Para aprovar Previdência, Temer terá de comprar votos no atacado

maioria

Mente-se muito na política brasileira e, assim, todo cálculo de votos está sujeito aos capricho das compras, no varejo, de parlamentares que julga que algumas manilhas e um pouco de asfalto suprem, na urna, a incoerência de seus votos.

Mesmo assim, pelo levantamento feito por Naomi Matsui, no Poder360, junto aos líderes dos partidos aliados a Michel Temer mostra um panorama devastador para o Governo.

Haveria, hoje, apenas 164 votos certos para a aprovação da reforma previdenciária que, como se sabe, precisa de 308, porque é emenda constitucional.

Portanto, é preciso arranjar 144, ou – como nos faziam decorar no primário  – uma grosa de votos para atingir o necessário.

Grosa, como se sabe, se compra no atacado, não no varejo.

Claro, aos líderes da “base governista” também é interessante valorizar, nas negociações, os votos que teria de “virar”.  Isso melhora o preço do esforço.

Mas que não é coisa de fazer no varejo, não é. E atacado não é emenda parlamentar, é composição de Governo. Ministérios, leia-se.

Mas “o mercado” não largou as esperanças da tunga nos trabalhadores e ainda aguarda que a derrama de dinheiro público sobre os deputados consiga economizar o dinheiro público que se desperdiça com a aposentadoria de quem trabalha.

Vai ter muita gente graúda ganhando dinheiro com a “surpresa” de que não há votos para a “reforma redentora” das contas públicas.

 
contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

8 respostas

  1. Só há uma forma de impedir a reforma da previdência: um forte levante contra os golpistas e parlamentares ladrões, neste sentido: “Dom Reginaldo Andrietta, Bispo Diocesano de Jales, avalia que o projeto de Reforma da Previdência Social “reduz direitos constitucionais e ameaça a vida de milhões de brasileiros, de modo especial os socialmente vulneráveis”. Segundo ele, “o congelamento por 20 anos dos gastos com programas sociais e a recente reforma trabalhista ferem gravemente nossa ‘Constituição Cidadã'”

  2. A reforma da previdência anterior, PEC n°41, foi aprovada com o mensalão petista.

    Os deputados petistas que foram contrários as reformas foram expulsos do partido (posteriormente criaram o PSOL).

  3. – Desvinculação de Receitas da União, vulgo DRU, foi um decreto publicado criminosamente por FHC para não destinar os recursos mínimos, obrigados pela constituição, as suas respectivas áreas. Priorizando, dessa maneira, o pagamento do serviço da dívida.

    – Lula, que criticou muito a DRU quando era da “oposição”, entra em 2002 e mantém o decreto CRIMINOSO! O governo petista prorrogou a DRU todos os mandatos.

    – Em 2003 Lula envia a PEC n°40 ao congresso. Essa PEC altera o artigo 192, apagando todos os parágrafos que regulavam o sistema financeiro e impunha limite de juros reais a 12% ao ano.

    Obs: Essa foi uma das PECs aprovadas pelo esquema que ficou conhecido como mensalão.

    – Após o primeiro mandato de Lula, os presidenciáveis do PT são os que, dentre todos os presidenciáveis, mais recebem recursos do sistema financeiro.

    1. Então pela sua ótica melhor ficar quieto e aceitar a nova nefasta reforma da previdência, ora cidadão ou falso fantasma cidadão para de vender fumaça vamos ser objetivos, precisamos de um imediato levante contra a aludida reforma.

      1. Em que momento eu disse “fiquem quietos e aceitem a reforma da previdência”?

        Pelo contrário, estou tentando mostrar a origem destas reformas. Quem as pede é o sistema financeiro. Essa já é a terceira “reforma”, FHC e Lula também deixaram suas contribuições ao desmonte da previdência. Todos políticos financiados pelo Mercado!

  4. Imediatamente apoiar esta ideia do Bispo de Jales propõe levante popular pacífico com santinhos para denunciar deputados que apoiam reforma da Previdência, Bispo vamos nos unir e criar um pequeno fundo para que consigamos com a prontidão necessária produzir tais santinhos.

  5. AS SENHORAS E OS SENHORES TRABALHADORES, APOSENTADOS E PENSIONISTAS, ESTUDANTES E JOVENS QUE ESTÃO A PROCURA DO PRIMEIRO EMPREGO. OUVIR A FALA DO SUPER MINISTRO DO STF. O JOAQUIMZÃO BARBOSA DEFENDER VCS NA MÍDIA CONTRA ESSA SENZALA TRONCO GUILHOTINA QUE MAIS DEGOLAR TODA MASSA TRABALHADORA E APOSENTADOS DO BRASIL. EU NUNCA VIR ELE IR PARA MÍDIA DEFENDER OS POBRES E OS NEGROS. QUEM ESTÁ NO BEM BOM NÃO SE PREOCUPA COM OS POBRES, OS DESVALIDOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *