O Supremo de Moro não sobreviverá à redemocratização

marguerita

Você e eu não sabemos quem será o próximo presidente da República.

Nem sabemos quais serão as maiores bancadas partidárias  na Câmara dos Deputados.

Mas já sabemos quem hoje e, muito provavelmente, por mais um bom tempo, dirige a Justiça brasileira: Sérgio Fernando Moro, o juiz de Curitiba e do Universo.

E dirige porque formou-se um sentimento de poder e soberba na corporação judicial e, além disso, uma maioria medíocre, vaidosa e autoritária no Supremo Tribunal que, mais que as decisões do juiz paranaense, que aplica o  “espírito” punitivista com a mesma desfaçatez que o faz Moro.

Por vezes, até, com mais virulência.

O esperneio de Gilmar Mendes que temos assistido, sessão após sessão, é uma tentativa desesperada de preservação do poder do Supremo, no que é acompanhado por Celso de Mello, muito mais preso a análises técnico-formais e pela falta de brilho de Dias Tóffoli. A tibieza com que se expressam Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio de Mello não permite que o incêndio que Mendes inicia se propague, do contrário – e com motivos – estaríamos vendo uma sublevação de metade de nossa Suprema Corte.

Carolina Brígido, em O Globo, resume a ópera:

Com uma corte dividida, é mais fácil para Moro conseguir maioria em processos no plenário. A presidente Cármen Lúcia não integra nenhuma das turmas, somente participa dos julgamentos em plenário. Não fosse por ela, o placar seria cinco a cinco em muitos julgamentos penais. É a presença da ministra que costuma garantir a maioria do STF em prol das prisões – sejam elas preventivas; sejam elas depois de condenação em segunda instância.

Poderia até ser o acaso levando a uma situação em que o voto da presidenta do Supremo definiria os resultados, mas não é apenas isso. Cármen Lúcia usa o poder discricionário da presidência para conduzir os julgamentos pelo caminho que mais favorece a ala “morista” da corte, tal como se viu neste julgamento em que juízes só faltaram lamentar a existência do instituto do habeas corpus.

Óbvio, por se tratar de um instrumento para colocar limites ao poder do Judiciário , agindo em nome do Estado.

Estamos vendo um empoderamento inédito da corporação judicial, do MP e da Polícia Federal que sabem que vão encontrar um Supremo dócil disposto a tolerar toda a sorte de abusos e, assim, destruir o sistema de freios e contrapesos judicial que é o único “seguro” que a democracia convencional coloca como controle ao Judiciário.

Em resumo, é a demolição do Estado de Direito por parte justamente de quem mais o deveria proteger.

Não se sabe ainda até onde irá o espasmo policial-judicial em nosso país.

Mas já é possível dizer que, quando se restaurar a democracia – e ainda estamos na fase de perdê-la, mais que na de reconquistá-la – acontecerá algo inédito na história das rupturas do autoritarismo no Brasil: a ordem democrática terá de se impor ao Judiciário, em lugar deste adequar-se a ela, como sempre ocorreu nas redemocratizações.

 

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

55 respostas

  1. De volta ao poder, seja quando for, a centro-esquerda/esquerda no dia da posse: criar a Comissão da Verdade dos(as) Togados(as); dissolver o STFede – dar aposentadoria a todos eles mantidos os direitos assegurados por Lei; cancelar, definitivamente, a Concessão Pública da Globo Organizações MafioCriminosas – e instaurar um inquérto objetivando colocar cada um dos filhões do GÂNGSTER robert(o) Marín(ho) em solitárias no Alasca…
    “E por aí vai!”

  2. Estou copiando e colando o que escrevi há um dia atrás: “O aparelhamento do STF ficou fácil de entender. Transferiram Fachin para a segunda turma e foi dado um jeito de ele ficar com a relatoria da Lava Jato. Como a Segunda Turma é garantista (garante os direitos da constituição), o Fachin, em casos emblemáticos (do PT de preferência) leva os casos para o Plenário, onde ele faz maioria, pois na turma iria perder. Simples assim, não?”

