O que há por trás do “projeto salva-banco”?

Muito esquisita a iniciativa do Banco Central de, no apagar das luzes de 2019, enviar ao Congresso um projeto de lei que, entre outras medidas, permite que recursos do Tesouro Nacional sejam usados na salvação de bancos em situação de insolvência.

Nada parece mais distante de justificar esta pressa – e consequente ausência de debate público – num ano em que os bancos tiveram, apenas nos nove primeiros meses, lucros de R$ R$ 60 bilhões, alta de 14,6% em relação ao mesmo período de 2018, em valores corrigidos pela inflação.

Nada menos que os maiores de sua história.

Nem vale a desculpa de que é preciso evitar prejuízos aos depositantes: já existe o Fundo Garantidor de Créditos, formado com 0,01% do valor dos depósitos bancários e que protege os saldos no valor de até R$ 250 mil, o que representa 99,7% das contas do sistema bancário.

Embora o projeto mantenha o Fundo Garantidor como ferramenta para intervenções ou liquidações de bancos, abre espaço para que, sendo insuficientes, possa haver aporte de recursos públicos diretamente, durante os procedimentos de estabilização de instituições insolventes.

Tudo é tão estranho como ir em casa pegar um guarda chuva num dia ensolarado, sem um fiapo de nuvem no céu.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

29 respostas

  1. Há algo de podre no reino da bozolândia bancária.
    Alías, TUDO está podre no reino da bozolândia.

    1. Não se produzem remédios quando não há doença. Fico pensando se não há ligação com a privatização da previdência, uma antecipação do que pode vir a acontecer se um banco depositário das contribuições vir a falir no futuro.

  2. Estranho.
    Mas os bancos não são os donos dos jornais? Então…
    Se amanhã os jornais se calarem nas críticas ao horroroso bolsonaro tudo se encaixa. Ou talvez eles sutilmente “esqueçam” os casos dos milicianos, da Mariele e das rachadinha. Ou talvez entendam que o bolsonaro “as vezes” foge do normal e fala umas bobagens, mas…
    Quem tem globo, folha e estadão na praça, alguns a venda outros já vendidos… sei não..
    Será esta a chave das recentes descobertas, do que já se sabia a anos, dos fatos bolsonarianos…
    As reformas como o roubo dos pobres da previdência já é passado, agora cobra-se mais.
    O mercado quer destruir este país.

      1. A pressa é o que vem em janeiro/2020. Estejam preparados, é mundial. Leman Brothers é fichinha. Agora será o Deusch Bank e o governo americano. Haja bancos dominó.

        1. Triste morar num país onde as crianças tem que pedirem galinhas ao “papai noel” para poderem ter ovos todos os dias para comerem.

  3. Será que algumas instituições que começam mais com a letra S nao estão para sofrer intervenção ???

  4. A pressa é o que vem em janeiro/2020. Estejam preparados, é mundial. Leman Brothers é fichinha. Agora será o Deusch Bank e o governo americano. Haja bancos dominó.

  5. opções……bancar o gabinete do.ódio….pagar a mídia bandida para de calar……caixa.dois das eleições municipais….ou as três coisas ao mesmo tempo…é muito dinheiro

  6. Você está se esquecendo de que o CMN/BCB, há algumas semanas, inventou mais uma fonte de renda para os bancos, oh eles, tão penalizados! Vale dizer: cobrança mensal por tornar disponível ao usuário saldo em cheque especial acima de quinhentos reais, quer este o use QUER NÃO!

  7. Aposto dez contra um que o guedes e o bozo querem comprar algum banco…e é muito simples o governo quebrar um banco e depois salvá-lo com endereço e titular pré-definidos.

  8. Os grandes bancos não precisam ser salvos. Eles mandam e desmandam. Seus lucros neste país sem sorte são de fábula. Mas há pequenos bancos sob a gestão de grandes crápulas ou güedes, que patinam no mercado. Seriam eles o objetivo de tão fraternal projeto? Me educaram no princípio lapidar: “só a violência educa”. Não posso pensar de outro jeito com esses canalhas.

  9. O Japão está preocupado com o SoftBank, que cresceu muito investindo em “unicórnios”;

    A Alemanha está muito preocupada com o Deutsche Bank, que perdeu metade do seu valor de mercado nos últimos dois anos;

    Nos EUA, o FED está injetando 500 bilhões de dólares nessa virada de ano para evitar uma crise sistêmica no mercado por falta de liquidez;

    E aqui na terra Brasilis está tudo bem?

  10. Será que algum banco ligado ao governo está “com as pernas bambas” e o bozo está se antecipando para salvá-lo num futuro próximo?

  11. Mais um “avanço” feito pelo Bozo, em favor dos “cidadãos de bem”….
    Bem feito, pobres de direita. Bem feito, pequenos comerciantes. Bem feito, funcionários públicos que votaram em branco.
    Bem feito a todos IDIOTAS, que optaram pelo idiota.
    Se a economia ruir, se faltar dinheiro para o governo, já sabemos que o Bozo fará o que sempre divulgou: acabar com os programas sociais (bolsa escola, bolsa família, etc….). Mas claro que HAVERÁ DINHEIRO para salvar os banqueiros, tá ok? Porquê eles são importantes, tá ok? E pobre tem que aprender a trabalhar, tá ok?
    Faz arminha….

  12. É q esse boom no Ibovespa é fictício, este ano já sairam do país 27 bilhões dólares (?). Eles fazem isso porque o povo deste brazil é uma merda bovina de merda.

  13. O Japão está preocupado com o SoftBank, que cresceu muito investindo em “unicórnios”;

    A Alemanha está muito preocupada com o Deutsche Bank, que perdeu metade do seu valor de mercado nos últimos dois anos;

    Nos EUA, o FED está injetando 500 bilhões de dólares nessa virada de ano para evitar uma crise sistêmica no mercado por falta de liquidez;

    E aqui na terra Brasilis está tudo bem?

  14. O Japão está preocupado com o SoftBank, que cresceu muito investindo em “unicórnios”;

    A Alemanha está muito preocupada com o Deutsche Bank, que perdeu metade do seu valor de mercado nos últimos dois anos;

    Nos EUA, o FED está injetando 500 bilhões de dólares nessa virada de ano para evitar uma crise sistêmica no mercado por falta de liquidez;

    E aqui na terra Brasilis está tudo bem?

  15. Outra hipótese seria uma para compensar os Bancos no sistema de capitalização para aposentadoria, já que não foi aprovada pelo congresso. Se as reformas econômicas desse governo fracassar, (que é bem provável), é um prêmio para os Bancos e penalização para o trabalho, para quem vive de salário!!!

  16. Li um comentário no “O Bolsonarista” ou O Morista” que a Lava jato pode estar se aproximando de julgar as sujeiras dos bancos. Desta forma o governo, ou seja nós contribuintes, vamos salvar os bancos que há muito tempo tem lucros recorde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *