Pesquisa “some” com candidatura Lula e ainda assim ninguém cresce

datasemlula

Pela segunda vez, a pesquisa (telefônica) do site Poder360, não apresenta o nome de Lula em nenhum cenário eleitoral, usurpando o que não é de sua competência, a eventual inelegibilidade de Lula.

Usurpação da lei e da informação, porque priva a opinião pública de saber quantos são os que, podendo, escolheriam o ex-presidente como candidato, embora a informação esteja lá, nos detalhes da pesquisa, onde 24% votariam nele com certeza e 11% poderiam votar, o que dá perto dos 30 a 34% que outros levantamentos registram  em relação às intenções de voto  ao ex-presidente.

A explicação do site para excluir Lula é pífia, alegando que faltaria tempo para os entrevistados responderem. Estranho, porque outras perguntas são feitas e não se sabe em que a gravação aplicada aos entrevistado gastaria mais tempo para dizer “Lula” do que “Paulo Rabello de Castro” ou “João Amoedo”. Difícil também explicar o resultado da “rejeição” apontada para Lula (62%),  quase chegando ao dobro do registrado na pesquisa Datafolha, divulgada em 11 de junho último, onde a rejeição ao nome de Lulaficou em 36%

Nem assim adianta para os demais candidatos, porém.

O candidato mais bem colocado, Jaír Bolsonaro, marca entre 18 e 21%, seguido de Ciro Gomes – 11 a 13% -. O resto  – Marina Silva, Geraldo Alckmin, Álvaro Dias e até Fernando Haddad, que  nem se declara candidato – fica embolado, na margem de erro, entre 4 e 8%, dependendo do cenário proposto.

“Apenas” 42% do eleitorado, mesmo com um “cardápio” de 15 candidatos, não indicam, sem Lula presente, o candidato em que votariam, a três meses, praticamente, das eleições.

Será que é preciso mais para provar que temos um processo eleitoral anômalo, carente de legitimidade?

Estão conduzindo o país a uma catástrofe, como fizeram com o golpe.

PS. Os dados técnicos da pesquisa estão registrados no site do Poder360.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

  1. Já que Lula está inelegível, tem uma solução muito fácil… indica o seu poste logo e pára de deixar o Brasil refém de suas mazelas.

  2. Somem com Lula da disputa eleitoral, o Povo foge das urnas.

    Os golpistas estão dando um tremendo tiro de canhão nos pés ao impedirem Lula de ser avaliado pelo Povo. Poderemos ter uma eleição com elevados índices de votos brancos , nulos e abstenções, com risco concreto de invalidação do pleito.

    Um mega vexame internacional para o Brasil.
    #AsUrnasRepelemOGolpe
    #OPovoQuerLulaPresidente

    1. Cláudio, se alguém adequado ao golpe, como Bolsonaro, for eleito, mesmo se houver uma avalanche de votos brancos, nulos e abstenção as eleições serão validadas e os protagonistas do golpe vão dizer com ótimos argumentos, que esta é a vontade popular, democrática e que valida o golpe.

      1. Sim, o único anseio dos golpistas é validar o golpe. Não importa o percentual de votos brancos ou nulos e abstenções. Para isso eles contam com a alegre cumplicidade da mídia e o abuso de uma “democracia” de fachada. O problema é que a situação do país tornou-se tão caótica do ponto de vista econômico, jurídico e social que o presidente eleito sem legitimidade acabará sendo apeado de seu posto muito em breve. O grande receio dos golpistas não é com o percentual de votos válidos, o seu pior pesadelo é não encontrarem um candidato capaz de domar a instabilidade que eles próprios criaram.

  3. A direita manterá sua estratégia.
    Legitimidade ou crise de consciência não agrega valor aos negócios.

  4. Esse Poder360 é assessoria de imprensa do PSDB á cargo do Fernando “45” Rodrigues. Até na numerologia combinaram, 6+3=9 e 4+5=9 e 6+6+6 = 8 =9 … Fazem todos parte do mesmo caos ..

  5. Confesso que estremeci hoje diante da idéia de Lula fazer uma greve de fome, junto com alguns outros militantes. A última mensagem de Lula já continha uma desesperança na justiça, que pode explicar essa mudança de ação. As coisas podem se tornar muito mais angustiantes do que têm sido, com desdobramentos sérios e imprevisíveis.

  6. Isso demonstra claramente o fracasso do Plano A, que seria para os golpistas o plano de vencer pelas eleições supostamente democráticas. Com certeza irão ao Plano B, que será a fraude eleitoral mais escandalosa da história. Se suas pretensões de fraude forem de algum modo barradas, restará apenas apelar para a ignorância, romper de uma vez por todas com este faz-de-conta democrático para manter um nível ditatorial compatível com suas metas de finalização do grande sanguioduto que estão construindo do Brasil para os Estados Unidos. Tanto esforço só merece sorrisos de desprezo. Vão fracassar tão redondamente que o governo nacionalista que virá para desalojá-los há de durar desta vez para sempre, e não mais apenas doze anos.

  7. Desconfio seriamente dessa pesquisa do Poder 360. Ao que tudo indica é uma “enquete” realizada junto a um público pouco representativo do eleitorado nacional. Motivo número um para desconfiança: embora Lula detenha um incontestável primeiro lugar nas intenções de voto, seu nome é excluído da “pesquisa”. Nenhum instituto sério de pesquisas faria isso e os “argumentos” do Poder 360 para a exclusão, francamente, são risíveis. Demonstra que, mesmo fazendo uma enquete mais ou menos fajuta, eles continuam com medo de incluir o nome do ex-presidente já que, obviamente, isso só viria reforçar sua posição na liderança. Motivo número 2: a “rejeição” a Lula fora de todos os padrões demonstrados pelos demais institutos indica claramente a distorção da amostra. O Fernando Rodrigues aprendeu o ofício na Folha e conseguiu, vejam só, criar um datafolha piorado. Deve estar rico.

  8. Foi o que a Globo declarou. Os seguidores de Lula e do PT, serao vencidos pelo cansaço. Nao havera’ revolta popular violenta, pois eles contam com a inércia do povo brasileiro. E daqui até meio de 2019 o povo ja’ se deu conta, que é melhor trabalhar, para nao passar fome.

  9. A esquerda sempre subestimou a direita brasileira, ela sempre foi bruta e apoiada no Exército e na Forças Armadas.
    A tal da conciliação, historicamente, sempre foi feita entre as elites e oligarquias.
    O povo sempre esteve, forçado e obediente, de fora.
    TUDO MAIS É ILUSÃO. Lula vangloriava do lucro dos bancos !!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.