    1. … Antes, os nazigolpistas lavajateiros “suicidaram” “O Teori(a) da Conspiração Zavascki”!
      E mais quatro vítimas dos Demônios da província agrícola de Curitiba!
      A mando do conluio mafioso CIA/FBI/Globo/sistema financeiro transnacional!
      E o que o ‘miniSTRO’ “supremo” do STFede, Teori Zavascki, ganhou ao mandar o processo do inocente presidente Lula para a província do nazista ‘mor(T)o’ & do “DD playboy de porta de igreja”?
      “Sete palmos de terra”!…

    2. E carminha sempre maquinando junto da rede bosta… do mbl … esses são os assessores dessa inútil.

  3. Bom levantar o tema. Tomara que o Çupremo receba a informação e comece a tomar vergonha na cara.

  4. Eu concordo que a força de Moro vem, em grande parte, da mídia, mas tenho que dizer que ele contou durante todos estes anos com a COVARDIA de todas as autoridades, principalmente do governo Dilma. Se desde o início, o caráter parcial das investigações, a destruição das empresas, da economia, dos empregos, tivessem sido DENUNCIADOS, as coisas teriam sido diferentes. Infelizmente Dilma e o Zé repetiam o “a justiça é para todos” e enfiavam o rabo entre as pernas. O balão dele foi então sendo inflado, até que o cara chegou a uma posição de autoridade sobre todas as instituições brasileiras, inclusive o STF, como disse o Gilmar. Mesmo este, faz críticas onde se percebe um certo cuidado em não acusar de nada objetivamente.

    1. Mas Zucolotto e Pozzobon ainda não tinham sido denunciados por Tacla Durán. Marcelo Muller não tinha se bandeado pra Joesley.

    2. Concordo contigo Antonio. Se, no crime que o moro cometeu de grampear a Dilma e o Lula, ele fosse destituido da vara de Curitiba ( e o zé Mané aindA ERA O MINISTRO DA JUSTIÇA) nada disso estaria ocorrendo agora. Aproveitava esse crime dele e anulava o processo contra o Lula. Dilma e o Zé Mané nada fizeram e olha no que deu.

  5. A característica principal dos JUDICIÁRIOS,é que não tem OUTORGA e ainda assim,se constituem em PODER.Isso ocorre no Brasil,ha muito tempo e sempre é a mesma arenga,o JUDICIÁRIO,é o GARANTISMO CONSTITUCIONAL.A gente está vendo isso,todo o dia.O que eles garantem,é a DITADURA DA MINORIA RICA,contra todos os outros pobres.E tendo a ” CLASSE MÉDIA “,como avalista dos interesses dos ricos.

  6. Vamos precisar de uma constituinte ou, pelo menos, um executivo e legislativo unidos e determinados a acabar com a bandalheira. Sem enfrentamento a coisa não volta aos eixos.

    1. Os poderes que têm votos, e que portanto podem criar leis, deveriam estabelecer que o status do poder judiciário e seus anexos, sem votos e impedido de fazer ou modificar leis, apenas interpretá-las à luz da constituição e dos códigos, deve ser semelhante aos semelhantes, ou seja, semelhante ao magistério superior, universitário, incluindo aí os funcionários (pelo menos os universitários trabalham ou vocês pensam que é fácil, que dá tempo, gastar estes salários astronômicos pingando 14 vezes ao ano nos seus cofrinhos). Sem mordomias e penduricalhos nenhum, repetindo a negação duas vezes só para enfatizar. Com o dinheiro sobrante (talvez 70 ou 80% do que se gasta hoje pelo pior serviço do mundo oferecido pelo judiciário) pode-se duplicar as vagas fazendo um concurso em dois meses, aumentar o número de varas, de fóruns e de serviços e investir grandes esforços na melhoria das penitenciárias e no andamento de processos parados neste… poder.
      Quanto à globo, ora, basta retirar a licença de uso das ondas das rádios e televisões dela e das associadas e brandir esta decisão como advertência aos outros órgãos de comunicação.

  7. A Câmara dos Deputados poderia votar logo a lei de abuso de autoridade para botar algum tipo de limite à ditadura de Curitiba.

  8. O criminoso de curitiba ,se ergueu como o “super-herói”,montado na alienação dos pobres que se dizem classe média e na ignorância absoluta da classe pobre.Foi vendido e endeusado como o “caçador de corruptos” ( quem não lembra do caçador de marajás ?) copiando ,a globosta o mesmo script . a mesma jogada manjada de criação de um “herói”
    Repetindo o outro pateta de antigamente ,este sujeito raso,que atende pelo nome de moro acredita ser um redentor do Brasil.
    E assim entre malandros e dementes ,o Brasil continua a descida.

  9. Perfeito: “Estamos vendo um empoderamento inédito da corporação judicial, do MP e da Polícia Federal que sabem que vão encontrar um Supremo dócil disposto a tolerar toda a sorte de abusos e, assim, destruir o sistema de freios e contrapesos judicial que é o único “seguro” que a democracia convencional coloca como controle ao Judiciário.”

  10. O Brail não sobrevive à ditadura de togados irresponsáveis, criminosos, tendenciosos iguais ao juizeco de curitiba

  11. Infelizmente creio que a redemocratização está muito longe, na minha idade não creio que vou viver para ver. Talvez as crianças de hoje, quando forem velhas…

  12. Temos que acabar com esse negócio de rabo abanar cachorro.
    E de general se molhar todo ao encarar soldado raso!

  13. Essa concepção de Estado que o judiciário, ministério público e polícias impõe ao país tem retrocesso.

  14. (…)Em resumo, é a demolição do Estado de Direito por parte justamente de quem mais o deveria proteger.(…)

    Isso é crime contra a soberania popular, crime contra a Constituição Federal, crime contra o Estado democrático de Direito.. Essas pessoas têm de sofrer sanções sérias….Sanções que tenham repercussão efetiva nas vidas destes que traem a CF, os Direitos Humanos e os marcos da civilização.

    1. … Creio que sempre foi o Plano de A a Z do nazista e títere da CIA/FBI/Globo ‘mor(T)o’!

  15. Vê-se uma espécie de corrida maluca de alguns ministros para ganhar o prêmio “além-moro”. Superar o brilho de bijouteria jurídica que a vara da capital sulista emana.
    Meio q para dizer: q moro nada, sou eu o cardeal mor do santo ofício.
    Sombria gente.

  16. Sabemos que no STF os juízes, em sua maioria, carecem de tudo: inteligência, competência e, principalmente o compromisso com a verdadeira Justiça voltada para o respeito à Constituição e os anseios legítimos do povo. Mas, o que tem o tem o juízo de Curitiba? Nada. Escolheram para capitanear o golpe uma pessoa ainda mais pobre de intelecto e erudição do que os juízes do STF e que apenas conhece a truculência. Logo, alguém pensa por ele. E, certamente no STF todos saibam quem por ele pensa e o dirige. E, este alguém causa a todos o medo. Principalmente sobre Cármen Lúcia, Rosa Weber e Fachin, sendo mais “frágil” a primeira e, logo ela, a “presidenta” do STF. Os demais juízes, em maior ou menor grau, têm luzes próprias para suas convicções, sem considerar aqui o mérito das mesmas.

    Se Moro, pobre de intelectualidade, manda em Cármen e no STF, quem mandaria em Moro? Não é por certo o Executivo e tampouco o Legislativo a quem o Judiciário, incluindo-se aqui o MPF, traz na coleira e à sombra da espada justiceira. Quem estaria, endógeno ao país, garantindo a um reles juiz de 1ª instância, e incompetente juridicamente, tamanho poder de aterrorizar os três poderes da república? A resposta só poderia estar nas baionetas. Moro faz o que quer porque as Forças Armadas do Brasil o garantem. A inteligência do Golpe ali reside.

    Assim como Moro, e antes deste, as FAA fizeram a opção pelo Norte.

  17. Estou lendo o impressionante Os Juristas do Horror, e, na sua introdução, podemos ler algo que se aplica ao momento atual que vivemos:
    “El libro presenta sin rubor la manera como un país enfermo en su moral puede desfigurar la justicia y ponerla al servicio de intereses políticos”….E mais adiante: “No hay justificación alguna para que en nombre de unlirevolución se le haga
    tanto daño a pueblo alguno”.
    Sou hoje um homem profundamente pessimista com a ameaça que paira sobre nós

  18. Não tenho dúvidas. Redemocratizando este país, teremos que impkabtarcem primeiro lugar um Tribunal a semelhança de Nuremberg. Não ficaracnenhum, mas nenhum funcionário público
    que foram os que fizeram o golpe. Está na constituição. Traição.

  19. Ocorreu um erro brutal neste supremo ( de m#@* ) a disseminação que a Constituição é aquilo que o supremo diz que é …..evidentemente abriu-se as portas do inferno para os “juízes de esquina”.

    Na nova ordem, que não tardará a chegar, seja pela via popular ou bonapartista, este supremo será reduzido a questões menores e a constituição será aquela que o legislador originário criou, para o bem e para o mal.

    Não se faz necessário esclarecer que MP, PF e judiciário sofrerão uma brutal desvalorização , tanto financeira quanto institucional. Sintetizando , voltarão a usar chinelas bem baixinhas diante do poder político.

    Milicos…..bolsa miséria pra eles.

  20. Medíocre Tribunal Federal

    Análises sob custódia de uma 1a instância, cujo juízo tem dono, um juizeco sem nome na História. O ex supremo (hoje medíocre) acovardado, em decisões previamente construídas, envergonha os cidadãos que entendem minimamente do Direito.

    Triste fim de uma ex egrégia côrte.

  21. Esse STF entregou Olga Benário e Lula ao inimigo. Nós povo brasileiro que pagamos os salários nababescos da toga midiotizada, não somos obrigados a continuar vivendo sob o jugo desses farsantes que converteram esta Instituição em organização criminosa a serviço de interesses de oligarcas nacionais e internacionais, não foi por outro motivo que a apequenada Carmem Lucia, num jantar com donos de mega-corporações, dentre elas a Shell, prometeu entregar aos abutres a cabeça de Lula…

  22. Muito estranho essa história do Gilmar Mendes se voltar contra a Lava Jato. Quem acompanhou esse sr. por anos sabe que sempre tem algo por trás das suas atitudes, nada é de graça. Pode parecer teoria da conspiração, apesar da realidade ser muito mais surreal que uma suposta conspiração, mas tudo isso está parecendo um grande teatro. Tudo ensaiado para acabar com a Lava Jato, já que a sua missão já foi cumprida e os que restam, não interessam às elites dominantes investigar. Gilmar Mendes teve muito tempo para se indignar porque os abusos já vem ocorrendo há muito tempo. Mas só agora que destituíram a Dilma e prenderam o Lula, é que ele vem mostrar toda essa veemência? Nada é o que parece nesse Brasil de hoje. O poder de manipulação e dissimulação da elite não tem limites.

    1. Tomaz, a esperteza do Gilmar é simplesmente pra se precaver ante possiveis condenaçoes dos tucanos. Ele ja falou isso, na cara dura. Nao mete prego sem estopa.

    2. O Gilmar se aliou ao vampirão e agora parte dos golpistas se uniram para derruba-lo. O Gilmar percebeu que se o vampirão cair ele vai junto, daí a brabeza.

  23. simplificando o lula preso,qualquer presidente eleito não fica 2 anos no poder;aí a ficha vai cair para os coxinhas,onde o lula volta e destitui o STF assim ele governa para o bem da nação.fique tranquilo a globo o moro os empresários no geral vão ver que não tem saida ,até porque a direita é muito burra,é só ver o passado sarney ,itamar.fhc todos fizeram o mesmo plano de governo estado minimo, o mercado resolve,nem um deles prosperarão igual o lula.então é questão de tempo.só um conselho.rezem para que o lula não morra,porque se morrer bay bay brasil já era.aí quem puder muda desta porra por que aqui já era,vai voltar escravidão.

  24. Acho que Fernando Brito acertou em cheio quanto ao esperneio de gilmar mendes. É o esperneio contra a irrelevância, embora, formalmente, ocupe cargo poderoso. gilmar também deu asas a sergio moro, no vergonhoso – e criminoso – ato de gravar e divulgar conversa entre a presidenta Dilma e o presidente Lula, e ao barrar, ilegalmente, a posse de Lula como ministro da Casa Civil, fazendo, assim, o que sergio moro pretendia.
    Agora está vendo sergio moro usar como quer o poder conferido a ele, pois, através de rosa weber, que só faz o que ele quer, sergio moro, na prática, até tirou o voto de minerva de carmen lúcia, nesse stf dividido. Um ministro do supremo, hoje, não tem nem 10% do poder que o raivoso (contra Lula e o PT) curitibano tem.

  25. … Ainda sobre Justiça bandida!

    $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

    Condenado em segunda instância, Eduardo Azeredo dá última cartada para evitar prisão

    13/04/2018

    (…)
    Entre a denúncia e a prisão do presidente Lula, foram quase 19 meses.
    No caso de Azeredo, já se passaram mais de dez anos desde o oferecimento da denúncia, em novembro de 2007.

