O preço de ter um imbecil no poder


Tchau, acordo comercial com a União Europeia.

Jair Bolsonaro conseguiu, em tempo recorde, transformar nosso país em vilão internacional, como se disse mais cedo carbonizando a imagem do Brasil no mundo.

Pelo Twitter, o presidente francês, Emmanoel Macron, não moderou as palavras:

“Nossa casa queima. Literalmente. A Amazônia, o pulmão do nosso planeta que produz 20% do nosso oxigênio, está em chamas. É uma crise internacional. Os membros do G7, vejo vocês em dois dias para falarmos sobre esta emergência “

Daqui a dois dias começa, na francesa Biarritz, a cúpula que reúne, além da França, Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Itália, Japão e Reino Unido e um representante da União Europeia.

Será que Bolsonaro vai pedir a Donald Trump que defenda nosso país da condenação internacional pelos danos ambientais? Difícil, não é?

Falta pouco – ou talvez já nem falte nada – para que se proponham sanções internacionais ao nosso país.

Seria, de fato, inaceitável que isso fosse feito por estarmos defendendo nosso território e nossa soberania, não o direito de “tacar fogo” na floresta amazônica.

Não pensem que a reprimenda mundial vá despertar patriotismo: como a “causa” é péssima, o que traz é vergonha.

Anos e anos de esforço para transformar nosso país em um interlocutor das nações mais poderosas, para melhorar nossa inserção do sistema de trocas internacionais, para sermos uma voz respeitada, que aspirava até a uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU para, em poucos meses, virarmos um pária internacional, um motivo de escárnio para o mundo.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

33 respostas

  1. O Brasil é a vergonha do mundo e Bolsonaro e seus 57 milhões de canalhas eleitores são a vergonha de Deus.

    1. O plano de Bolsonaro, o Cu Falante é simples: tacar fogo e transformar a Amazônia em pasto, levar para lá os 57 milhões de cabeças de gado seus seguidores, declarando ali a República da Bozolândia.

    2. Esses 57 milhões de retardados não merecem nem queimar na porra no inferno, primeiro que não ia mudar nada aqui, e outra, seria um desperdício de tempo com esses cretinos.

  2. O sujeito é um delinquente, a isto lhe agrega um grau de demência comparável aos piores ditadores da história humana.
    É a exploração dos recursos naturais defendida pela MILICADA ENTREGUISTA ??
    Com certeza é a “soberanía” sendo exercida conforme os abutres do agronegócio.
    O único aspecto positivo é que a floresta humana ,da produção e do trabalho não será mais extinta ,o acordo desigual dos poderosos ( UE) com os fornecedores de materia prima (nós) emperrará.

  3. Prestem atenção como ele falou: “Nossa casa”. Parabéns, militares nacionalistas.

  4. Eu já esperava uma reação internacional às politicas anti-ambientais do idiota que governa o Brasil. Até porque, aqui no Brasil, as pessoas que poderiam fazer alguma coisa para tira-lo do cargo não estão movendo uma palha para salvar o país.

    1. Estou ansioso com a nova temporada de South Park. Se o FHC quis censurar os Simpsons em 2002 imagina esse doido se o Eric Cartman aprontar das suas… Tomara que ele desça o pau no Bozo

    2. Estimula a ação de grileiros de terras, tocando fogo pra invadir as reservas e explorar, de forma totalmente insustentável, não só a Amazônia, como também o Cerrado e outras regiões. Se a questão é econômica, seria muito mais inteligente estimular a produção da agricultura familiar da população local rural e indígena, distribuindo mais renda e diminuindo a desigualdade. Mas não. O objetivo é especulação imobiliária e mineração, atividades que, além de não serem sustentáveis, promovem mais concentração de renda. O estímulo não formal a essas práticas ilegais de grilagem pode ser uma forma de dog whistle:
      https://en.m.wikipedia.org/wiki/Dog-whistle_politics

  5. “Estamos em uma nova era. Assim como acabou no passado o datilógrafo, a imprensa está acabando também. Não é só por questão de poder aquisitivo do novo que não está bom. É porque não se acha a verdade la”..

    Hipócrita. E por acaso alguém acha alguma verdade nas fakes news com as quais o senhor se elegeu, capitão? Alguém acha alguma verdade nas fakes news com as quais o senhor está governando o país seu cafajeste?.
    Mas não tem problema não, capitão. O senhor vai sair escorraçado e surtando da presidência da república. O senhor vai sair desonrado dessa aventura de tomar a fórceps o poder no Brasil.

