Odebrecht faz ‘falência soft’. 230 mil empregados na rua, dirigentes seguem ricos

A Odebrecht tinha, em 2014, nada menos que 276 mil  empregados. Hoje tem 48 mil  e é certo que boa parte deles será dispensada como consequência do processo de recuperação judicial que a empresa apresentou hoje à Justiça, para reestruturar pouco mais de R$ 51 bilhões em dívidas, além de outros 20 que ficam lastreados nas açoes que possui da Brakem.

Os seus donos, porém, bem como o seleto grupo de 79 executivos que recberam da própria empresa, em média, R$ 15 milhões para fazerem suas – literalmente – delações premiadas seguem todos eles muito bem.

O patriarca da empresa, Emílio, e o filho, Marcelo, tem gordos patrimônios privados. Emílio tem patrimônio pessoal estimado em perto de R$ 2 bilhões. A Istoé, em dezembro, estimava que Marcelo tinha uma retirada mensal de R$ 10 milhões das empresas que possuía, excetuada a Odebrecht.

Quase 230 mil pessoas, porém, perderam os empregos.

O país perdeu uma empresa capaz de competir no exterior e gerar demanda de trabalho, produção e vendas no mercado interno.

A pergunta simples é: por que não se optou por intervir na empresa, preservando-a sem preservar seus dirigentes, e se preferiu destruí-la?

Também é simples a resposta: porque destruir Lula e destruir o Brasil foram e são objetivos que não se separam.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

21 respostas

  1. Como há muito tempo diz o PHA, a Farsa a Jato vai transformar a Odebrecht em uma barraca de acarajé na praia do Farol da Barra.

      1. Ele vai perder o emprego, um punhado de boçais vão sair à rua em sua defesa, e ele sabe, tem emprego garantido naquelas agências de espionagem no EUA.

  2. Ainda que continuem ricos. Foram desonrados e vilipendiados.
    Dúvida cruel: por que os empresários aceitaram este papel de vítima e de destruição de suas empresas e honra sabendo, como todos sabiam, que a lava jato era uma farsa, um conluio moro/eua para destruir estas empresas, a petrobrás e tudo o mais?
    Por que aceitaram o desastre e ainda colaboraram com a desgraça?
    Marcelo ocerbrecht foi apena um bode espiatório e o mesmo poderia atingir qualquer empresário, estavam todos na mesma, portanto o ataque era a toda a turma.
    Por que agiram como cordeirinhos assustados, mesmo sendo da elite odiosa e imbecil que provocou tudo isso só para tirar o pt, que coisa, do seu lugar?
    Tem muita coisa esquisita nesta desgraça.

  3. Parabéns, senhor Moro, esta foi sua obra prima. Claro que o senhor foi só o executor, mas fez um excelente trabalho.

  4. E tudo isto ocorreu pelo fato da Odebrecht ter ganho a licitação para construção de nova área do Aeroporto de Miami. Isto despertou o governo norte americano pela capacidade que esta empresa possuía. Virou alvo do Departamento de Justiça, estava incomodando as construtoras norte americanas, e para liquidá-la, a lava jato foi a ferramenta.

  5. É necessário uma lei prevendo a perda das cotas do administrador que age com infração à lei. O juiz poderia afastar liminarmente o gestor faltoso e nomear um novo gestor. Ao final do processo, confirmada a falcatrua o participação do faltoso é vendida para terceiros com a renda revertida para o Estado ou para a própria empresa.

  6. Aqueles empregados que votaram no Bozo, por favor, levantem a mão e façam arminha!!!

    Camaradas, conheço gente que trabalha na Embraer, que está comemorando a venda da empresa para a Boeing. Acho que nunca ouviram a frase: o que dá pra rir, dá pra chorar.

    Aguardemos os acontecimentos. Eu avisei!!!!!!!!!!!!!

  7. Mais uma obra satânica do “monstro de Curitiba”,como será conhecido o “Russo”, no futuro. O destruidor de toda empresa de base nacional, indústria naval, polos navais, estaleiros, Petrobras, a Justiça e ainda desgraçou a vida de milhões de pessoas,que ficaram sem empregos e viraram miseráveis e mendigos.
    Um analfabeto metido a juiz, fez esse estrago todo no país e ficaria impune se não fosse por um repórter norte-americano ganhador do premio Pulitzer, que descobriu tudo através do “garganta profunda brasileiro”, certamente uma boa alma lá de dentro da FarçaJato ,que de tanto assistir bandalheiras e corrupção naquele antro fétido, resolveu copiar arquivos da sujeira toda e procurar alguém isento e de confiança para jogar tudo na atmosfera,como um Chernobyl que vai implodir os calabouços da maior corrupção no país em todos os tempos e talvez no mundo todo.
    Por enquanto ele ainda está usurpando e respirando o mesmo ar que nós, mas em breve sua vida vai virar um elefante tentando se equilibrar em cima de uma garrafa.

  8. Basta ver os comentários do site do G1 comemorando essa desgraça pra ver que vai ser difícil o Brasil sair dessa.

  9. Vc entra no face do DD e lá vê mensagens quase apaixonadas de agradecimento por ele e cúmplices terem salvo o país

  10. A vala-jato é um primor de organização. Cumpriu todas as metas ajustadas com os americanos, conforme o dallangol comenta em seus diálogos para a posteridade a necessidade de combinar novas atitudes com eles.
    Redução do Brasil a sub-colônia, e aqueles de deviam defender a nação, por terra, mar e ar, ficam em silêncio sepulcral, só se manifestando para ameaçar os supremos XYZ.
    Os que morreram em defesa da democracia contra o nazismo devem estar “orgulhosos” de seus sucessores…VERGONHA!

  11. Não é possível compreender como estas empreiteiras se deixaram destruir pela criminosa lavajato. E eram poderosas.
    Destruídas e assistindo a barbaridades feitas contra ela, ficaram caladinhas e até colaboraram com as delações fajutas. Colaboraram com quem os destruía e destruía o país. E sabiam disso.
    Aí está outra grande questão da desgraça que se abateu sobre nós. E eles eram da elitezinha “contra o pt”!

  12. Pior Brito, o Brasil perde o projeto de Submarino nuclear que era construído pela Odebrecht, além de fábrica de misseis entre outras industrias estratégicas, não é a toa que a Lava Jato pegou a Odebrecht para ser destruída. Tal como a Embraer, e a Petrobras, foi a butija que os Estados Unidos ordenaram na orquestração do Golpe de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *