O direito à grandeza

Se eu pudesse fazer um copydesk na Declaração Universal dos Direitos do Homem, incluiria um artigo dizendo que todo ser humano tem direito a um encontro apoteótico com seu tempo, seu povo e seus sonhos.

Milhares de chilenos o tiveram hoje, quando a Orquesta Sinfónica de Chile , diante da Basílica dos Sacramentinos, em Santiago, executou o clássico “El Pueblo Unido jamás erá vencido”, uma canção de Sergio Ortega e do grupo Quilampayún, em 1973, em pleno governo Allende, que se tornaria, por toda a América Latina, o coro de geração após geração em atos de protesto.

É das cenas que atravessarão décadas, na memória, e que um dia, como mágica, se encaixarão no cotidiano de jovens, como estes, como esteve no de seus pais e avós.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

15 respostas

  1. A expressão correta é: Declaração Universal dos Direitos Humanos.

    A expressão incorreta no texto vem da revolução francesa e foi modificada pela ONU em 10 de dezembro de 1948.

  2. Infelizmente o que se vê no Brasil é “A Opção pela Pequenez”. Se os brasileiros lessem crônicas como as suas, talvez compreendessem o que é grandeza. Mas infelizmente vivemos um tempo de “influenciadores” imbecis, que contam com centenas de milhares de seguidores e cujas postagens ostentam mais de 1 milhão de visualizações.

    1. Haja coração. Por estes dias tenho lembrado da década de setenta, quando havia um movimento em direção à Cordilheira, quando se ouvia Victor Jara, Mercedes Sosa, Violeta Parra… Havia um sentimento de latinidade que perpassava a América do Sul. Os amaldiçoados, os de sempre, perseguiam, torturavam, estupravam, matavam e, várias vezes, sumiam com os corpos dos que se erguiam contra a injustiça e a opressão. Parece que a América do Sul e a velha Cordilheira querem despertar. Que este país se liberte do câncer que se assentou no poder e consiga sair do sono também.

  3. Nesses tempos e por essas bandas, infelizmente, o povo só se uniu quando a globo mandou e foi para destruir a democracia e tentar impor a plutocracia, o que acabou por transformar o Brasil em uma ditadura de extrema direita antinacionalista e de quinta categoria. Vergonha de ser brasileira.

  4. “.Nos tiraram tanto que nos tiraram até o medo. Assim será”
    Cartaz de um manifestante chileno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.