      1. Eu sonho com isso desde a campanha eleitoral no segundo turno. Sonho com a foto do Mussolini, Clara Petacci e mais dois pendurados de cabeça para baixo naquele bendito posto de gasolina de Milão. Bozo, seus filhotes e o Salles, todos juntinhos.

    1. O MAIOR mentiroso do Brasil, um mentiroso contumaz, falando de verdade é só mais uma piada de um governo que é uma piada pronta. Cada vez nos envergonha mais perante o mundo civilizado.

    1. Confundiram urna com privada. Deu nisso. O pior é que farão a mesma c gada na primeira oportunidade que tiverem.

  6. Da chantagem ao álibi ambiental
    O que fizeram esses países como pressão política contra um governo de ocupação cuja destruição do meio ambiente faz parte do desmonte do Estado brasileiro? Tiraram o dinheiro de Fundo Amazônia. Tudo o que Bolsonaro queria para acelerar ainda mais o desmatamento e favorecer madeireiras e mineradoras.
    Isso dá no quê pensar… será que essa guerra criptografada também se estende à questão ambiental transformada em chantagem ou álibi para mais um passo no desmonte da própria soberania nacional?
    O sinal amarelo foi aceso com a comparação feita por William Bonner no Jornal Nacional (19/08) entre a fala de Bolsonaro em resposta à decisão do governo alemão de suspender recursos para proteção ambiental da Amazônia, e a postura que Lula adotava quando estrangeiros criticavam a política ambiental do seu Governo. “Os dois presidentes afirmaram que a Europa destruiu todas as suas florestas e que, por isso, não tem moral para dar conselhos sobre a Amazônia”, disse Bonner.
    Uma comparação intencionalmente descontextualizada: no passado, obras infraestruturais como a Usina de Belo Monte (necessária para geração de energia para o crescimento sustentável para o boom econômico que o País vivia) eram alvos de ambientalistas. Lula reivindicava a soberania das decisões ambientais em uma política de crescimento econômico sustentável.
    Hoje, queimadas e desmatamento fazem parte de uma política meramente extrativista – extrair riquezas até quando puder. Mas, até quando?
    Uma pista desse novo objetivo da guerra criptografada (o primeiro é desviar a atenção das políticas econômicas de terra-arrasada) é dada por Paulo Nogueira Batista Jr, economista ex vice-presidente do Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS. Para ele, não se trata de um problema de imagem no exterior, ou o problema de perda de acesso a financiamentos externos dedicados à questão ambiental.
    O risco é outro:
    “O de abrir o flanco, no médio prazo, para uma intervenção estrangeira no Brasil. Isso pode soar alarmista (…) não podemos, de forma alguma, perder de vista a importância que se atribui no exterior à questão ambiental e, em especial, à Amazônia. E nessa atenção que a Amazônia recebe há uma mistura perigosa de preocupações legítimas, relativas a repercussões climáticas globais, com a tradicional cobiça das grandes potências pela vasta reserva de recursos naturais valiosos e crescentemente escassos que temos na região Norte do País. (“Brasil em Perigo”, Jornal GGN, 12/08/2019 – clique aqui).

    Sabemos que tanto Bolsonaro como os militares nutrem um profundo ódio e ressentimento contra o próprio País em que vivem: para eles, o Brasil é uma nação que precisa ser salva dela mesma. Cronicamente inviável, precisa ser tutelada por força poderosa como EUA. Para nos proteger de ameaças exóticas, como comunistas, globalistas, ditadura gay, Foro de São Paulo, Venezuela, seja o que for.
    Um país que precisa ser salvo da sua própria História: nasceu corrupto e com uma miscigenação de raças que só prejudica a índole e temperança brasileira. Por isso, formou um povo pouco afeito ao trabalho e a seriedade.
    Esse sempre foi o pressuposto ideológico da Escola Superior de Guerra que legitimou o golpe militar de 1964 e a submissão militar-estratégica e econômica à geopolítica norte-americana durante o período da Guerra Fria.
    O discurso ambientalista sempre foi um álibi para a cobiça mundial dos recursos naturais da Amazônia. Pelo menos até aqui, as reações da Alemanha e Noruega apenas convergiram aos propósitos de Bolsonaro. Nessa guerra criptografada de criação de álibis, cortinas de fumaça e diversionismo, o Governo estaria criando intencionalmente a justificativa para uma intervenção externa na Amazônia. Afinal, esse sempre foi o propósito do capitão da reserva: bater continência ao país mais poderoso.
    Com uma estratégia destrutiva às claras, sem disfarces, com ofensas toscas à comunidade internacional, Bolsonaro explicitamente cria o (desculpe o trocadilho!) perfeito “incêndio do Reichstag” para legitimar uma intervenção externa, bem ao gosto da geopolítica norte-americana – e afastar do Brasil definitivamente a ameaça da influência econômica do softpower da China.
    Por isso, é melhor apertar os cintos! Nessa complexa trama nacional e geopolítica da guerra criptografada a esquerda sumiu. Para ela, tudo é esotérico e conspiratório demais. Muito, mas muito além do seu confortável discurso da esperança e resistência.

    http://cinegnose.blogspot.com/2019/08/isso-globo-nao-mostra-chantagem.html#more

    1. ela está se manifestando, sim. Saiu em alguns blogues hoje e ontem. Inclusive é um deputado da Rede que está propondo o impeachment do salles. Não sou redista nem nada, mas não devemos ser injustos.

      1. Pois é… quando era pra meter o pau no PT era primeira página no UOL e Folha… agora está só nos “blogs sujos”… a imagem dela seria importante nessa hora… porque ela não aparece? Estranho, não?

        1. Está na Folha a Marina pedindo o impeachment do Salles. Pelo menos isso, né, dona fadinha da floresta? menos mal que apareceu.

  7. As Forças Armadas são co-responsáveis pela tragédia brasileira.
    Os militares entreguistas, acumpliciados aos milicianos, estão destruindo o Brasil.

    1. Os eleitores do Bozo também são culpados dessas asnices feitas pelo Bozo, também são culpados as organizações criminosas chamadas Rede Globo, SBT e Rede Record.por darem sustentação ao lunático e perigoso miliciano Bozo.

  8. Anos e anos? Não. Décadas e décadas. Há pelo menos 30 anos que o Brasil vinha trabalhando para desenvolver seu comércio internacional, conquistar mercados a duras penas, adequar produtos às normas de paises ricos, desenvolver laços comerciais e diplomáticos, galgar degrau por degrau da confiança externa, etc. Nos governos de Lula e Dilma, esse respeito externo cresceu exponencialmente, Lula foi incluído nos principais fóruns de debate global como protagonista. Foi o ápice de um trabalho árduo e demorado. Perdemos tudo em oito meses de governo de um energúmeno boçal. E o planeta está ameaçado de perder seu pulmão verde.

    Porque o NOSSO PRESIDENTE É UM IMBECIL PERIGOSO E CRIMINOSO. Quando iremos às ruas derrubar esse canalha grotesco? CHEGA!

  9. As razões para a defesa da integridade da Amazônia são muitas e devemos lutar por elas muito fortemente. No entanto , esta história de “pulmão do mundo” é lorota para entreter e convencer as pessoas. A Amazônia é um sistema fechado com equilíbrio zero no que diz respeito à energia e massa de gás carbônico e oxigênio (floreta íntegra, sem as queimadas, é claro). O que ultrapassa as suas fronteiras são a humidade do ar e o material jogado ao mar na sua foz que alimenta micro-organismos que fazem fotossíntese e constituem o início da cadeia alimentar da vida no mar. Mas isso é um fenômeno comum em todo o planeta, não é exclusivo da Amazônia.

  10. Muitos colegas paleontólogos pensávamos que seria a queda de um grande meteoro que iria extinguir o Planeta Terra! Engano total… um idiota KOXINHA BOSÓ no governo promoveu uma catástrofe em poucos meses!
    Interessante… extinguiram o Ciência Sem Fronteiras, o Minha Casa Minha Vida, 20 milhões de empregos DESTRUÍDOS, o FIES, Milhares de Bolsas de Estudos! Entregaram o Pré-Sal, a Embraer e as tecnologias, a iNDÚSTRIA NACIONAL inteirinha! ACABARAM com o Bolsa Família e Reduziram o Valor do Salário Mínimo… Condenaram o LULA por um “Ato Administrativo Indeterminado”, uma falácia escrota e ninguém falou nadica de NADA!
    Agora, deixem o BOOOSÓNALHA DESGOVERNAR EM PAZ”!
    AFUUUUNDA BRAZZZZZIIIIIL”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *