O garanhão da caneta BIC

A compulsão de Jair Bolsonaro em destruir é tão grande que ele consegue arruinar até os momentos em que a histeria que despertou na sociedade joga a seu favor.

Mandou chamar, ontem, ao Palácio, Rodrigo Maia e Dias Tóffoli, ambos, como dizia a minha avó, muito “lambrecados” com os bonecos, faixas e xingamentos de domingo, para empurrá-los a um PNSDQ – o  “pacto não sabemos do quê”.

No mesmo dia, porém, submete-se ao papel de assinar – e obrigar Sérgio Moro a assinar – uma carta desdizendo tudo o que ambos disseram e incitaram suas falanges a dizer – sobre a permanência do Coaf na Justiça.

Certamente angustiado com uma negociação em ponto grande, à noite, foi dar vazão a sua autoafirmação de “macho” sobre o presidente da Câmara. Descreveu assim o seu diálogo no Planalto, à noite, ao participar da  esvaziada instalação de uma Frente Parlamentar pela Marinha Mercante:

— Eu disse para ele, Maia: com a caneta, eu tenho muito mais poder do que vocês, apesar de você fazer leis. Eu tenho o poder de fazer decretos. Evidente que decretos com fundamentos. E falei para ele da baía de Angra. Nós podemos ser protagonistas para que a baía de Angra seja uma nova Cancún. Nós devemos começar a tirar esse sonho do papel com uma caneta Bic, revogando um decreto, que demarcou estação ecológica de Tamoios em 1988, lá no governo Sarney.

A troco de quê uma manifestação de arrogância deste tipo, se está (ou estava) costurando uma situação que lhe desse estabilidade parlamentar? Qual a razão desta bravata – de novo com referências a maiores e menores, como no caso da  reforma “de japonês” – num momento destes?

Note-se ainda que o tema é totalmente irrelevante no tempo e lugar que ele invoca, talvez apenas por recalque de ter sido multado por pesca ilegal naquela reserva.

Bolsonaro, com o perdão pela análise sofisticada, é uma besta. Sabe que não pode governar por decreto e o caso da liberação das armas está aí para prová-lo.

Aliás, nem neste caso que tanto o obceca, o de escancarar estação ecológica de Tamoios, ele não o pode, pois está escrito, com todas as letras, na Lei 6.902/81: “Art . 7º – As Estações Ecológicas não poderão ser reduzidas nem utilizadas para fins diversos daqueles para os quais foram criadas“.

Vai ficar com a caneta Bic na mão…

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

20 respostas

  1. O que ele quer na verdade é valorizar suas propriedades e de seus milicianos em Angra. Afinal, ele e seu vizinho assassino da Marielle não tem casa lá?

  2. Não mais farei comentários sobre Bolsonaro tratando de sua incapacidade cognitiva ou de sua notória falta de educação ou ainda, sua ignorância.
    Bolsonaro tem notórias dificuldades em se assumir como de fato é: um fraco.
    Suas posturas autoafirmativas comprovam aquilo que é: pequeno, covarde e por isso, arrogante.
    Me dedicarei a observar suas (dele, Bolsonaro), as atitudes que falem ou demonstrem seu psiquê doentio.
    Jair Bolsonaro tem uma mente doentia e este mal contaminou a existência de seus filhos, ao menos os três notórios.
    A história da humanidade registra chefes de estado que pareciam de problemas de ordem psicológica: Idi Amin Dada, Papa Doc, Hitler, o líder do kmer vermelho, não me ocorre o nome da besta. E, aqui, no Brasil, temos o Bolsonaro.

  3. A troco de que a arrogância?
    Eu acho que ele nunca amadureceu. Não passa de um adolescente retardado e de índole ruim, que se sobressai (negativamente) nos grupos, por conta da arrogância e das bravatas. O triste é que com esse comportamento ele se torna líder de todos os retardados de índole ruim do país, que infelizmente são muitos.

  4. Bem, ele sempre tem a opção de guardar a caneta Bic em outro lugar.
    O mesmo lugar onde os paneleiros guardaram os cabos das panelas!

  5. Tenho dúvidas se este irracional sabe, pelo menos, escrever o a e i o u com a caneta Bic!????

  6. Vai gastar a tinta, todavia, certamente ganhará duzias novas, pela propaganda. Quiçá ganhará muito mais que canetas

  7. – O meu é grande…
    – Calma, Nhonho, o meu é muito maior!
    – Mas, Bozo, olha aqui o meu. É mais encorpado, levanta e se sustenta… Vai pra esquerda, vai pra direita. Olha aqui!
    – Não. Não vou olhar!
    – Olha! Eu até peguei uma caneta Bic e escrevi: “Botafogo no meu Coração”.
    – Pois eu… Eu peguei uma caneta Bic e escrevi: “Agir sempre inconstitucionalissimamente”. Talquei?

  8. ALÔ capitão, o senhor acha realmente que o presidente da república tem mais poder que o presidente da Câmara? Lembra da malfadada votação em que você fez uma homenagem ao Coronel Brilhante Ustra? Pois é. Naquele momento Eduardo Cunha, Presidente da Câmara, estava derrubando Dilma. Cai a ficha capitão. O senhor está deslumbrado com um cargo que não lhe pertenceria se não tivesse usado meios imorais e ilegais para chegar lá. Portanto, menos capitão. Menos.

  9. Li o artigo de Reinaldo Azevedo Pós-‘Fake fact’, Bolsonaro hostiliza Maia, diz tolice legal e antevê Cancún. Faço minhas as palavras dele. Como pode meu Deus um sujeito que passou 30 anos no Congresso não saber que o presidente da república pode vetar uma lei – o que é bem diferente de revogar – e que mesmo assim, a última palavra é do Congresso que pode derrubar o veto? O cara nunca deve ter lido uma linha sequer da Constituição. Tempos estranhos que estamos vivendo como diria o ministro Marco Aurélio. Sobre o tal pacto, ficou claro que o capitão não tem escrúpulos. Quis superestimar as manifestações e jogar para a platéia como se tivesse emparedado o STF e o Congresso. Ele quer manter o poder do mesmo jeito que ganhou, ou seja, com fake news. O infeliz já chegou a convidar a turma do próprio partido e armou uma ligação para o ministro da educação para induzi-los a erro na maior cara de pau. Ele usa as pessoas sem o menor pudor.
    Digo que a oposição tem que ficar de olho no uso do cargo presidencial para beneficiar propriedades do presidente e de seus amigos milicianos. Me lembro que um certo prefeito de minha cidade asfaltou na cara dura com o dinheiro da prefeitura todas as estradas que davam acesso as fazendas dele. A tal Cancún obviamente levaria o valor dos imóveis em Angra lá para cima. Seria o caso da oposição analisar se há alguma providência possível para impedir a maracutaia. No mínimo, eles têm que denunciar, pois o presidente da república não tem caráter.

    1. Sempre achei que psicopatas tem alto QI, mas taí o Bozó pra provar que existem psicopatas que são completos mentecaptos.

  10. ALÔ MAIA, o capitão dizer em alto e bom som que pode revogar leis é se imiscuir na esfera do Poder Legislativo, né não. Sugiro que você coloque mais essa derrapada na lista de razões para um impecheament, isto é, quando chegar o momento certo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.