O tapa público de Bolsonaro em Mourão e a “fria” da previdência militar

Não creio nesta prometida antecipação do envio da proposta de mudanças nas aposentadorias dos militares para antes de quarta-feira, como forma de acelerar a reforma da Previdência.

É que só na quarta de manhã Jair Bolsonaro chega ao Brasil e é de duvida que o General Hamilton Mourão, no exercício temporário da Presidência, vá se submeter a assinar algum tipo de restrição a seus pares das Forças Armadas.

Ainda mais depois do tapa público que levou do Presidente, que não se constrangeu em carregar para baxo e para cima o sr. Olavo de Carvalho horas depois deste ter chamado Mourão de idiota. E ainda propor e erguer um brinde ao astrólogo insolente e boca-suja.

Mourão tem toda a razão em não responde às ofensas de Olavo de Carvalho.

Mas essa não foi de Olavo, foi de Jair Bolsonaro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

3 respostas

  1. Esse general cafuso NÃO É melhor do que o Bozo. Embora o sujeito que se diz descendente de indígenas tenha chamado os povos latino-americanos e africanos de “mulambada”, ter sido, juntamente com o “porta-voz” Eduardo Villas Bôas, Sérgio Etchegoyen, Augusto Heleno, Pedro Chagas e quejandos, artífice e golpista de 4 costados, responsável também por manter hoje numa solitária o Ex-Presidente Lula, que não cometeu crime algum, ele tenta passar uma imagem mais “austera”, de respeito à institucionalidade. Balela! Associando-se à mídia venal e golpista assim como a setores da banca, do empresariado, do latifúndio e do sistema judiciário (cooptado/corrompido/comprado pelo alto comando internacional do golpe, que são o Deep State estadunidense, a banca e as oligarquias) esse general tem tentado simular que “tomou banho de loja” e ‘aulas de boas maneiras”. O general cafuso tenta posar de “estadista”, mas é tão golpista e vira-latas c quanto o clã Bozo. Ele só engana aos incautos, aso tolos e aos de má índole. TODOS os golpistas devem ser não só tirados do poder, mas processados, julgados e condenados pelos crimes que vêm cometendo há muito tempo.

  2. Como eu gostaria de dizer um Bom Dia sem sentir incluso contra minha vontade a realidade de que um Bom Dia nestes tempos trevosos não contenha a nódoa da hipocrisia.Como ser feliz em um País que promove e um Povo que assiste passivamente a mais cruel injustiça contra um ser humano da grandeza de Luiz Inácio desrespeitado,humilhado e caçado pela gente rica e pelas podres instituições que nos subjugam com mentiras e ameaças de prisão.Como respeitar um judiciário que não possui em suas hostes uma alma honrada,honesta e digna de falar em nome da justiça.Como servir a um País,como usar a pouca cultura e as especializações conseguidas com imenso sacrifício sob vis instituições e a um governo que eleito foi pela fraude, pela mentira e pelo terror?Como calar-se?Como não rebelar-se,como não odiar a quem nos odeia com tamanha intensidade beirando a psicopatia coletiva,como não lutar contra isso? Como não arrombar as portas que nos fecharam tentando nos trancafiar a todos?Em nosso País a gente rica odeia aos pobres,odeiam a educação,a saúde,a liberdade,a justiça e falar em igualdade é ser terrorista. Essa gente protegida por malévolas instituições não muda,promovem o ódio e perseguem ao longo de toda nossa história.Sobral Pinto na defesa de Berger exigiu do estado a aplicação do artigo 14 da lei de proteção aos animais em defesa de um tratamento humanitário a seu cliente pois a ele Berger tudo era negado e sua petição ainda hoje é objeto de estudo e no ano de 1955 fundou a liga em defesa da legalidade para que Kubitschek pudesse ser candidato pois as forças armadas queriam impedir sua candidatura e assistimos a tudo se repetir. O mal no brasil se perpetua,se repete por falta de originalidade e por nossa passividade.Sabemos onde tudo isso vai parar pois existe gente pronta,pronta pra lutar pois se fazem o que fazem contra um homem respeitado no mundo todo o que não farão conosco e com nossos filhos?Eu me recuso a servir a essa terra,eu me recuso a me submeter a suas leis e não reconheço autoridade alguma nesse País e a elas jamais me curvarei,vou combate-las,combaterei sem tréguas,sem medo pois viver com medo é estar sepultado vivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.