    FONTE: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/04/eduardo-azeredo-da-ultima-cartada-para-evitar-prisao.shtml

    1. Prisão de Lula realiza sonho dos militares. Saiba por que os quartéis querem ver o PT pelas costas.

      A prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realizou o sonho da maioria dos militares, principalmente do Exército. Não há uma pesquisa científica, mas, em conversas privadas, são poucos os oficiais e subalternos que não compartilham o desejo de ver a cúpula do Partido dos Trabalhadores na cadeia.
      (…)
      Essa situação contrasta com o grau de atenção que as administrações do PT deram ao reequipamento das Forças Armadas. Lula encontrou o aparato militar brasileiro em situação de total penúria. Investiu em programas importantes. A Marinha ganhou novos submarinos convencionais,
      A verdade é que, enquanto não houver uma mudança radical na formação de oficiais e subalternos, continuará a desconfiança das Forças Armadas em relação aos partidos de esquerda. Ela também atinge um segmento importante da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) que, até hoje, prioriza a vigilância interna, a exemplo do que ocorria nos tempos do velho SNI criado pelo regime militar. São resquícios de 21 anos de governo autoritário que se recusam a morrer. Infelizmente.

      Por Pedro Paulo Rezende – jornalista especializado na área de defesa. Em mais de 30 anos de atuação profissional, foi o correspondente brasileiro de uma das principais publicações do mundo nessa área, a James Defense Weekly , e trabalhou nos jornais O Globo e Correio Braziliense

      FONTE: http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/prisao-de-lula-realiza-sonho-dos-militares-saiba-por-que-os-quarteis-querem-ver-o-pt-pelas-costas/

  26. pois é… caíram na farra dos holofotes sem medir consequências e se meteram numa arapuca, subordinados a um juizeco de piso, chantagens e dossiês e sabe-se mais o que. destroçaram as leis, os direitos, a CF e não sabem como sair disso. Alguns gritos não vão parara o rolo compressor da destruição

  27. TEREMOS QUE FAZER UMA NOVA CONSTITUINTE PARA TRAZER OS ESTADO PARA BAIXO DOS INTERESSES DOS CIDADÃOS…
    TIRAR PRERROGATIVAS DOS MARAJÁS E CORRUPTOS DO PARTIDO NAZI-JUSTICIALISTA DO BRASIL , MPF, E PULÍSSIA FASCISTA E GOLPISTA FEDERAUL IANQUES DO BRASIL….
    INVADIR CURITIBA É PRECISO….. EM 1º DE MAIO!

  28. Judiciário e integrantes bandidos! Dos tribunais das corrutelas Brasil afora ao STF: tudo podre e corrompido!
    Esse sistema judiciário brasileiro não mais serve à democracia, mas a uma casta bandida que assalta o país a olhos nus e em plena luz do dia, sem pudores e sob a proteção militar. Em nome de um projeto de liberação popular, esses canalhas escravizam a população e “transformam o país inteiro num puteiro, pois assim se ganha mais dinheiro…”. Como resultado das posições e políticas estapafúrdias viabilizadas por esse conjunto de larápios, temos bandidos da ordem de Geraldo Alckmin e Aécio Neves soltos, mesmo depois de provocarem reiterados danos ao erário e aos sistemas político e eleitoral brasileiros. Como já disseram antes, vivemos em meio a uma verdadeira suruba exterminadora de direitos e garantias constitucionais e das riquezas nacionais (petróleo, aviação civil, energia elétrica, subsolo e a mais recente entrega ao mercado, a saúde), em que se incluem personalidades funestas, a exemplo de Carmem Lúcia, Gilmar Mendes, Barroso, Raquel Dodge, Jucá, Aécio, Alckmin, Moro, Deltan Dallagnol, Cunha, dentre inúmeros outros, e toda a cúpula político-administrativa do país… Todos esses patifes, conjuntamente, deveriam ser colocado numa única cela de cadeia, com direito a vaso sanitário, para cumprirem a pena coletivamente.

  29. No parágrafo final, Brito, não seria “a ordem democrática terá de se impor ao Judiciário, no lugar de adequar-se à ele”?

  30. ESPERO PODER VER MORO ENFORCADO EM PRAÇA PÚBLICA POR ALTA TRAIÇÃO A SOBERANIA NACIONAL EM FAVOR AOS EUAs!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.