O golpe é civil, não é militar. E não é ameaça, já é um fato

aroeiramilit

Não é só o placar da votação do STF que vai registrar uma divisão e maioria apertada.

Tudo, no Brasil, está assim, hoje.

A manifestação de Rodrigo Jantot, hoje, na Folha, dizendo que as declarações de Eduardo Villas Boas fazem lembrar 1964 é uma piada trágica.

Por mais imprópria que seja, o “pitaco” do General não é nada, em matéria de subversão da ordem, perto do que fez para isso o Ministério Público, quando tolerou – e, pior, estimulou – o comportamento histérico de seus integrantes, escancaradamente assumindo o papel de “salvadores da pátria” e moralizadores do Brasil.

Não há nada mais parecido com 64 que o que fez a instituição comandada por ele, surfando uma imprensa que, já de anos, assumiu o golpismo como chave única para retomar o poder que não lhe vinha mais das urnas.

O golpe, no Brasil, é civil e não militar e não é uma ameaça, mas uma realidade.

Os poderes da República, submetidos a ele, dissolveram-se,

O Legislativo, quando Eduardo Cunha o tornou, sob aplauso geral, gazua e alavanca para fazer tombar o governo eleito legitimamente.

O Executivo, quando se permitiu, para isso, que um medíocre da pior espécie o empalmasse, para conduzir um processo que só não é fracassado naquilo que tem de pior, a entrega do país.

E, afinal, o Judiciário, onde vaidade, o indecoro e a pequenez de alma e caráter de vários de seus integrantes não vacilaram em produzir espetáculos deprimentes, desmoralizantes.

À sombra deste desgoverno, como esperar que não vicejasse o extremismo, o ódio e a transformação do “combate à corrupção” como justificativa da demolição da democracia, afinal o regime de direitos e garantias que nos protege dele?

Não se empurre aos militares a culpa por termos chegado a este estado, por mais condenável que seja qualquer tentativa  ou mesmo a simples pretensão de “intervenção”da força armada sobre o regime civil, ainda que este tenha se tornado o que sabemos.

Mesmo neste episódio infeliz, estão servido apenas como ferramenta dos grupos que, estes sim, querem impor a ferro e fogo ao Supremo uma decisão que os livre do fantasma eleitoral de Lula.

Afinal, se o MP se sente no direito de, fora dos autos, pressionar os ministros com alegações falsas de que conceder a Lula o que é direito constitucional, afirmando que isso será “o fim da lava Jato” e que soltaria estupradores e traficantes e isso se repete com ex-ministros, comentaristas da mídia e por toda a parte, porque os militares iam ficar fora da “onda”?

O Supremo terá um desgaste imenso com a parte do Brasil que se expressa – o Brasil profundo segue quieto – qualquer que seja a sua decisão.

Mas só uma reafirmará sua autoridade: fazer cumprir, mesmo que com todo este temporal de pressões, chantagens e, agora, ameaças, a Constituição brasileira.

O contrário, por mais que corresponda ao ódio de alguns ministros, será confirmar-se que o STF é medroso e se acovarda diante dos gritos da selvageria.

O Supremo teve muitas chances de barrar o golpe e não o fez, por covardia. Se optar, mais uma vez, por entregar carne aos lobos talvez já não tenha outra oportunidade, além da de hoje, para evitar ser devorado também.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

38 respostas

  1. O golpe está contra o comandante do exército!!! Atenção, gente. Estamos a algumas horas de começarmos a devolver o golpe a seus urdidores. Não nos percamos. Esquerda, não se autodestrua. Democratas, nosso inimigo é a Globo, braço do capital internacional, e os juristocratas por ela capturados.

    1. Certíssimo nosso inimigo é a rede globo. Detoná-la é premente????????????

  2. O Janot não tem mais espaço algum para se esticar ao calor dos
    holofotes. Foi um dos mais notórios responsáveis pela desgraça golpista
    que se abateu sobre seu país. Esteve cochichando ao pé do ouvido com
    seus colegas procuradores americanos, um caso flagrante de traição,
    quando o procurador dos cordeiros entrega o rebanho inteiro ao
    procurador dos lobos. Deveria já ter providenciado seu sumiço do mapa.

  3. O golpe e civil togado, mas agora mais do que nunca tutelado por militares golpistas. A declaração do general apenas confirma nenhum golpe se sustenta sem apoio militar. Vivemos una ditadura acanhada que aos poucos vai mostrando sua cara.

  4. Ao Jornalista editor do blog e aos mais otimistas pergunto:

    1) – Como chefe de governo e de Estado, legìtimamente eleita por 54.501.118 votos, não poderia a Presidenta Dilma Rousseff ter convocado os presidentes das Casas Legislativas (Câmara e Senado), do Supremo Tribunal Federal e os Comandantes das três armas, estes subordinados à Presidenta da República, conforme estabelecido na Constituição Federal, e com eles ter pactuado a cessação do golpe e guerra híbrida, iniciado em 2005 e intensificado desde 2013?

    2) – Tinha a Presidenta Dilma Rousseff a lealdade e o comando sobre as FFAA? Se sim, por que ela não convocou os chefes das três armas, de modo a coibir o golpe que estava e está em curso?

    3) – Se as FFAA não foram omissas, coniventes, cúmplices ou partícipes da trama golpista, por que Romero Jucá conversaria de forma tão desenvolta com Sérgio Machado, afirmando que os generais e comandantes militares estavam garantindo o golpe, e por que TUDO, absolutamente TUDO o que foi dito naquela “edificante e republicana” conversa tem se concretizado na prática?

    4) – Se as FFAA não estão sendo omissas, coniventes, cúmplices ou partícipes da trama golpista por que nenhum dos seus comandantes se voltou contra a prisão do vice-almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, coordenador do Programa Nuclear Brasileiro, com o desmonte e entreguismo das riquezas e dos setores estratégicos, dentre os quais o energético, o nuclear, o de defesa, o das reservas minerais, o aero-espacial e de telecomunicações?

    Quanto ao sistema judiciário (ministério público, judiciário e polícias) é sabido, há tempos, que estão comprados e cooptados pelo alto comando internacional do golpe (que fica nos EUA). Já em março de 2004 a revista CartaCapital mostrava isso de forma clara. Que a Fraude a Jato é uma ORCRIM institucional, a serviço dos interesses estadunidenses e subordinada aos departamentos e agências de espionagem e investigação dos EUA, está muito claro. Que a banca financeira nacional, mas principalmente internacional, juntamente com o setor militar-bélico dos EUA, estão à frente do golpe, é bastante evidente. Que a descoberta do Pré-Sal desencadeou o golpe por meio da guerra híbrida também é fato fàcilmente observável e comprovável. Ocorre que sem a anuência, a cumplicidade, a conivência ou a participação das FFAAs, tais intentos golpistas do “soft power”, usando guerra híbrida, não surtiriam os efeitos que, em menos de dois anos, arruinaram não só a economia e o sistema político, mas TODAS as instituições dessa república bananeira.

    Ante o exposto fica claro ser insustentável aliviar a barra das FFAA. Nenhum golpe civil consegue vingar sem a anuência do braço armado do Estado. Mas isso o Jornalista Fernando Brito e outros mais otimistas com as casernas se recusam a admitir e discutir.

    1. “Ante o exposto fica claro ser insustentável aliviar a barra das FFAA.” Já em relação aos coxinhas, se aliviam a barra num piscar de olhos, tem até trabalho acadêmico que falam que eles são “vitimas” também. Porque eles tem a barra aliviada? O que os levam a achar que serão de confiança num futuro próximo? Enquanto quem bateu palma pra maluco dançar não levar a culpa merecida, é chover no molhado.

    2. Maçonaria que esta presente em toda história brasileira, história essa de probreza, opressão e extrema miséria do povo gado que serve só para construir as pirâmides da maçonaria .
      É só observar o poder rastejante que a maçonaria tem, todas instituições estão aparelhadas por maçons a maçonaria brasileira é subserviente a maçonaria americana, Juiz Federal, Coronel, ministro, desembargador, procurador, promotor, Presidente da OAB tudo dominado.Essa é a força oculta, o governo paralelo das sombras, quem governa esse pais é a face oculta de grãos mestres que só se conhece os maçons que frequentam os porões das lojas.

  5. Parem de falr da globo, dos generais, dos hipócritas, dos imbecis, dos bandidos de togas, dos bandidos da política e dos canalhas em e vamos falar da lei que tem que ser respeitada.
    O General pediu RESPEITO À CONSTITUIÇÃO, e é só isso que o povo honesto do Brasil está querendo, que o STF faça valer o que está na Constituição, sem casuísmos e sem interesses particulares de juízes e procuradores de primeiras e segundas instâncias. SÓ A LEI DA CARTA MAGNA, MAIS NADA.
    1- QUAL A FUNÇÃO PRINCIPAL, TALVEZ ÚNICA, DO STF?
    2- 2- O STF PODE MUDAR UMA LEI QUE ESTÁ NA CONSTITUIÇÃO?
    3- 3- O STF PODE INTERFERIR NOS OUTROS DOIS PODERES?
    4- 4- O STF PODE FAZER UMA NOVA LEI?
    Se você responder essas QUATRO perguntinhas que qualquer estudante de direito tem o dever e a obrigação de saber as respostas de cor e salteado, veremos que o correto será dar ONZE a ZERO, na votação da apelação de LULA, a favor dele.
    Qualquer outro resultado é coisa de bandido de toga que quer inventar e mudar CLÁUSULA PÉTREA da CONSTITUIÇÃO, só para ter seu nome citado diariamente na mídia e parecer que é gente boa, quando na verdade só estará satisfazendo todos outros bandidos de togas que querem ficar famosos, condenando e prendendo, sem provas reais, só com falação de bandidos confessos, o grande ex-presidente LULA.
    DIREITO AO PONTO” – O BRASIL NÃO É O PAÍS DA IMPUNIDADE
    https://www.youtube.com/watch?time_continue=78&v=uTH9vL3IOns

  6. Pessoas atentas já não depositam a menor credibilidade nas instituições. Forças armadas, justiça, MP, PF, executivo, legislativo, mídia empresarial, etc estão com sua imagem no fundo do poço. Este é o primeiro momento, o do descrédito. Depois, virá o momento do desrespeito e, finalmente, o momento do confronto. Um passo após outro, o brazil segue adiante rumo ao abismo. O momento atual é aquele no qual os historiadores do futuro identificarão os motivos do brazil ter se tornado um país miserável, violento e atrasado no futuro, mistura de Paraguai, México, Haiti e Nigéria.

  7. Caro Fernando Brito.
    Peço sua permissão para copiar esse texto e guarda-lo como um documento histórico, por ser um dos melhores e mais contundentes resumos da situação atual.
    A história, com certeza, vai precisar de uma análise como essa no futuro.
    Meus sinceros parabéns.

  8. Os MILICOS,apoiam o GOLPE.Golpe executado PELO JUDICIÁRIO.Não nos iludamos.Vamos arrumando as malas,pois…

  9. a rede golpista não perde uma chance de estar no poder… seja por voto, que não tem mais, agora é por afrontamento…
    enquanto mostra o bilal pra negar que seja golpista, suas atitudes cada vez mais descarada pressionando e recompensando capachos na justissa brasileira…

  10. O golpe que veio para derrubar o goveno progressista, está destruindo um país inteiro: economia, constituição, democracia, garantias de direito, e o pior, a paz e a cidadania. O que vai sobrar depois disso? Qual será o resultado do ódio? Parte disso já estamos vivenciando, e já está muito ruim. Se o STF julgar de acordo com a Constituição, pelo menos a esperança nossa será recuperada, pois sem justiça não haverá norte, só nos retará a deriva, ou o recrudecimento da violência. Mesmo assim, não vale a pena desistir da luta, sem ódio e sem medo! LULA LIVRE- LULA INOCENTE!

  11. falando em brasil profundo, um boneco representando moro foi malhado como judas no último sábado de aleluia num distrito de cidade com 6 mil habitantes em minas.

  12. O que é pátria? O que é liberdade, general?

    Uma nação com milhões de zumbis sem educação e renda nas periferias não é uma pátria livre. Deixar tudo como está (tem que manter isso, viu?) com a desculpa esfarrapada do medo de um anacrônico “comunismo” não é o meu conceito de Brasil.

  13. Hoje, 04.04.2018 é mais um ia “D”, e só interessa a vitória do povo brasileiro, a Vitória do Bolsa Família, do Minha Casa Minha Vida, do Mais Médicos, do Luz Para Todos, da ELETROBRÁS, do ENEM, do PROUNI, do PRONATEC, do Ciências Sem Fronteiras, do PRÉ-SAL, da PETROBRÁS ( Mais Educação e Mais Saúde), da Industria Naval, da Amazônia, da Transposição do Rio São Francisco, do Aquífero Guarani, da Base Aérea de Alcântara, da EMBRAER, do Mercado Interno (mais salários e mais EMPREGO), ,…hoje é dia “D” LULA, dia “D” Povo Brasileiro, dia “D” DEMOCRACIA, dia “D” Constituição Federal, Sem Fome, Sem Miséria, Sem Dívida com o FMI, Sem Violência ! ESSA SERÁ A VERDADEIRA VITÓRIA DO BRASIL !

  14. Brito, vou além e digo que se o STF ceder e não fazer valer a Constituição, em vez de acalmar irá encorajar golpistas militares. Não existe vácuo de poder e nenhuma instituição de estado está preenchendo os poderes que deveria exercer. A “lei sou eu” virou a jurisprudência de juízes, procuradores de primeira instância, o que quebra a ordem constitucional. Quem exerce o poder executivo e legislativo no golpe são instituições privadas do mercado financeiro, grandes corporações e mídia todos em sintonia com o departamento de estado dos EUA. Daí não haveria o que estranhar de setores das FFAA quererem ocupar o vácuo em qualquer país com um cenário destes. O estranho é a partidarização das FFAA. Não se manifestam contra a impunidade de golpistas corruptos, nem contra o entreguismo, a rapinagem e o empobrecimento do povo, que ocorre no golpe, enquanto entram na perseguição de quem apenas se defende de uma condenação política absurda e pasmem, contra quem luta pela soberania nacional e empoderamento do povo na divisão de riquezas nacionais diante das grandes corporações.

  15. Não foi apenas covardia, foi interesse.

    Se Dilma tivesse concedido os tais 40% ao Judiciário e ou apoiado Cunha, não teria sido apeada do poder.

  16. Por que os generais não se manifestam contra a entrega do país? Estamos perdendo a pátria e eles nada falam. Onde está o patriotismo desses indivíduos. Patriotismo de bosta? Se tiverem que enfrentar o inimigo é capaz de saírem correndo de medo. FFAA são para defenderem nosso chão.

  17. Se houvesse realmente motivos para a prisao de lula ninguém precisaria pressionar o STF. Essa pressão mostra que tem algo de muito estranho nesse processo. Pressão por pressão o STF precisa decidir com a constituicao.

  18. E tuganos continuam a ladrar que TUDO é culpa do PT. Afinal o que custava seguir o STF e ser covarde? Enfrentar o sistema? Pq? Deu na divisão do país! Se somos tucanos covardes e venais pq o PT não seria? O PSDB é fake até no nome. Não é um Partido, mas uma quadrilha. Não é Social, mas elitista. Não é Democrata mas subversivo e ditatorial. Não é Brasileiro, mas entreguista e antinacional.

  19. jornalista

    JAMAIS. jamais sem ter o Poder das Forças Armadas por trás, e este de FORÇAS ESTRANGEIRAS, os poderes políticos e judiciário teriam tido o DESPLANTE de promover aquele golpe contra DILMA ..golpe que até hoje, mesmo identificado os TRAIDORES, jamais foi analisado pelo tal STF de nababos

  20. O supremo fez exatamente o que se esperava que ele fizesse!!! Alguém julga que os caras do supremo vão colocar em jogo a maravilhosa boquinha que eles arrumaram para si, e fornecida pelo PT? Lembram do Joaquim Barbosa? Senta e levanta, senta e levanta, naquele set de vaidades opacas, colocando ora a mão ora o cotovelo em cima da poltrona!!! E proferindo impropérios aos montes. E numa incrível ansiedade para punir ao máximo os réus, todos do PT, porque os do PSDB ele mandou para a primeira instância, de onde jamais sairá. E ainda o Barroso, Fachin; Rosa, Toffolli, Fux e Carmem Lúcia e Joaquim Barbosa, aquele diamante negro, todos indicados pelo PT. Pois foram os primeiros a morder a carne e beber o sangue, exatamente como Vampirões. Não vai ser com palavras e discursos cheios de bravata que tudo voltará ao caminho que deveria estar seguindo. Quanto a Joaquim Barbosa, Lula o nomeou porque queria “dar o exemplo” e colocar um negro no STF. Deu no que deu.E o cara ainda se julga apto para assumir a Presidência!!! Deixaram todos os matutos de 64 livres, leves e soltos, e agora eles estão de volta e estão com fome e com sede!!!

  21. é a eterna sina do brasil, onde falta povo sobram atrevidos e o brasil sempre foi dos atrevidos.. foi um lá e proclamou a republica apesar do tal de povo gostar da monarquia etc. e por aí vai.. o brasil é uma eterna repetição chata como naquele filme sobre o dia da marmota nos EUA com Bill Murray

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.