Por que perseguem Lula? Ora, porque o Brasil não pode sonhar

Por que perseguem Lula?

A primeira premissa de minha tese é que o real aparente – protagonismo dos juízes de uma safra incrivelmente medíocre, discurso único da mídia e ascensão de uma seleção de picaretas para compor o governo formal – é apenas máscara de nova intervenção norte-americana, tal como em todos os processos políticos traumáticos dos últimos 70 anos.

Lula não era, em princípio, antipático ao império gringo. Poderia seguir com sua política “populista” de favorecimento da população pobre e expansão da área social do Estado sem incomodar muito: afinal, como as fontes de receita tributária são limitadas, alguma crise econômica colocaria em xeque esses benefícios, em futuro previsível, e favoreceria a volta em pêndulo para o neoliberalismo ou algo parecido.

Lula começou a ser problema quando disse ao almirante que tocasse o projeto do submarino nuclear, plantou pelo país uma porção de centros tecnológicos e núcleos de pensamento estratégico nas diferentes áreas do saber, ou introduziu o ensino de humanidades no projeto de formação das escolas técnicas.

Todo mundo sabe que os mísseis brasileiros não voam mais de 300 quilômetros, não é permitido ao Brasil dominar tecnologias dos supersônicos, informática, nuclear ou espacial, construir grandes navios ou aviões; ocupar economicamente a Amazônia nem pretender implantar indústrias de semicondutores ou química fina. Várias dessas limitações estão sacramentadas ou implicadas em tratados internacionais aceitos por cumplicidade, ingenuidade ou estupidez.

Lula tratou de contornar tais barreiras, sem transpô-las.

Mas o golpe final e decisivo foi a escolha da partilha para a exploração de campos petrolíferos descobertos e prospectados com tecnologia própria na área do pré-sal que o Brasil conquistou mediante comprovação de capacidade. . Eram os recursos e a alavanca de poder que faltavam.

Ao Brasil nunca foi permitido sonhar – muito menos viabilizar seus sonhos.

O aspecto pior dessa análise é que se, de fato, é o império que determina o suplício de Lula, são escassas as perspectivas de sua libertação em algum momento. Os Estados Unios não têm precedentes de permitir a sobrevivência de pessoas que elege como inimigos: mata-os, como a Saddam ou Kaddafi, ou anula-os, como a Assange.
Nesse caso, só mesmo uma união nacional que transcendesse bandeiras partidárias salvaria o líder aprisionado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. A direita transnacional se organizou e financia Think tanks que aplicam método e organização às teorias conservadoras, criando e treinando institutos e movimentos que beiram ou praticam o fascismo. O resultado está aí.
    Eles enganam mas não conseguem manter o apoio popular.
    Só nossos politicos fisiológicos (pura yecnologia nacionsl) com seus centros sociais conseguem.

  2. Essa é a verdade nua e crua . Sem dar pingos nos is .Já disse aqui em comentários esse é o patrão do judiciário brasileiro , eles estão atendendo pedidos do chefe , apoiados com a mídia golpista que sempre defendeu ” o pais é deles “., a America Latina é deles . Somos todos reservas humanas e minerais . Quem poderá nos ajudar ? .

    1. Verdade, é projeto de “recolonização” da América Latina (quintal dos EUA). A turma do mercado (gerentes dos patrões) e o judiciário (os empregados) cumprem ordens para que o país nunca conquiste sua independencia economica e social.Nossas elites não tem pátria.

  3. Só completando: o comando do Golpe é de quem controla o Deep State Americano. A “Nova Ordem Mundial” anunciada por Reagan pressupõe submissão aos EUA. George Soros prevê o mundo sob Governo único, constituído pelos mais ricos, auxiliados pelos mais capazes. O que dá no mesmo.
    Adversários se unem por interesse comum. Defender Lula é lutar pela soberania do Brasil. O Senador Requião sabe disso. Alguns Militares Nacionalistas devem saber também, mas se acovardam.

    1. Só elegendo um congresso de esquerda para derrotar o golpe.
      A esquerda está cega pelo caso Lula e não enxerga isso.
      O povo não vai protestar nas ruas até às eleições isso é claro pelas pesquisas, ele vai protestar nas urnas. Se anular o voto jogará fora a chance de eleger 350 deputados e senadores de esquerda para montar um congresso de esquerda.
      O pior é que ninguém sabe quem são, não tem lista nem plano nenhum para esclarecer o povo que esse é o único caminho para vencer o golpe, e os blogs nada falam sobre isso. É incrível a cegueira e a burrice da esquerda e dos blogs. Vão perder o capital Lula e o fator de revolta contra o golpe para impulsionar a população para focar o seu voto para eleger um congresso totalmente de esquerda! Essa é a solução mais simples de derrotar o golpe.

  4. Os EUA são os grandes inimigos dos povos da América Latina. Junto com Israel, UK e França, são também os grandes inimigos dos povos da África e Oriente Médio. Boa parte do mundo tem um problema em comum: os EUA. Como se resolverá isso?

  5. Corretissima sua analise. Os gringos somente permitem o que e bom para eles.Nas guerras que eles fazem ininterruptamente desde a segunda guerra , eles mandavam os soldadinhos como no Vietnan que sairam com o rabo entre as pernas e agora mandam os pobres que se alistam e ganham (profissionais) porque nao tem o que fazer no seu pais.
    O triste e ver que gastam trilhoes em armamentos e 25 milhoes de americanos sao famelicos,Dados de um professor doutor do MIT e ele e americano.
    Em vez de olhar seus problemas ficam metendo o focinho onde nao devem e se aliando a pais que mata a populaçao e a ONU nao diz nada.

  6. Quando prenderam o Zé Dirceu, e não prenderam mais ninguém inclusive os que condenaram José Dirceu, poderiam ir todos presos. Mas não. Zé Dirceu já era o começo para derrubar LULA. E a perseguição continua até hoje. Agora, LULA preso. Não sei quando isso vai parar.

    1. Só elegendo um congresso de esquerda para derrotar o golpe.
      A esquerda está cega pelo caso Lula e não enxerga isso.
      O povo não vai protestar nas ruas até às eleições isso é claro pelas pesquisas, ele vai protestar nas urnas. Se anular o voto jogará fora a chance de eleger 350 deputados e senadores de esquerda para montar um congresso de esquerda.
      O pior é que ninguém sabe quem são, não tem lista nem plano nenhum para esclarecer o povo que esse é o único caminho para vencer o golpe, e os blogs nada falam sobre isso. É incrível a cegueira e a burrice da esquerda e dos blogs. Vão perder o capital Lula e o fator de revolta contra o golpe para impulsionar a população para focar o seu voto para eleger um congresso totalmente de esquerda! Essa é a solução mais simples de derrotar o golpe votarmos para eleger um congresso em que a maioria dos deputados e senadores sejam de esquerda e contra o golpe. Aí você vai ver como a direita golpista vai pagar de medo.

  7. AÍ, A MORALIDADE NA POLÍTICA VIROU O REFRÃO DA GLOBO-MOSSACK…
    JUÍZES NÃO PERDEM POR ESPERAR…

  8. Clap, clap, clap.
    De pé.
    Sem tirar nem por. É exatamente isso.
    O desafio, quando a coisa piorar (como parece que está acontecendo), vai ser inventar um bicho papão monstruoso capaz de abafar as perdas econômicas dos “batalhadores” (JS) e da classe média – aqueles que podem desequilibrar o jogo do império em aliança como meia dúzia de super ricos existente no Brasil.
    Quiçá uma terceira guerra.

  9. Só elegendo um congresso de esquerda para derrotar o golpe.
    A esquerda está cega pelo caso Lula e não enxerga isso.
    O povo não vai protestar nas ruas até às eleições isso é claro pelas pesquisas, ele vai protestar nas urnas. Se anular o voto jogará fora a chance de eleger 350 deputados e senadores de esquerda para montar um congresso de esquerda.
    O pior é que ninguém sabe quem são, não tem lista nem plano nenhum para esclarecer o povo que esse é o único caminho para vencer o golpe, e os blogs nada falam sobre isso. É incrível a cegueira e a burrice da esquerda e dos blogs. Vão perder o capital Lula e o fator de revolta contra o golpe para impulsionar a população para focar o seu voto para eleger um congresso totalmente de esquerda! Essa é a solução mais simples de derrotar o golpe.

  10. Pessoal infelizmente aqui comentamos entre iguais, ou seja, patriotas,PROGRESSISTAS, pessoas que querem a EMANCIPAÇÃO DO BRASIL,porém, as massas são teleguiadas pelos LESA PÁTRIA dos veículos comerciais chamados canais abertos, então a tarefa a missão fica hercúlea o povão não tem essa aula igual foi este artigo quantos por cento irá ler isso? 2% da população?! o JOGO É DUREZA do início ao fim.

  11. Embora reconheça todo o brilhantismo da tese defendida nesse documento pelo Fernando Brito, peço licença para me focar na última frase: “Nesse caso, só mesmo uma união nacional que transcendesse bandeiras partidárias salvaria o líder aprisionado.”.
    Não temos, infelizmente, capacidade cognitiva para construir tal transcendência, ainda que esteja sendo tentada e estimulada por muitos.
    O Brasil pré-eleitoral vive e assiste, tudo junto e misturado, um festival de vaidades e veleidades, onde, antes de mais nada, vale a tentativa de lançar-se candidato à presidência da República para marcar posição.
    Vamos refletir numa hipótese: Se Lula estivesse desimpedido de toda essa perseguição política, alguém acha – por mais delirante que o sujeito possa ser – que haveria candidaturas no campo do centro, centro-esquerda e esquerda colocadas como possibilidades?
    Não haveria, meu caro leitor.
    Lula levaria essa eleição no primeiro turno sem fazer campanha (campanha tradicional, de busca de votos).
    Seria um passeio dominical com a família. E para lembrar de uma ênfase muito ao gosto de Lula, seria como um jogo de futebol entre o Barcelona e o time da Portuguesa Santista (quem não acha o Barcelona isso tudo, pode trocar pelo Real Madri, pelo PSG, pelo Manchester City, Bayern de Munique, pela Juventus de Turim. Ou quem goste muito da simpática Portuguesa Santista pode trocar pelo IBIS pernambucano, pelo Santos do Amapá, pelo São Paulo de Rio Grande, pelo Operário de Várzea Grande ou pelo Galícia de Salvador).

  12. A adesão do Brasil ao Banco dos BRICS e às transações internacionais dispensando o “sagrado” dólar dos Estados Unidos também foi um fator importante para desencadear o golpe. A decadência do dólar como padrão internacional (em especial nas transações de petróleo) é uma das principais preocupações do Império.
    Lembro que uma as primeiras medidas dos golpistas foi retirar Paulo Nogueira Batista da direção do Banco dos BRICS.

  13. Análise parecida com a que faço – pessimista. Os interesses das elites são pró Estados Unidos! Daqui há 50 anos a CIA abrirá seus arquivos sobre o momento que vivemos no Brasil e, para a surpresa de muitos netos de “paneleiros”, saberão que haviam interesses americanos por trás da perseguição ao Lula e o PT. Entenderão o que realmente é “Teoria da Conspiração”. E dirão: “meus avós foram enganados e manipulados pela mídia e pela direita fascista de outrora que estavam a serviço dos imperialistas”. Mas, haverá um despertar no futuro ou o Brasil já não existirá e será lembrado apenas como um país que era conhecido como a República dos Bananeiros?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.