaíno, mas torci pelo Flamengo até ficar rouco, e sem qualquer sinal de arrependimento. Porém continuo sem acreditar na lisura daquele 7 x1. Por várias razões: 1 – O Brasil não poderia naquele ano fatídico ser campeão em sua casa, ou o golpe não teria condições psicológicas para ser dado. Todo o esforço golpista era no sentido de destruir a autoestima do brasileiro comum, e para isso era preciso acabar com o orgulho futebolístico do povo, e de qualquer maneira. 2 – Aquele time da Alemanha era bom, mas não chegava aos pés da seleção brasileira, e só tinha um jogo, não tão difícil de ser bloqueado. 3 – Os jogadores da seleção, antes do jogo, caíram no gramado ajoelhados e choravam e oravam, rezavam, se abraçavam, levantavam as mãos para os céus, em um espetáculo estranho e deprimente de quem está a pedir a Deus perdão por algum crime que ainda não cometeu, parecia coisa de quem não é um verdadeiro jogador de futebol, e todos eles eram. 4 – Neymar não poderia rifar seu futuro milionário em uma partida com derrota marcada, e deram um belo jeito dele ficar de fora

    1. Vascaino nao pode torcer p Flamengo Alecs
      Deixei de comprar uma camisa do Chavez pporque a estampa era preta na camisa vermelha
      Igual amarelo. Vai q uso e alguem acha la vai um coxinha ????

      1. Kkkkk… Certa vez fui comprar uma bela caneca do Vasco numa loja do centro e o vendedor, torcedor do Flamengo, se recusou a me vender. Falou que eu fosse para o outro balcão, onde havia um torcedor do Botafogo que me atenderia. Naquele ano a rivalidade estava à flor da pele…

  6. Ah Brito, desculpe mas quando eu tenho que falar, falo. Pode fazer demagogia com o Fla, que aliás é o queridinho da direita, mas larga do pé do Botafogo tá. Já chega o Rodrigo Maia. O Bozo é Palmeiras, todo mundo sabe. Não existe essa história de “clube em SP, clube no Rio, etc”. Clube é UM só. E você que é torcedor do Flu, desde o tempo em que vocês ganhavam títulos no tapetão e no apito, deve saber disso. A direita tá feliz, desde o golpe só dá Corinthians, Palmeiras e Fla. Ah o Cruzeiro do Pórrela também. Daqui pra frente só vai dar Fla, graças à cota da Globo, várias vezes maior que a dos adversários. E assim o Brasil será feliz.

  7. Ah Brito, desculpe mas quando eu tenho que falar, falo. Pode fazer demagogia com o Fla, que aliás é o queridinho da direita, mas larga do pé do Botafogo tá. Já chega o Rodrigo Maia. O Bozo é Palmeiras, todo mundo sabe. Não existe essa história de “clube em SP, clube no Rio, etc”. Clube é UM só. E você que é torcedor do Flu, desde o tempo em que vocês ganhavam títulos no tapetão e no apito, deve saber disso. A direita tá feliz, desde o golpe só dá Corinthians, Palmeiras e Fla. Ah o Cruzeiro do Pórrela também. Daqui pra frente só vai dar Fla, graças à cota da Globo, várias vezes maior que a dos adversários. E assim o Brasil será feliz.

  8. Ah Brito, desculpe mas quando eu tenho que falar, falo. Pode fazer demagogia com o Fla, que aliás é o queridinho da direita, mas larga do pé do Botafogo tá. Já chega o Rodrigo Maia. O Bozo é Palmeiras, todo mundo sabe. Não existe essa história de “clube em SP, clube no Rio, etc”. Clube é UM só. E você que é torcedor do Flu, desde o tempo em que vocês ganhavam títulos no tapetão e no apito, deve saber disso. A direita tá feliz, desde o golpe só dá Corinthians, Palmeiras e Fla. Ah o Cruzeiro do Pórrela também. Daqui pra frente só vai dar Fla, graças à cota da Globo, várias vezes maior que a dos adversários. E assim o Brasil será feliz.

  9. Brasil anestesiado com esta vitória. Se ganhar o mundial piora mais ainda. Prato cheio para essa direita sem escrúpulos. Parabéns ao Flamengo, mas sinto muito pelo Brasil.

  10. Infelizmente não concordo com vc , meu frater tricolor……

    Nunca vou esquecer que o Flamengo e sua diretoria ( que vai embolsar boa parte da grana que virá com o título ) montaram um time milionário, pagando salários milionários a despeito da dívida milionária com o INSS e portanto, Estado brasileiro. Mas pouco ou nada fizeram , além de coagir, as famílias dos rapazes mortos em um alojamento clandestino no seu CT.

    Mortos queimados.

    Por isto e muito mais, esperava a vitória argentina, até mesmo pelo fato do River ser muito maior que o Flamengo ( olhar a história ), sem falar que o povo argentino tem dado constantes exemplos de superioridade em termos de civilização.

    Enfim, meia dúzia de espertos vão encher as burras, um monte de jogadores deslumbrados e desconectados da realidade nacional vão virar subcelebridades mais brilhantes durante uma semana e o povo, nosso povo, vai continuar sua labuta contra o TERROR já amanhã.

    Discordo também do Flávio Dino, dando uma cirandada ao dizer que o POVO brasileiro merecia esta alegria….alegria pra quem Dino ??

    1. Não, esse valor será dividido entre os campeões em forma de prêmios, as indenizações a que você se refere já estão com os valores bloqueados pela justiça, e só não foram aceitos por todas as famílias de devido a orientação jurídica individual.
      Isso é muito pouco perto do montante arrecadado pelo clube, que chegaram a 800 milhões esse ano. Clube grande é assim, aos pequenos só resta o choro.

      1. Não é exatamente isto. A justiça determinou outros valores e o clube não quer pagar. Me parece que apenas duas famílias concordaram e foram pagas judicialmente. Time (único) que foi durante anos patrocinado pela Petrobrás é assim mesmo…

      2. E aos alienados da direita resta o pau-no-cu. Clube grande, clube pequeno, clube nenhum! Menos futebol e mais pesquisa, mais ensino e mais cultura. Tecnologia sustentável e ecológica, crescimento econômico e redistribuição de renda, futebol depois. Menos Flamerda, menos Ape Vaintrô e seus Flying Stones. Confessa, você acha o Carluxo um must… (Bolsomínion Detected!)

  11. Meu caro. Obrigado por esse belíssimo texto. Flamenguista que sou quero que todos os irmãos brasileiros,independente de por que time torçam, entendam que hoje o Flamengo ganhou por todos nós. Que amanhã seja o Fluminense, o Botafogo, o Vasco…
    Hoje lutamos o bom combate, que todos venham festejar.

  12. Como vascaíno, partilho de sua postura, Sr. Brito. Quando uma equipe defende a beleza como fundamento de sua exibição, no lugar da competição baseada na exibição de força bruta, merece o respeito dos brasileiros, mesmo que a paixão clubística seja inclinada na direção de uma agremiação oponente. Da mesma maneira que mereceram meu respeito o Flamengo e a Seleção Brasileira dos anos 80, cujo futebol ganhava mesmo quando não vencia em campo. Afinal, esporte precisa ser visto como o que é, um entretenimento atlético, não como uma guerra por outros meios. E adversários não são inimigos. Ou pelo menos não deveriam sê-lo. Assim ganhamos todos, mesmo quando derrotados em campos ou quadras.

    1. parafraseando a bandeira de Minas “Libertas quae sera tamen” temos “Gaudium quae será tamem”

  13. Obrigado irmão. Durmo hoje capitão do capeonato de Bolivar… quando uma grande tristeza ou quando uma grande felicidade se sucedem neste país, passo por este blog que tem a justa medida da leitura da realidade!
    Hoje foi um dia que experimentei a euforia!

  14. Flameguistas otários de merda. O Flamengo sempre foi o time do império estadunidense, do Walter Clark, da Rede Globosta, do oportunista picareta Gavião Dueno, do idiota Krédo Maischato e de outros boçais asquerosos e ridículos. Sempre foi beneficiado pela arbitragem, sempre foi empurado goela abaixo do país inteiro… Ano que vem deviam mudar os nomes de todos os times para Flamengo: Clube Atlético Flamengaense, Sport Flamengo Corinthians, Santos Flamengo Clube, Cruzeiro Esporte Flamengo e etc. Assim fica mais fácil, será sempre campeão, e todo domingo antes da Abominação do Faustão assistir-se-á ao jogo Flamengo X Flamengo.

  15. Ah Brito, desculpe mas quando eu tenho que falar, falo. Pode fazer demagogia com o Fla, que aliás é o queridinho da direita, mas larga do pé do Botafogo tá. Já chega o Rodrigo Maia. O Bozo é Palmeiras, todo mundo sabe. Não existe essa história de “clube em SP, clube no Rio, etc”. Clube é UM só. E você que é torcedor do Flu, desde o tempo em que vocês ganhavam títulos no tapetão e no apito, deve saber disso. A direita tá feliz, desde o golpe só dá Corinthians, Palmeiras e Fla. Ah o Cruzeiro do Pórrela também. Daqui pra frente só vai dar Fla, graças à cota da Globo, várias vezes maior que a dos adversários. E assim o Brasil será feliz.

    1. Futebol é LIXO para enrolar POBRE.

      Um monte de desdentado tentando sorrir, crianças se ter o que comer imitando o tal gabi dos infernos gol…..a milícia segue matando negro nas favelas.

      Mulheres seguem sendo mortas e estupradas.

      E nossos jovens seguem sendo alienados , explorados e quando muito o que encontram de educação é serem treinados para as fornalhas do capital.

      Enfim…..quero que o fla e todo o resto se explodam.

  16. Ah, Brito. Torci para o River ganhar. Sou nordestino. Flamengo e Corinthians cheiram a ópio. Já basta esse bandido presidente dizer que é palmeirense. Aliás, esse indivíduo mentiroso vive da mentira deve torcer por todos os clubes do país, inclusive o Ibis.

  17. Ah, Brito. Torci para o River ganhar. Sou nordestino. Flamengo e Corinthians cheiram a ópio. Já basta esse bandido presidente dizer que é palmeirense. Aliás, esse indivíduo mentiroso vive da mentira deve torcer por todos os clubes do país, inclusive o Ibis.

  18. Povo alegre,pois covarde,desde criancinha.Não é atoa,que os donos do mundo,saudam,sempre que podem a ALEGRIA DO POVO.Tem coragem somente,PRA VOTAR E TORCER PRA DIREITA,e sorrir quando os PATRÕES LHES DIRIGEM OLHARES.E muito “BACANA”saudar o povo,mas é DEMAGÓGICO TAMBÉM.Em todo o DISCURSO DA CANALHADA,sempre existe uma alusão,mesmo que pequena, à ALEGRIA DO POVO.

  19. Por duas vezes você denegri a imagem do glorioso, ou tenta. Não vejo razão no seu texto, também. Você é um um ótimo jornalista político, péssimo na sua análise e conhecimento sobre futebol.

  20. Sabe o que eu acho, Brito? Como se apropriaram da camisa da seleção (não dá mais pra torcer para aquele verde e amarelo que ficou horroroso, com cara de véio da Havan, Bolsos…), a gente torce para o Flamengo ou por quem nos traga nossa velha alegria futebolista de volta.

  21. Caramba, povo feliz não odeia? Tá brincando? Toda semana tem brasileiro fazendo churrasco pra comemorar a vitória do time e apoiando o Bolsonaro.
    Filosofia de botequim não cola. Há muito tempo deixei de frequentar o futebol dos times milionários, dos cartolas politiqueiros, dos torcedores fanáticos e violentos, dos patrocínios milionários e dos mercantilistas. Se o futebol realmente transmitisse algum sentido de coletividade não estaríamos, no país do futebol, onde estamos hoje. Torcer pra esse time cuja cartolagem flerta com o autoritarismo e que de forma irresponsável fez perecer tantos meninos com tantos sonhos, nem pensar. E do lado oposto idem. Nunca torceria para um time com torcedores racistas. O futebol se tornou a expressão, após o automobilismo, mais pura do capitalismo neoliberal, inclusive no que diz respeito à manipulação das massas.

    1. No mesmo dia em que estavam sepultando a previdencia era apresentando um jogador cansado e milionário……ninguém saiu para protestar contra trabalhar até morrer, mas algumas dezenas de milhares atravessaram a cidade na hora do rush para saudar o milionário cansado……

    2. Queria emoldurar essa sua frase: Torcer pra esse time cuja cartolagem flerta com o autoritarismo e que de
      forma irresponsável fez perecer tantos meninos com tantos sonhos, nem
      pensar
      . Vale pra todos os times grandes.

      E o sonho de se tornar um grande jogador é a armadilha e propaganda perfeita da meritocracia que a direita tanto ama impor. Ergue-se um punhado de meninos pobres e talentosos para anestesiar os milhares que ficaram para trás. “Este que está aqui no topo poderia ser você!” – dirão. Enganação pura que surte efeito.

  22. Gde parte das receitas da Globo vem do futebol. Globo é Flamengo e este é Globo. Quero que a Globo se exploda, logo….

  23. Eu como colorado riograndense fiquei feliz com a Vitória flamenguista. Alias, Inter e Flamengo sao como irmãos. Somos muito bem recebidos no RJ e retribuimos a hospapilidade no RS. Fora isso o Flamengo tem o melhor futebol do continente neste ano sem sombra de dúvida.

  24. Porra que massa Fernando saber que vc é fluminense, pois sou Náutico no Brasil e Flu empolgado com aquele time, achava preconceito chamar “Bode Atômico” pior era ser chamado de pó de arroz,eu negro sobrevivi pela liberdade e ter direito de amar todas as cores, mesmo que fosse de Nelson Rodrigues , depois daquela informação de Nelson Cavaquinho , tamos juntos

  25. O povo alegre quase matou um jovem de porrada hoje na Presidente Vargas. Acho que era de outro time. É bonito isso?

  26. Félix, Oliveira, Galhardo, Assis e Marco Antonio; Denilson e Didi; Cafuringa, Flavio, Samarone e Lula!!!

  27. Acho que entendi um pouco do que o escritor quis dizer, na verdade é muito triste a constatação de aquele amigo, conhecido, parente, ídolo está do lado do miliciano, do demagogo, dessa merda de religião protestante que insiste em pregar que se deve ganhar dinheiro a qualquer custo.
    A perda é lastimável, pois muitos laços de amizade jamais serão refeitos, pois o outro lado não irá ceder jamais, por causa de um orgulho incompreensível.
    Se for confirmada a participação de um membro da família Bolsonaro, vcs irão ver muito gente o apoiando.
    Me solidarierizo ( deve errado a grafia) com o autor mas ja é tempo de crescer o Pais está irremediavelmente dividido e isso faz parte da dores do crescimento enquanto nação. Difícil ? Muito, Triste ? Imensamente. Nós dessa geração ou da passada não corrigiremos isso, essa tarefa será entregue aos nossos filhos e netos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *